Saltar para o conteúdo principal da página

Torre da antiga Igreja de Nossa Senhora da Conceição de Amêndoa - detalhe

Designação

Designação

Torre da antiga Igreja de Nossa Senhora da Conceição de Amêndoa

Outras Designações / Pesquisas

Igreja Paroquial de Amêndoa / Igreja de Nossa Senhora da Conceição (Ver Ficha em www.monumentos.gov.pt)

Categoria / Tipologia

Arquitectura Religiosa / Torre

Inventário Temático

-

Localização

Divisão Administrativa

Santarém / Mação / Amêndoa

Endereço / Local

Largo da Igreja (ou Largo do Adro)
Amêndoa

Proteção

Situação Actual

Classificado

Categoria de Protecção

Classificado como IM - Interesse Municipal

Cronologia

A classificação como VC foi convertida para IM nos termos do n.º 2 do art.º 112.º da Lei n.º 107/2001, publicada no DR, I Série-A, N.º 209, de 8-09-2001
Decreto n.º 67/97, DR, I Série-B, n.º 301, de 31-12-1997 (ver Decreto)
Edital de 22-02-1988 da CM de Mação
Despacho de homologação de 30-11-1983 do Ministro da Cultura
Despacho de concordância de 23-11-1983 da presidente do IPPC
Parecer de 15-11-1983 da Assessoria Técnica do IPPC a propor a classificação apenas da torre da igreja como VC, dadas as obras em curso no imóvel
Proposta de classificação de 27-10-1983 do IPPC
Em 11-08-1993 a CM de Mação enviou planta com a demarcação do imóvel
Proposta de 23-01-1983 da Comissão Municipal de Arte e Arqueologia da CM de Mação para a classificação da igreja

ZEP

-

Zona "non aedificandi"

-

Abrangido em ZEP ou ZP

Abrangido por outra classificação

Património Mundial

-

Descrição Geral

Nota Histórico-Artistica

A antiga igreja matriz de Amêndoa, dedicada a Nossa Senhora da Conceição, foi edificada possivelmente no século XVII, para que substituísse o primitivo templo do século XIII.
Esta igreja foi demolida em 1987, e da sua estrutura subsiste apenas a torre campanário, de planta quadrangular, rematada por coruchéu prismático e vazada por sineiras.
Catarina Oliveira
GIF/IPPAR/2006

Bibliografia

Título

Inventário Artístico de Portugal, Distrito de Santarém

Local

Lisboa

Data

1949

Autor(es)

SEQUEIRA, Gustavo de Matos