Saltar para o conteúdo principal da página
Património Cultural

Monte do Senhor da Boa Morte, incluindo Ermida do Senhor da Boa Morte, uma estrutura habitacional da época islâmica, sepulturas antropomórficas escavadas na rocha, uma linha de muralhas e as ruínas de um solar que pertenceu aos condes da Castanheira - detalhe

Designação

Designação

Monte do Senhor da Boa Morte, incluindo Ermida do Senhor da Boa Morte, uma estrutura habitacional da época islâmica, sepulturas antropomórficas escavadas na rocha, uma linha de muralhas e as ruínas de um solar que pertenceu aos condes da Castanheira

Outras Designações / Pesquisas

Capela do Senhor da Boa Morte / Ruínas do Solar do Conde da Castanheira / Vestígios da Muralha do Castelo de Povos / Santuário do Senhor Jesus da Boa Morte (Ver Ficha em www.monumentos.gov.pt)

Categoria / Tipologia

Arqueologia / Conjunto Arquitectónico E Arqueológico

Inventário Temático

-

Localização

Divisão Administrativa

Lisboa / Vila Franca de Xira / Vila Franca de Xira

Endereço / Local

Monte do Senhor da Boa Morte
A nordeste da área urbana de Povos do Ribatejo

Proteção

Situação Actual

Classificado

Categoria de Protecção

Classificado como SIP - Sítio de Interesse Público

Cronologia

Portaria n.º 420/2011, DR, 2.ª Série, n.º 54, de 17-03-2011 (sem restrições) (ver Portaria)
Despacho de homologação de 21-12-2009 da Ministra da Cultura
Despacho de concordância de 26-03-2007 do presidente do IPPAR
Parecer favorável de 12-02-2007 do Conselho Consultivo do IPPAR
Proposta de 2-07-1997 da DR de Lisboa do IPPAR para a classificação como IIP
Edital N.º 60/97 de 28-02-1997 da CM de Vila Franca de Xira
Despacho de abertura de 20-08-1996 do vice-presidente do IPPAR
Proposta de 14-08-1996 da DR de Lisboa do IPPAR para a abertura da instrução de processo de classificação
Proposta de classificação de 11-10-1993 da CM de Vila Franca de Xira

ZEP

Portaria n.º 1622/2006, DR, 2.ª série, n.º 191, de 3-10-2006 (sem restrições) (ZEP da Quinta da Fábrica, do Pelourinho de Povos e do Monte do Senhor da Boa Morte) (ver Portaria)
Edital N.º 277/2003 de 13-08-2003 da CM de Vila Franca de Xira
Despacho de homologação de 29-05-2003 do Ministro da Cultura
Parecer favorável de 7-05-2003 do Conselho Consultivo do IPPAR
Proposta de 26-04-2003 da DR de Lisboa

Zona "non aedificandi"

