Saltar para o conteúdo principal da página

Prédio na Rua 5 de Outubro, 7 - detalhe

Designação

Designação

Prédio na Rua 5 de Outubro, 7

Outras Designações / Pesquisas

Casa na Rua 5 de Outubro, n.º 7(Ver Ficha em www.monumentos.gov.pt)

Categoria / Tipologia

Arquitectura Civil / Edifício

Inventário Temático

-

Localização

Divisão Administrativa

Portalegre / Portalegre / Sé e São Lourenço

Endereço / Local

Rua 5 de Outubro
Portalegre

Número de Polícia: 7

Proteção

Situação Actual

Classificado

Categoria de Protecção

Classificado como IM - Interesse Municipal

Cronologia

A classificação como VC foi convertida para IM nos termos do n.º 2 do art.º 112.º da Lei n.º 107/2001, publicada no DR, I Série-A, N.º 209, de 8-09-2001
Decreto n.º 129/77, DR, I Série, n.º 226, de 29-09-1977 (ver Decreto)

ZEP

-

Zona "non aedificandi"

-

Abrangido em ZEP ou ZP

Abrangido por outra classificação

Património Mundial

-

Descrição Geral

Nota Histórico-Artistica

Imóvel
Situado no centro da cidade antiga, o prédio com o nº 5 da Rua 5 de Outubro foi edificado cerca de 1766. Mesmo sendo um edifício de pequenas dimensões, apresenta características comuns às casas apalaçadas construídas nas últimas décadas do século XVIII, como o andar nobre, ou a fachada marcada pela disposição das fenestrações.
A fachada encontra-se dividida em três registos, cada um com três panos separados por pilastras. O primeiro registo está atualmente muito alterado, sendo utilizado para funções comerciais. Ao centro foi aberto o portal principal, de moldura retangular simples, com cornija.
O segundo registo possui, em cada um dos panos laterais, duas janelas de peito geminadas, encimadas por cornija, e ao centro uma janela de sacada, com varandim semi-circular assente sobre base de pedra e com guarda de ferro forjado.
O último registo corresponde ao terraço, possuindo um remate horizontal, mais alto ao centro, com urnas a coroarem as pilastras de separação dos diversos panos. Toda a fachada encontra-se revestida a azulejo rosa.
Catarina Oliveira/IPPAR. Atualizado por Maria Ramalho/DGPC/2016.

Imagens