Saltar para o conteúdo principal da página

Capela do Espírito Santo - detalhe

Designação

Designação

Capela do Espírito Santo

Outras Designações / Pesquisas

Capela do Sacramento / Capela do Espírito Santo / Capela do Sacramento (Ver Ficha em www.monumentos.gov.pt)

Categoria / Tipologia

Arquitectura Religiosa / Capela

Inventário Temático

-

Localização

Divisão Administrativa

Coimbra / Coimbra / Eiras e São Paulo de Frades

Endereço / Local

-- --
Eiras

Proteção

Situação Actual

Classificado

Categoria de Protecção

Classificado como IM - Interesse Municipal

Cronologia

A classificação como VC foi convertida para IM nos termos do n.º 2 do art.º 112.º da Lei n.º 107/2001, publicada no DR, I Série-A, N.º 209, de 8-09-2001
Decreto n.º 28/82, DR, I Série, n.º 47, de 26-02-1982 (ver Decreto)

ZEP

-

Zona "non aedificandi"

-

Abrangido em ZEP ou ZP

Abrangido por outra classificação

Património Mundial

-

Descrição Geral

Nota Histórico-Artistica

Imóvel
Situada na localidade de Eiras, fronteira à Igreja Paroquial de São Tiago, a Capela do Espírito Santo é um templo maneirista que apresenta um programa decorativo exterior de influências nórdicas.
A capela, também denominada do Sacramento, desenvolve-se numa planta retangular irregular, composta pelos volumes da nave, à qual se adossa lateralmente a sacristia, e da capela-mor, mais estreita que aquela. A fachada principal divide-se em três registos, delineada lateralmente por duas pilastras coroadas por pináculos. O primeiro registo apresenta um portal de moldura reta sem decoração rematado por frontão triangular. Sobre este, no segundo registo, rasga-se a janela do coro gradeada, encimada por friso que fecha o registo e o separa do superior. O remate da fachada apresenta um frontão que possui ao centro relevo inserido em moldura flanqueada por volutas, com representação de dois anjos ladeando a Sagrada Eucaristia. O conjunto possui ainda duas sineiras, sendo rematado por cruz.
Interiormente, o espaço da nave possui dois arcos laterais decorados por querubins, ou cabeças aladas, e pendurados. O espaço é coberto por abóbada repartida em três tramos, tendo um púlpito de pedra que assenta sobre dois cachorros. O arco que separa o espaço da nave da capela-mor, semicircular, apoia-se em pilastras. A capela-mor é coberta por abóbada de cruzaria de ogivas, possuindo retábulo de pedra, com sacrário central ladeado por pilastras, possuindo dois pares de nichos sobrepostos, com imagens da Virgem e São João Evangelista nos nichos de baixo, e dois anjos músicos nos nichos cimeiros, sendo rematado por uma representação da Santíssima Trindade.
História
A Capela do Espírito Santo de Eiras terá sido fundada no último quartel do século XVI, tendo sido concluída a sua edificação já na centúria seguinte, pertencendo à Confraria do Santíssimo Sacramento.
O edifício é um exemplar de arquitetura chã, com apontamentos decorativos de inspiração flamenga, como os pináculos que decoram as sineiras na fachada. Embora de manufatura tardia, datando-se o frontispício de Seiscentos, a utilização deste tipo de elementos geométricos, que chegaram a Portugal na segunda metade do século XVI através da circulação de gravuras do Norte da Europa, denuncia alguma vanguarda de gosto da irmandade proprietária do templo. No interior destaca-se o retábulo pétreo, tardo-quinhentista, muito possivelmente talhado por um mestre de oficina coimbrã.
Em 1865 foi executada uma obra de remodelação interior da capela, conforme atesta uma pequena inscrição colocada sobre a entrada principal.
A Capela do Espírito Santo foi classificada como interesse municipal em 1982.
Catarina Oliveira
DGPC, 2017

Imagens

Bibliografia

Título

Inventário Artístico de Portugal: distrito de Coimbra

Local

Lisboa

Data

1952

Autor(es)

GONCALVES, António Nogueira, CORREIA, Vergílio

Título

Freguesia de Eiras: A Sua História (do século décimo ao século XXI)

Local

Eiras

Data

2008

Autor(es)

PINHO, João Carlos Santos

Título

Património Edificado com Interesse Cultural - Concelho de Coimbra

Local

Coimbra

Data

2009

Autor(es)

Câmara Municipal de Coimbra - Departamento de Cultura