-

Abrangido em ZEP ou ZP

Abrangido por outra classificação

Património Mundial

-

Descrição Geral

Nota Histórico-Artistica

O Monte do Senhor da Boa Morte foi, durante toda a Idade Média, o núcleo central da vila de Povos, até à sua definitiva deslocalização para o sopé do monte, já no século XVI, aproveitando as melhores condições da proximidade do rio e da passagem da estrada real.
As escavações arqueológicas que, ao longo da última década e meia, aqui se vêm realizando revelaram um passado muito mais rico do que se supunha. Ao que tudo indica, a primeira ocupação deste monte dominante teve lugar no final do período romano, por volta do século IV (PARREIRA, 1987-88), numa fase já tardia da história da villa romana de Povos, localizada junto à Escola Velha desta localidade e no sopé do Monte da Boa Morte. De acordo com alguns autores, esta ocupação tardia relaciona-se, mesmo, como uma transferência da população da villa (BANHA, 1992, p.53), em circunstâncias ainda desconhecidas, mas que não se devem afastar muito do clima de progressiva incerteza que caracteriza os derradeiros tempos do Império romano do Ocidente.
Informações mais concretas acerca da história deste local datam já do período islâmico, escapando-nos, por completo, os tempos de dominação visigótica, época de que não foram identificados quaisquer materiais (LUCAS, 2000, pp.19-21). As escavações realizadas por Cristina Calais Freire dos Santos, junto à muralha, puseram a descoberto níveis de construção califal, de que é exemplo um provável espaço de cozinha associado a espólio cerâmico e a elementos decorativos contemporâneos (BANHA, 1997, p.81). Parece ter existido, todavia, uma fase anterior, emiral, menos conhecida e de carácter habitacional, posteriormente reformulada no século X (SANTOS, 1997, p.63). A ocupação islâmica, de resto, testemunha-se até à sua derradeira fase, identificando-se numeroso espólio cerâmico característico da transição para o século XII (IDEM, p.65).
Mas a mais importante realização islâmica neste sítio foi a construção de um castelo, cuja "taipa compacta" e outros dados das sondagens apontam para uma obra omíada (CATARINO, 2000, p.45). Os poucos vestígios deste reduto defensivo foram já atribuídos ao período pós-Reconquista (CORREIA, 1924, pp.188-189) mas, a verdade, é que o troço de muralha que se conservou, a par de outros dados das escavações, comprovam a importância do sítio em época islâmica, ombreando mesmo, em termos administrativos, com os castelos de Alverca e de Alenquer (CATARINO, 2000, p.46).
As conquistas de Lisboa e de Santarém, em 1147, determinaram a passagem de Povos para a esfera cristã. O espólio cerâmico identificado aponta para uma continuidade cultural de uma população ainda largamente islamizada e progressivamente cristianizada. Sintoma disso mesmo parece ser o foral tardio passado à localidade, em 1195 por D. Sancho I. Nesta altura, o monte foi objecto de uma intensa campanha de povoamento e ordenamento, de que restam alguns importantes testemunhos, como o cemitério de ar livre, escavado na rocha, composto por dezassete sepulturas antropomórficas, regularmente orientadas a nascente e que, na viragem para o século XIII, estariam tapadas, conforme se depreende pela "existência de cavidades para a colocação de estelas discóides", que assim assinalariam o local específico dos tumulados (FREIRE, 1992, p.35).
Da igreja a que este cemitério se associava, infelizmente, nenhum elemento chegou até nós. O templo que hoje domina o local e que, de há largas décadas, é o alvo preferencial de uma importante romaria local, tem como elemento mais antigo a sua capela-mor, que data dos primeiros tempos do século XVI. Dotada de robustos contrafortes e revestida por cúpula oitavada muito pronunciada, ela possui bases prismáticas tipicamente manuelinas e um gosto estético revelador do mudejarismo característico do reinado de D. Manuel (RIBEIRO, 2000, p.71).
Alvo recente de uma exposição, o sítio do Senhor da Boa Morte assume-se como um dos principais núcleos patrimoniais do concelho de Vila Franca de Xira.
PAF

Imagens

Bibliografia

Título

Portugal antigo e moderno: diccionario geographico, estatistico, chorographico, heraldico, archeologico, historico, biographico e etymologico de todas as cidades, villas e freguezias de Portugal e de grande numero de aldeias...

Local

Lisboa

Data

1990

Autor(es)

PINHO LEAL, Augusto Soares d'Azevedo Barbosa de, FERREIRA, Pedro Augusto

Título

Monumentos e esculturas - séculos III-XVI

Local

Lisboa

Data

1924

Autor(es)

CORREIA, Vergílio

Título

Contributo para o estudo das sepulturas rupestres do monte do Senhor da Boa Morte, Boletim Cultural Cira, nº5, pp.13-48

Local

Vila Franca de Xira

Data

1985

Autor(es)

SANTOS, Ana Cristina Calais

Título

As Cidades e as Vilas da Monarquia Portuguesa que têm brasão de armas

Local

Lisboa

Data

1860

Autor(es)

BARBOSA, Inácio de Vilhena

Título

Ribatejo Histórico e Monumental

Local

Lisboa

Data

1938

Autor(es)

CÂNCIO, Francisco

Título

Antiguidades do moderno concelho de Vila Franca de Xira (1893), 2ªed

Local

Vila Franca de Xira

Data

1992

Autor(es)

MACEDO, Lino de

Título

As ânforas da villa romana de Povos, Boletim Cultural Cira, nº5, pp.51-90

Local

Vila Franca de Xira

Data

1992

Autor(es)

BANHA, Carlos

Título

Povos. Da proto-História à História, Boletim Cultural Cira, nº7, pp.9-12

Local

Vila Franca de Xira

Data

1997

Autor(es)

MOITA, Irisalva Nóbrega

Título

Para o enquadramento do sítio de Povos. Um estabelecimento romano do curso inferior do Tejo, Senhor da Boa Morte. Mitos, História e Devoção, pp.31-42

Local

Vila Franca de Xira

Data

2000

Autor(es)

