Saltar para o conteúdo principal da página

Igreja de Santo Estêvão (Santo Milagre) - detalhe

Designação

Designação

Igreja de Santo Estêvão (Santo Milagre)

Outras Designações / Pesquisas

Igreja do Santo Milagre / Igreja do Santíssimo Milagre / Igreja de Santo Estêvão do Santíssimo Milagre / Santuário do Santíssimo Milagre (Ver Ficha em www.monumentos.gov.pt)

Categoria / Tipologia

Arquitectura Religiosa / Igreja

Inventário Temático

-

Localização

Divisão Administrativa

Santarém / Santarém / União de Freguesias da cidade de Santarém

Endereço / Local

Largo do Milagre
Marvila

Proteção

Situação Actual

Classificado

Categoria de Protecção

Classificado como MN - Monumento Nacional

Cronologia

Decreto n.º 3 027, DG, I Série, n.º 38, de 14-03-1917 (ver Decreto)

ZEP

Portaria de 29-10-1946, publicada no DG, II Série, n.º 7, de 9-01-1947 (sem restrições)

Zona "non aedificandi"

-

Abrangido em ZEP ou ZP

Abrangido por outra classificação

Património Mundial

-

Descrição Geral

Nota Histórico-Artistica

Sagrada em 1241 (SERRÃO, 1990, p.58), a antiga Igreja de Santo Estêvão passou a designar-se Igreja do Santíssimo Milagre devido à lenda do Milagre de Santarém, ocorrido em 1247 (VASCONCELOS, 1740, I, p. 273) ou em 1266 (MATOSO, 1738) na paróquia de Santo Estêvão de Santarém, uma das mais importantes e abastadas da vila. Reza esta lenda que uma que uma mulher roubara uma hóstia consagrada durante a comunhão, pretendendo utilizá-la em práticas de bruxaria; porém, a hóstia sangrou durante todo o percurso, e uma vez escondida inundou de luz toda a habitação, revelando a sua presença e conduzindo a pecadora ao arrependimento. A hóstia milagrosa foi engastada em custódia de prata, e permanece guardada no templo até hoje, à excepção do curto período das Invasões Francesas, quando foi retirada de Santarém (SARMENTO, 1993, pp. 30-31). Do primitivo edifício gótico mendicante restam apenas dois arcos apontados do transepto. A construção actual constitui "a peça mais aprimorada do renascimento em Santarém" (SERRÃO, 1990, p.58), e é resultado de uma campanha de obras de meados do século XVI, documentada entre 1536 e 1547 (SERRÃO, 1990, p.59), provavelmente motivada pela dimensão dos estragos causados no templo pelo sismo de 1531. A planta longitudinal, de três naves, define um espaço provavelmente mais amplo do que o templo original. A capela-mor, quadrangular, é antecedida por um curioso tramo perpendicular às naves, constando de três arcos redondos, provavelmente numa solução de "iconostase" em interpretação renascentista rara no país, e hoje de difícil legibilidade por via das posteriores alterações do espaço do transepto (SERRÃO, 1990, p. 60). A decoração desta estrutura porticada é particularmente bem conseguida, com pilares lavrados de finos grotescos, "tondi" com cabeças relevadas ao modo clássico, e as imagens de vulto representando São Pedro e São Paulo, assentes em mísulas e coroadas por baldaquinos. À campanha renascentista, envolvendo certamente mestres locais fortemente influenciados pelos estaleiros tomarenses, sucedeu-se intervenções maneiristas e barrocas, seiscentistas e setecentistas, das quais resultou, para além do desvirtuamento de parte da obra quinhentista, todo o revestimento de azulejos polícromos, de padrão, das naves laterais e do transepto, bem como a execução da totalidade dos retábulos de talha, da primeira metade do século XVIII (CABRITA, 1996, p. 75), do coro, e de muita da imaginária que recheia o templo. Consta esta de várias telas do século XVII, lápides epigrafadas, algum bom mobiliário, e ainda quatro tábuas quinhentistas, tardias. SML

Imagens

Bibliografia

Título

História de Santarém Edificada

Local

-

Data

1740

Autor(es)

VASCONCELOS, Pe. Inácio da Piedade

Título

A Arte do Manuelino

Local

-

Data

1984

Autor(es)

ATANÁZIO, Manuel Mendes

Título

Santarém, História da Arte em Portugal

Local

-

Data

1931

Autor(es)

SARMENTO, Zeferino

Título

A Arquitectura do Renascimento em Portugal

Local

Lisboa

Data

1986

Autor(es)

HAUPT, Albrecht

Título

Santarém

Local

-

Data

1990

Autor(es)

SERRÃO, Vítor

Título

Santarem Ilustrada . Historia cronologica, politica e eclesiastica da Vila de Santarem

Local

-

Data

-

Autor(es)

MATTOSO, Luís Montez

Título

Santarém: História e Arte

Local

-

Data

1951

Autor(es)

SERRÃO, Joaquim Veríssimo

Título

Igreja de Santo Estevão (Santo Milagre), in Património Monumental de Santarém

Local

-

Data

1996

Autor(es)

CABRITA, Maria José