Saltar para o conteúdo principal da página

Casa senhorial de Argemil - detalhe

Designação

Designação

Casa senhorial de Argemil

Outras Designações / Pesquisas

Casa Senhorial de Argemil(Ver Ficha em www.monumentos.gov.pt)

Categoria / Tipologia

Arquitectura Civil / Casa

Inventário Temático

-

Localização

Divisão Administrativa

Vila Real / Valpaços / Carrazedo de Montenegro e Curros

Endereço / Local

-- -
Argemil

Proteção

Situação Actual

Classificado

Categoria de Protecção

Classificado como IM - Interesse Municipal

Cronologia

A classificação como VC foi convertida para IM nos termos do n.º 2 do art.º 112.º da Lei n.º 107/2001, publicada no DR, I Série-A, N.º 209, de 8-09-2001
Decreto n.º 28/82, DR, I Série, n.º 47, de 26-02-1982 (ver Decreto)

ZEP

-

Zona "non aedificandi"

-

Abrangido em ZEP ou ZP

Abrangido por outra classificação

Património Mundial

-

Descrição Geral

Nota Histórico-Artistica

Situada no concelho de Valpaços, a Casa de Argemil foi edificada no século XVII, desconhecendo-se a data exacta da sua construção. Possivelmente, a sua fundação deve-se a Francisco Ferreira Furtado, morgado de Argemil em meados da centúria de Seiscentos, sendo provável que a sua filha, Francisca de Mendonça, tenha continuado a obra.
O conjunto da casa integra não só o corpo principal mas também uma capela, ligada àquele por um passadiço. O edifício desenvolve-se em planta rectangular, apresentando na fachada principal uma escadaria dupla, ao cimo da qual foi edificado um patamar com alpendre que permite o acesso ao interior da casa.
Ao centro da escadaria, no piso térreo, foi rasgado um arco de volta perfeita, e no primeiro registo do frontispício, bem como nas fachadas laterais, foram dispostas a espaços regulares janelas de moldura rectangular.
O passadiço fechado que liga a casa à capela foi edificado ao nível do primeiro andar, formando em baixo uma passagem aberta para as fachadas posteriores dos dois edifícios.
De planta rectangular, disposta longitudinalmente, a capela apresenta uma fachada com três registos. No primeiro foi edificado o portal de moldura rectangular encimado por frontão rebaixado, no segundo foram rasgados dois janelos, também encimados por frontão, e um nicho. O terceiro, separado por um friso, corresponde ao remate do frontispício, apresentando um frontão truncado por sineira e ladeado por dois grandes pináculos.
Catarina Oliveira
IPPAR/2006

Bibliografia

Título

Monografia de Valpaços

Local

Porto

Data

1978

Autor(es)

MARTINS, A. Veloso

Título

O Concelho de Valpaços

Local

Lourenço Marques

Data

1954

Autor(es)

LOPO, Joaquim de Castro