Saltar para o conteúdo principal da página

Portal principal da Igreja da Madalena - detalhe

Designação

Designação

Portal principal da Igreja da Madalena

Outras Designações / Pesquisas

Igreja da Madalena / Igreja Paroquial da Madalena / Igreja de Santa Maria Madalena(Ver Ficha em www.monumentos.gov.pt)

Categoria / Tipologia

Arquitectura Religiosa / Portal

Inventário Temático

-

Localização

Divisão Administrativa

Lisboa / Lisboa / Santa Maria Maior

Endereço / Local

Largo da Madalena
Lisboa

Número de Polícia: 1

Proteção

Situação Actual

Classificado

Categoria de Protecção

Classificado como MN - Monumento Nacional

Cronologia

Decreto de 16-06-1910, DG, n.º 136, de 23-06-1910 (ver Decreto)

ZEP

Despacho de 18-10-2011 do diretor do IGESPAR, I.P. a concordar com o parecer e a devolver o processo à DRC de Lisboa e Vale do Tejo para apresentar propostas de ZEP individuais, ou conjuntas nos casos em que tal se justifique
Parecer de 10-10-2011 da SPA do Conselho Nacional de Cultura a propor o arquivamento
Proposta de 22-08-2006 da DR de Lisboa para a ZEP conjunta do Castelo de São Jorge e restos das cercas de Lisboa, Baixa Pombalina e imóveis classificados na sua área envolvente
Portaria de 21-08-1961, publicada no DG, II Série, n.º 213, de 11-09-1961 (sem restrições) (ZEP da Sé de Lisboa, do portal principal da Igreja da Madalena, das Lápides das Pedras Negras, da Igreja da Conceição Velha, da Casa de Brás de Albuquerque e da Igreja de Santo António de Lisboa)
Despacho de homologação de 18-07-1961
Parecer (favorável) de 9-06-1961 da 1.ª Sub-Secção da 6.ª Secção da JNE
Proposta de 7-01-1961 da DGEMN

Zona "non aedificandi"

-

Abrangido por outra classificação

Património Mundial

-

Descrição Geral

Nota Histórico-Artistica

A primitiva Igreja da Madalena datava do século XII, tendo sido sucessivamente alterada ao longo dos dois séculos seguintes; a capela-mor sofreu intervenção em 1512, portanto em plena época manuelina. O terremoto de 1755 causou a sua destruição total, sendo a reconstrução feita logo de imediato, como em outras igrejas de Lisboa, e aproveitando elementos antigos. Assim foi integrado o belo portal manuelino, que alguns autores afirmam ter vindo da Igreja da Conceição dos Freires, também destruída, e que por sua vez transitou para a antiga Igreja da Misericórdia, hoje Conceição Velha, onde portal e janelões são outros tantos aproveitamentos de elementos quinhentistas. Na Madalena, a classificação diz respeito apenas a este portal principal, em arco trilobado, com decoração vegetalista e heráldica de tipologia manuelina.SML

Imagens

Bibliografia

Título

Portugal antigo e moderno: diccionario geographico, estatistico, chorographico, heraldico, archeologico, historico, biographico e etymologico de todas as cidades, villas e freguezias de Portugal e de grande numero de aldeias...

Local

Lisboa

Data

1990

Autor(es)

PINHO LEAL, Augusto Soares d'Azevedo Barbosa de, FERREIRA, Pedro Augusto

Título

Monumentos Sacros de Lisboa em 1883

Local

-

Data

1924

Autor(es)

PEREIRA, Luís Gonzaga

Título

A Arquitectura Manuelina

Local

Porto

Data

1988

Autor(es)

DIAS, Pedro

Título

A arquitectura manuelina

Local

Vila Nova de Gaia

Data

2009

Autor(es)

DIAS, Pedro

Título

Monumentos e edifícios notáveis do distrito de Lisboa, vol. V, (1º tomo)

Local

Lisboa

Data

1973

Autor(es)

ALMEIDA, D. Fernando de