Saltar para o conteúdo principal da página

Paço de Dona Loba - detalhe

Designação

Designação

Paço de Dona Loba

Outras Designações / Pesquisas

Paço de Dona Loba (Ver Ficha em www.monumentos.gov.pt)

Categoria / Tipologia

Arquitectura Civil / Paço

Inventário Temático

-

Localização

Divisão Administrativa

Porto / Amarante / Padronelo

Endereço / Local

Lugar da Torre
Padronelo

Proteção

Situação Actual

Classificado

Categoria de Protecção

Classificado como MN - Monumento Nacional

Cronologia

Decreto n.º 95/78, DR, I Série, n.º 210, de 12-09-1978 (ver Decreto)

ZEP

-

Zona "non aedificandi"

-

Abrangido em ZEP ou ZP

Abrangido por outra classificação

Património Mundial

-

Descrição Geral

Nota Histórico-Artistica

Por tradição, o Paço de Dona Loba é apontado como a residência de D. Loba Mendes, filha de Mem de Gondar, cuja vida deu origem a uma lenda escrita por Frei Luís de Sousa no século XVII. Na realidade, pouco se sabe sobre a data de fundação ou quem terá sido o edificador do paço de Padronelo.
Actualmente o edifício encontra-se em avançado estado de ruína, embora seja possível reconstituir parte da estrutura da edificação. A torre imponente, de planta rectangular, conserva o piso térreo com uma porta larga em arco abatido. No interior são ainda visíveis os modilhões de suporte do estrado do segundo piso.
Catarina Oliveira
IPPAR/2006

Bibliografia

Título

Património Arquitectónico e Arqueológico Classificado, IPPAR, vol. II

Local

Lisboa

Data

1993

Autor(es)

LOPES, Flávio

Título

Casa do Paço (ou da Loba, ou de Dona Loba), Portugal. Património, vol. IV, pp.62-63

Local

Lisboa

Data

2007

Autor(es)

MORGADO, Florbela Bentes