Saltar para o conteúdo principal da página

Ponte de Mem Gutierres, sobre o Ave - detalhe

Designação

Designação

Ponte de Mem Gutierres, sobre o Ave

Outras Designações / Pesquisas

Ponte de Esperança, sobre o rio Ave / Ponte de Mem Gutierres / Ponte da Esperança (Ver Ficha em www.monumentos.gov.pt)

Categoria / Tipologia

Arquitectura Civil / Ponte

Inventário Temático

-

Localização

Divisão Administrativa

Braga / Póvoa de Lanhoso / Esperança e Brunhais; Sobradelo da Goma

Endereço / Local

-- sobre o rio Ave, no lugar da Ponte
Esperança

Proteção

Situação Actual

Classificado

Categoria de Protecção

Classificado como MN - Monumento Nacional

Cronologia

Decreto de 16-06-1910, DG, n.º 136, de 23-06-1910 (ver Decreto)

ZEP

-

Zona "non aedificandi"

-

Abrangido em ZEP ou ZP

Abrangido por outra classificação

Património Mundial

-

Descrição Geral

Nota Histórico-Artistica

Limitado pelas Serras do Carvalho, da Cabreira e do Gerês, o território correspondente, na actualidade, ao concelho de Póvoa de Lanhoso situa-se em importantes eixos de circulação, nomeadamente dos que ligam Braga a Chaves, através do Gerês, e Braga a Guimarães.
Uma centralidade que mereceu um interesse e uma procura da região desde tempos imorredouros, embora com especial incidência durante a Idade do Ferro e o período romano, e que não mais se desvaneceria dos seus horizontes, antes engrandecendo, à medida que se caminhava para a medievalidade, como testemunham edifícios filiados, por exemplo, no movimento estilístico românico.
De entre a multiplicidade de estruturas medievais que ostenta destaca-se a "Ponte de Mem Gutierres" ou "Ponte de Esperança", como é também conhecida, a partir da designação da localidade em cujas proximidades se localiza, lançada sobre o Rio Ave, provavelmente entre os séculos XIV e XV.
De arquitectura simples, porém robusta, de tabuleiro de perfil horizontal (com pavimento entretanto asfaltado) assente sobre um único arco quebrado de expressiva altura, extradorso contrafortado e guardas em cantaria granítica, a ponte mereceu ser incluída no primeiro documento português de classificação de estruturas antigas como "monumentos nacionais" publicado em 1910.
[AMartins]

Imagens

Bibliografia

Título

Pontes Antigas Classificadas

Local

Lisboa

Data

1998

Autor(es)

RIBEIRO, Aníbal Soares

Título

Póvoa de Lanhoso, Tesouros Artísticos de Portugal

Local

Lisboa

Data

1976

Autor(es)

ALMEIDA, José António Ferreira de