Saltar para o conteúdo principal da página

Lagareta em Castelo Novo - detalhe

Designação

Designação

Lagareta em Castelo Novo

Outras Designações / Pesquisas

Lagareta em Castelo Novo (Ver Ficha em www.monumentos.gov.pt)

Categoria / Tipologia

Arquitectura Civil / Lagar

Inventário Temático

-

Localização

Divisão Administrativa

Castelo Branco / Fundão / Castelo Novo

Endereço / Local

- -
Castelo Novo

Proteção

Situação Actual

Classificado

Categoria de Protecção

Classificado como IM - Interesse Municipal

Cronologia

A classificação como VC foi convertida para IM nos termos do n.º 2 do art.º 112.º da Lei n.º 107/2001, publicada no DR, I Série-A, N.º 209, de 8-09-2001
Decreto n.º 67/97, DR, I Série-B, n.º 301, de 31-12-1997 (ver Decreto)

ZEP

-

Zona "non aedificandi"

-

Abrangido em ZEP ou ZP

Abrangido por outra classificação

Património Mundial

-

Descrição Geral

Nota Histórico-Artistica

Imóvel
A lagareta de Castelo Novo é um monumento único na localidade, cujo carácter utilitário inviabiliza qualquer aproximação, tanto em relação à época de construção, como à sua função original. Implanta-se em pleno centro histórico, contextualizando-se com o casario envolvente e no topo de um afloramento rochoso relativamente saliente.
Terá sido mesmo essa relevância do rochedo que determinou o seu aproveitamento para a comunidade.
Em época incerta, a superfície foi escavada para formar uma concavidade de aproximadamente 4 x 3 metros, com rebordo não uniforme a toda a volta, mas de contorno genericamente circular. Na secção mais escavada, junto a um dos rebordos, encontra-se um buraco de escoamento "por onde o mosto escorria quando os homens faziam a pisa das uvas" (NEVES, 1975, p.21. Esta cavidade estabelece ligação com outra cavidade mais pequena, de planta sub-retangular, situada a um nível inferior.
O acesso a este complexo faz-se pelo lado Norte, através de um lanço de oito degraus, irregularmente talhados e bastante desgastados.

História
Embora se desconheça a finalidade com que esta estrutura terá sido realizada, sabe-se que foi utilizada como lagar de vinho por sucessivas gerações de castelo-novenses. Por esta razão a lagareta instituiu-se como um símbolo da solidariedade comunitária de Castelo Novo, como, no passado, outros equipamentos certamente existiram (fornos, açougues, etc.).

Paulo Fernandes/IPPAR/2006. Atualização Maria Ramalho/DGPC/2017.

Imagens

Bibliografia

Título

Castelo Novo - Estudos para uma monografia

Local

-

Data

-

Autor(es)

-

Título

Pela Beira. Palavras prévias - De Lisboa a Castelo Branco, O Arqueólogo Português, vol. 21, pp.293-344

Local

Lisboa

Data

1916

Autor(es)

VASCONCELOS, José Leite de

Título

Roteiro de Castelo Novo

Local

Lisboa

Data

2000

Autor(es)

-