Saltar para o conteúdo principal da página

Ruínas de Conímbriga - detalhe

Designação

Designação

Ruínas de Conímbriga

Outras Designações / Pesquisas

Museu Monográfico de Conímbriga/ Museu Monográfico de Conímbriga - Museu Nacional (Ver Ficha em www.monumentos.gov.pt) / Cidade romana de Conímbriga / Ruínas de Conímbriga (Ver Ficha em www.monumentos.gov.pt)

Categoria / Tipologia

Arqueologia / Cidade

Inventário Temático

-

Localização

Divisão Administrativa

Coimbra / Condeixa-a-Nova / Condeixa-a-Velha e Condeixa-a-Nova

Endereço / Local

- -
Conímbriga

Proteção

Situação Actual

Classificado

Categoria de Protecção

Classificado como MN - Monumento Nacional

Cronologia

Decreto de 16-06-1910, DG, n.º 136, de 23-06-1910 (ver Decreto)

ZEP

Portaria de 12-11-1971, publicada no DG, II Série, n.º 277, de 25-11-1971 (sem restrições)

Zona "non aedificandi"

-

Abrangido em ZEP ou ZP

Abrangido por outra classificação

Património Mundial

-

Descrição Geral

Nota Histórico-Artistica

Enquadrada numa zona rural e assente num planalto em forma de esporão, a zona posta a descoberto desde finais do século XIX daquelas que são comumente designadas por "ruínas romanas de Conímbriga" possui, com a cinta muralhada, cerca de 1 500 m de extensão. Contudo, quando foi conquistada em 136 a. C. durante as campanhas dirigidas por Decimo Junio Bruto, há muito que esta zona era alvo de ocupação humana, que remontaria, pelo menos, até ao Bronze Final. Chegaria a ocupar um lugar central em pleno período orientalizante do Baixo Mondego, constituindo um dos principais oppida do centro do país ao longo de toda a Idade do Ferro.
Firmada a conquista romana, a cidade beneficiou de um notório renovamento urbanístico de cariz vitruviano no tempo de Augusto, que desenvolver-se-ia até, sensivelmente, finais do século I d. C.. Datarão, precisamente, desta época estruturas tão importantes quanto características da vivência do quotidiano citadino romano, como as termas públicas, o anfiteatro e o forum, posteriormente ampliado com a edificação de uma basílica de três naves no período Júlio-Claudiano.
Foi, no entanto, durante as épocas antoniniana e severiana que se desenrolou toda uma renovação da denominada "arquitectura doméstica", notabilizada, entre outros elementos, pela presença de insulae e de luxuosas domus com peristilum, das quais as mais impressionantes seriam, certamente, as casas dos Repuxos e de Cantaber. Todas estas edificações sobressaiam pela riqueza e profusão dos elementos decorativos perfeitos de abundantes pinturas murais, mosaicos e escultura.
Com o tempo, a evolução política do próprio Império Romano e as pretensões manifestadas por alguns povos indígenas e recém chegados, houve a necessidade de dotar a urbe de uma faustosa muralha no século III d. C., que lhe reduziu consideravelmente o perímetro. Porém, a cidade sofreria diversas incursões suévicas ao longo do século V, cuja ocupação parece estar registada pelos indícios de uma basílica paleocristã, para a qual ter-se-á adaptado uma antiga domus.
Finalmente, por volta do século IX, a cidade acabaria por ser totalmente abandonada.
[AMartins]

