Saltar para o conteúdo principal da página

Cruz de Pedro Jacques - detalhe

Designação

Designação

Cruz de Pedro Jacques

Outras Designações / Pesquisas

Cruz de Pedro Jacques (Ver Ficha em www.monumentos.gov.pt)

Categoria / Tipologia

Arquitectura Religiosa / Cruzeiro

Inventário Temático

-

Localização

Divisão Administrativa

Guarda / Figueira de Castelo Rodrigo / Mata de Lobos

Endereço / Local

- no limite de Mata de Lobos
Salgadela

Proteção

Situação Actual

Classificado

Categoria de Protecção

Classificado como MN - Monumento Nacional

Cronologia

Decreto de 16-06-1910, DG, n.º 136, de 23-06-1910 (ver Decreto)

ZEP

-

Zona "non aedificandi"

-

Abrangido em ZEP ou ZP

Abrangido por outra classificação

Património Mundial

-

Descrição Geral

Nota Histórico-Artistica

A Guerra da Restauração da independência de Portugal frente ao domínio castelhano desenvolveu-se quase inteiramente no Alentejo; porém, as fronteiras da Beira foram igualmente demandadas, como aconteceu no caso da Batalha de Castelo Rodrigo, considerada então como uma das cinco grandes contendas que levaram à vitória final. Decorreu na sequência de uma tentativa, ainda que falhada, de tomar a vila espanhola de Sobradillo, então saqueada por tropas comandadas pelo general Pedro Jacques de Magalhães. Em retaliação, o Duque de Ossuna invadiu a Beira, tendo imposto um pesado cerco a Castelo Rodrigo, cuja praça se encontrava mal guarnecida. É novamente Pedro Jacques de Magalhães quem reúne tropas à pressa, acorrendo em auxílio da vila. A batalha deu-se em 7 de Julho de 1664, no lugar da Salgadela, freguesia de Mata de Lobos. Ao segundo assalto português, os invasores foram forçados à retirada. No local da batalha foi de imediato erguido um padrão comemorativo, por ordem de um João da Fonseca Tavares, que é conhecido justamente por Padrão de Pedro Jacques.
Trata-se de um singelo monumento rematado em cruz, do qual consta uma inscrição alusiva ao combate. Sobre um soco de três degraus quadrangulares, levantado na terra, ergue-se um paralelepípedo ao alto, cuja face dianteira é preenchida por uma cartela em relevo da qual consta o seguinte texto epigrafado: SVB 6º REGE / ALPHONSO / CITIANDO O / EXércitº DE CASTelª / Que GOVERNAVA / O DVQue DE USUNA / A PRAÇA DE CASTelº / Rodrigo FOI SOCURIDA POR / Pedrº JACQUES DE MAG" /G'alhães DESTA PROVINCIA / Que O VENCEU EM / BATALHA NESTE / LUGAR,COM DES/IGUAL PODER A / 7 DE JULHO / DE 1664. E no reverso: E PARA FAZER / IMORTAL E / STA VICT/ORIA JOA/N DA FON/Seca TAVares M/ANDOV A/QVI LEVA/NTAR ES/TE PADRA/M NO SO/BREDITO / ANNO DE / 1664. O padrão é coroado por uma cruz latina ladeada por duas pequenas volutas na base do braço vertical. SML