GUERRA, Amílcar Manuel Ribeiro, BLOT, Maria Luísa, QUARESMA, José Carlos

Título

O Senhor da Boa Morte, Vida Ribatejana, vol. II, nº especial

Local

-

Data

1940

Autor(es)

CÂNCIO, Francisco

Título

O Monte do Senhor da Boa Morte, Vida Ribatejana, vol. XI

Local

-

Data

1964

Autor(es)

NORMAND, Maria

Título

Vila Franca de Xira - zona de turismo, Vida Ribatejana, vol. XI, nº especial

Local

-

Data

1964

Autor(es)

PELOURO, Júlio

Título

A devoção ao Senhor da Boa Morte na antiga vila de Povos

Local

Vila Franca de Xira

Data

1983

Autor(es)

SALVADO, Maria Adelaide Neto

Título

De Alverca a Castanheira. Cinco vilas da Estremadura através das corografias setecentistas, Boletim Cultural Cira, nº1

Local

Vila Franca de Xira

Data

1985

Autor(es)

CAMACHO, Clara

Título

Subsídios para a história do Conselho de Vila Franca de Xira

Local

Vila Franca de Xira

Data

1997

Autor(es)

HENRIQUES, Guilherme João Carlos, SILVA, Garcez da

Título

Para uma arqueologia da paisagem - o Alto do Senhor da Boa Morte, um espaço vivido, Senhor da Boa Morte. Mitos, história e devoção, Catálogo de Exposição, pp.15-28

Local

Vila Franca de Xira

Data

2000

Autor(es)

LUCAS, Maria Miguel

Título

Outeiro de Povos - resultado preliminar das primeiras intervenções arqueológicas, Boletim Cultural Cira, nº7, pp.47-74

Local

Vila Franca de Xira

Data

1997

Autor(es)

SANTOS, Ana Cristina Calais

Título

As cerâmicas do Alto do Senhor da Boa Morte (Povos): estudo preliminar, Boletim Cultural Cira, nº7, pp.77-109

Local

Vila Franca de Xira

Data

1997

Autor(es)

BANHA, Carlos

Título

Estruturas de terra - tipologia e origens: o caso dos achados do Senhor da Boa Morte, Boletim Cultural Cira, nº7, pp.151-153

Local

Vila Franca de Xira

Data

1997

Autor(es)

PINTO, Fernando

Título

O castelo de Povos (apontamentos sobre o período islâmico em Vila Franca de Xira), Senhor da Boa Morte. Mitos, História e Devoção, pp.45-51

Local

Vila Franca de Xira

Data

2000

Autor(es)

CATARINO, Helena Maria Gomes

Título

A vila de Povos na Idade Média, Senhor da Boa Morte. Mitos, HIstória e Devoção, pp.55-66

Local

Vila Franca de Xira

Data

2000

Autor(es)

CONDE, Manuel Sílvio Alves

Título

A capela do Senhor Jesus da Boa Morte, Senhor da Boa Morte. Mitos, HIstória e Devoção, pp.69-76

Local

Vila Franca de Xira

Data

2000

Autor(es)

RIBEIRO, José Alberto

Título

A irmandade do Senhor Jesus da Boa Morte (1892-1911), Senhor da Boa Morte. Mitos, HIstória e Devoção, pp.79-94

Local

Vila Franca de Xira

Data

2000

Autor(es)

NUNES, Graça Soares

Título

Reflexão teológica sobre o Senhor da Boa Morte, Senhor da Boa Morte. Mitos, HIstória e Devoção, pp.97-98

Local

Vila Franca de Xira

Data

2000

Autor(es)

MOTA, Álvaro Emanuel Coutinho

Título

Apontamentos para o estudo da devoção ao Senhor da Boa Morte - Povos, Senhor da Boa Morte. Mitos, HIstória e Devoção, pp.101-117

Local

Vila Franca de Xira

Data

2000

Autor(es)

RAMALHO, João Alves

Título

Contributo para a musealização do sítio do Senhor da Boa Morte, Senhor da Boa Morte. Mitos, HIstória e Devoção, pp.121-133

Local

Vila Franca de Xira

Data

2000

Autor(es)

CAMACHO, Clara

Título

Monumentos e Edifícios Notáveis do Distrito de Lisboa, vol. III (Mafra, Loures e Vila Franca de Xira)

Local

Lisboa

Data

1963

Autor(es)

AZEVEDO, Carlos de, FERRÃO, Julieta, GUSMÃO, Adriano de