Saltar para o conteúdo principal da página

Conjunto Urbano da Quinta da Musgueira - detalhe

Designação

Designação

Conjunto Urbano da Quinta da Musgueira

Outras Designações / Pesquisas

Quinta da Musgueira(Ver Ficha em www.monumentos.gov.pt)

Categoria / Tipologia

Arquitectura Civil / Núcleo Urbano

Inventário Temático

-

Localização

Divisão Administrativa

Lisboa / Lisboa / Lumiar

Endereço / Local

-- -
Musgueira

Proteção

Situação Actual

Procedimento encerrado / arquivado - sem protecção legal

Categoria de Protecção

Não aplicável

Cronologia

Edital N.º 25/2010 de 14-04-2010 da CM de Lisboa
Despacho de revogação de 28-12-2009 da Ministra da Cultura
Edital N.º 62/2007 de 9-07-2007 da CM de Lisboa
Despacho de concordância de 19-02-2007 do presidente do IPPAR
Parecer de 12-02-2007 do Conselho Consultivo do IPPAR a propor a revogação dos despachos anteriores, por não existir valor patrimonial de âmbito nacional
Proposta de 31-10-2005 da DR de Lisboa para a não atribuição de uma classificação de âmbito nacional
Em 11-09-2000 a APCA comunicou que discordava da alteração da delimitação
Despacho de homologação de 28-05-1999 da Secretária de Estado da Cultura
Proposta de 22-06-1998 da DR de Lisboa para a alteração da delimitação do conjunto a classificar
Despacho de homologação de 31-07-1985 do Ministro da Cultura
Parecer de 11-07-1985 do Conselho Consultivo do IPPC a propor a correcção dos limites do conjunto a classificar
Proposta de classificação de 10-12-1984 da APCA

ZEP

-

Zona "non aedificandi"

-

Abrangido em ZEP ou ZP

Abrangido por outra classificação

Património Mundial

-

Descrição Geral

Nota Histórico-Artistica

Trata-se de um conjunto de edificações, as mais significativas construídas nos fins do século XVIII ou inícios do século XIX, e que constituem a parte de habitação de uma unidade agrícola característica do século passado. O conjunto é composto por três partes distintas: - as habitações dos proprietários e dos caseiros - os cómodos agrícolas - o sistema de captação, armazenamento e distribuição de água A habitação dos proprietários, que acompanha o desnível do terreno, possui um terraço frontal empedrado e delimitado por alegretes decorados com azulejos policromos da antiga Fábrica de Santana A fachada principal é composta por um único piso com portas envidraçadas emolduradas de cantaria, alternadas por janelas de peito com moldura semelhante. As restantes fachadas - Nascente, Norte e Poente - desenvolvem-se em três pisos, sendo o último maios recuado em relação à fachada principal. As habitações dos caseiros são construções arquitectónicas mais simples com janelas de guilhotina, de menores dimensões, emolduradas a cantaria. Os lagares, celeiros, vacaria, cavalariça e cocheiras encontram-se distribuídos pela propriedade e, juntamente com o sistema de captação e armazenamento de água - a quinta é auto-suficiente sendo abastecida por fonte própria e pela antiga cisterna do jardim - conferem o ambiente rural da Quinta da Musgueira

Imagens