Saltar para o conteúdo principal da página

Solar dos Saraivas, ou Casa do Fidalgo - detalhe

Designação

Designação

Solar dos Saraivas, ou Casa do Fidalgo

Outras Designações / Pesquisas

Solar dos Saraivas / Casa do Fidalgo (Ver Ficha em www.monumentos.gov.pt)

Categoria / Tipologia

Arquitectura Civil / Solar

Inventário Temático

-

Localização

Divisão Administrativa

Guarda / Figueira de Castelo Rodrigo / Colmeal e Vilar Torpim

Endereço / Local

Largo Dr. Pedro de Castro
Vilar Torpim

Proteção

Situação Actual

Classificado

Categoria de Protecção

Classificado como IM - Interesse Municipal

Cronologia

A classificação como VC foi convertida para IM nos termos do n.º 2 do art.º 112.º da Lei n.º 107/2001, publicada no DR, I Série-A, N.º 209, de 8-09-2001
Decreto n.º 129/77, DR, I Série, n.º 226, de 29-09-1977 (ver Decreto)

ZEP

-

Zona "non aedificandi"

-

Abrangido em ZEP ou ZP

Abrangido por outra classificação

Património Mundial

-

Descrição Geral

Nota Histórico-Artistica

Imóvel
Localizado no centro da povoação de Vilar Torpim, o Solar dos Saraivas é um imóvel habitacional de planta retangular desenvolvida longitudinalmente que se encontra dividido em dois registos, o primeiro com doze compartimentos destinados a armazéns, o segundo, correspondente ao andar nobre, dividido em dez dependências.
A fachada principal é marcada pela abertura regular de janelas, exibindo dois portais, um no extremo esquerdo, que permite entrada para armazéns e adega, e o portal principal, ao centro da fachada.
No primeiro registo existem cinco janelos, três rasgados entre as portas e dois no corpo lateral direito. O portal principal, em arco abatido com impostas salientes e pedra de fecho em forma de voluta, é ladeado por pilastras caneladas com capitéis simples, que se prolongam ao registo superior. Sobre o portal foi colocada uma pedra de armas. O portal lateral esquerdo, em arco abatido, é ladeado por pilastras que se prolongam ao registo superior rematadas por urnas.
O segundo registo da fachada possui oito janelas de sacada, cinco com guarda de ferro e as restantes três com varandim de ferro e cornija. O frontispício é rematado por empena reta com cornija.
O alçado lateral esquerdo possui no segundo registo uma loggia com quatro arcos de volta perfeita assentes em pilastras, precedida por balcão corrido.
No primeiro registo do alçado posterior foram construídas umas escadas de acesso ao interior, ladeadas por janelas retangulares. O segundo registo possui três janelas de moldura reta e porta antecedida por balcão coberto. No extremo direito foi adossado um anexo que, através de arco abatido, dá acesso ao lanço de escadas que conduz ao andar nobre.
História
Mandado edificar em meados do século XVIII, o Solar dos Saraivas, também conhecido como Casa do Fidalgo, apresenta uma estrutura muito diferenciada dos solares barrocos construídos na mesma época, já que se destaca pela sobriedade decorativa do conjunto. Segundo Augusto de Pinho Leal, o imóvel terá sido erigido por Sebastião Saraiva (LEAL: 1873).
A pedra de armas que decora a entrada principal pertence ao único Barão de Vilar Torpim, Francisco José Pereira, comandante do Exército e cavaleiro da Ordem de Avis.
Em 1844, durante o pronunciamento militar de Torres Novas, na época em que a praça de Almeida foi ocupada pelas tropas revoltosas comandadas pelo General Conde de Bonfim, o Exército da Coroa estabeleceu o seu quartel-general em Vilar Torpim, utilizando a Casa do Fidalgo para instalar um hospital, no segundo piso, e uma prisão, nos armazéns do primeiro piso.
O Solar dos Saraivas foi classificado como de interesse municipal em 1977.
Catarina Oliveira
DGPC, 2019

Imagens

Bibliografia

Título

Portugal antigo e moderno: diccionario geographico, estatistico, chorographico, heraldico, archeologico, historico, biographico e etymologico de todas as cidades, villas e freguezias de Portugal e de grande numero de aldeias...

Local

Lisboa

Data

1990

Autor(es)

PINHO LEAL, Augusto Soares d'Azevedo Barbosa de, FERREIRA, Pedro Augusto

Título

O concelho de Figueira de Castelo Rodrigo - II, in Beira Alta, vol. LX, nº 3 e 4

Local

Viseu

Data

2000

Autor(es)

BORGES, Júlio António