Outras Descrições

Jardins romanos

Tipo

Enquadramento Arquitectónico, Urbano e Paisagístico

Descrição

Jardins
Conimbriga implanta-se num esporão planáltico a 17km de Coimbra, a antiga Aeminium, localizando-se na via romana que ligava Olisipo (Lisboa) a Bracara Augusta (Braga). Foi abastecida por um aqueduto que atravessava a envolvente rural, captando as águas de Alcabideque a 3,5km. Compreende espaços e edifícios públicos como forum, cúria, basílica, termas e anfiteatro e ainda comerciais, oficinais e residenciais, seccionados por uma muralha tardia.
Na zona escavada subsistem vestígios interpretados como de um jardim público, na palestra das Termas Sul, plataforma de 18 x 45 m aberta sobre o vale, e de jardins privados, viridia ou hortus em casas de ricos proprietários. Estes últimos desenvolviam-se em peristilos, pátios porticados, quadrados ou retangulares, rodeados por compartimentos relevantes, que asseguravam a iluminação, ventilação e recolha da água pluvial. Os respetivos impluvia são preenchidos por tanques pouco profundos, centrados ou ladeados por repuxos, recortados por canteiros sobrelevados em geometrias simples (quadrados, círculos e semicírculos) ou complexas (cruzes pateadas e lobuladas). No tardoz murado das maiores domus identificaram-se tanques ou piscinae associados a outras tipologias de exteriores.
A casa dos Repuxos estrutura-se pelo eixo que abrange entrada, peristilo, triclinium, tanque e hortus. A superfície aberta deste peristilo atinge 180m2. É ocupada por um tanque com seis canteiros dentados, alimentado por 521 repuxos. A casa de Cantaber não se afasta deste modelo axial, dispondo também de vários peristilos em tempos ajardinados. O maior encerra um tanque do qual se destacam canteiros e adivinham artifícios hidráulicos. As casas de Tancisos, Suástica e dos Esqueletos, embora menores, incluem da mesma forma peristilos centrados por simples tanques, canteiros e repuxos.
Dos jardins de deleite e amenidade restam: plintos de colunas e estátuas; alvenarias; opus signinum; lajes de calcário; mosaicos em pavimentos e bordos; estucados coloridos; decorações com conchas; canos de chumbo, caleiras e tubuli; fontes e bicas; até ânforas encastradas, nichos para animais aquáticos. E, pouco mais se infere pelas dúvidas e incógnitas persistentes quanto a plantas utilizadas, técnicas de jardinagem e respetivos contextos.
História
Admite-se que o oppidum celta tenha sido submetido por 136 a.C., durante as campanhas de Decimo Junio Bruto. No principado de Augusto decorre a 1.ª renovação urbanística, remontando a casa dos Esqueletos a inícios do séc. I d.C. Avançado o século, Conimbriga foi sujeita a relevantes transformações sociais e urbanas. Foi elevada a municipium e recebeu o epíteto de "Flavia", por 77 d.C. Construiu-se o novo forum sobre o antigo, remodelaram-se e edificaram-se termas referidas. No séc. III d.C. destaca-se a iniciativa privada na construção de magníficas residências urbanas, nas quais se inscreve a casa dos Repuxos, referência pelos seus pavimentos de mosaicos e peristilos ajardinados. Na segunda metade do século, as primeiras invasões bárbaras justificaram a construção da muralha e o sacrifício de Conimbriga ocidental, respetivas casas e jardins. Prosseguiram obras na cidade, registando-se intervenções de finais do séc. III a princípios do IV na casa de Cantaber, antecedidas por outras das épocas pré-claudiana e flaviana. Em 468 a cidade foi tomada definitivamente e parcialmente destruída. Segue-se a decadência e o abandono gradual até ao séc. IX.
No século XIX realizam-se as primeiras escavações arqueológicas, seguidas pelas campanhas do séc. XX. Em 1962 foi construído o Museu Monográfico de Conimbriga, objeto de ampliações e intervenções posteriores que abrangeram os espaços exteriores envolventes.
Rita Basto (estágio curricular AP), Mário Fortes e Teresa Portela Marques (orientadores de estágio)
DGPC, 2015

Imagens

Bibliografia

Título

Miscellanea, O Arqueólogo Português

Local

Lisboa

Data

1908

Autor(es)

AZEVEDO, Pedro A. de

Título

Conimbriga. Histoire d'un site, Dossiers de L'Archaeologie

Local

Dijon

Data

1974

Autor(es)

SILVA, Maria Adília Rocha Moutinho Alarcão e

Título

Dos tesouros de moedas romanas em Portugal, Conimbriga

Local

Coimbra

Data

1961

Autor(es)

HIPÓLITO, Mário de Castro

Título

Bibliographia, O Arqueólogo Português

Local

Lisboa

Data

1906

Autor(es)

VASCONCELLOS, José de Leite de

Título

Inscripciones latinas de la España Romana: antología de 6.800 textos

Local

Barcelona

Data

1972

Autor(es)

VIVES, José

Título

Introdução ao estudo das lucernas romanas em Portugal, O Arqueólogo Português

Local

Lisboa

Data

1953

Autor(es)

ALMEIDA, José António Ferreira de

Título

Aquisições do Museu Etnológico Português (1913), O Arqueólogo Português

Local

Lisboa

Data

1913

Autor(es)

LOPES, Coelho

Título

Arte visigótica em Portugal, O Arqueólogo Português

Local

Lisboa

Data

1962

Autor(es)

ALMEIDA, Fernando de

Título

A propos des cerámiques de Conimbriga, Conimbriga

Local

Coimbra

Data

1975

Autor(es)

ÉTIENNE, Robert, ALARCÃO, Jorge Manuel N. L.

Título

Ceramique a glacure plombifére, Conimbriga

Local

Coimbra

Data

1975

Autor(es)

ALARCÃO, Jorge Manuel N. L.

Título

Fouilles de Conimbriga VII. Trouvailles diverses. Conclusions generales

Local

Paris

Data

1979

Autor(es)

ALARCÃO, Jorge Manuel N. L.

Título

Fouilles de Conimbriga VI. Ceramique diverse et verres

Local

Paris

Data

1976

Autor(es)

ALARCÃO, Jorge Manuel N. L.

Título

Fouilles de Conimbriga IV. Les Sigilees

Local

Paris

Data

1975

Autor(es)

MAYET, Françoise, SILVA, Maria Adília Rocha Moutinho Alarcão e, DELGADO, Manuela

Título

Fouilles de Conimbriga I:2. L'Architecture

Local

Paris

Data

1977

Autor(es)

ALARCÃO, Jorge Manuel N. L.

Título

Fouilles de Conimbriga. 1- L'Architecture

Local

Paris

Data

1977

Autor(es)

ÉTIENNE, Robert, ALARCÃO, Jorge Manuel N. L.

Título

Fouilles de Conimbriga. 3 - Les monnaies

Local

Paris

Data

1974

Autor(es)

PEREIRA, Isabel, BOST, Jean-Pierre, HERNARD, Jean

Título

Indústria lítica proto-histórica - Notícia de protótipo enigmático e de seus congéneres, O Arqueólogo Português

Local

Lisboa

Data

1968

Autor(es)

PEREIRA, Maria Amélia Horta

Título

Conímbriga. A camada pré-romana da cidade. (Notas de uma exploração de dez dias em Condeixa-a-Velha), O Arqueólogo Português

Local

Lisboa

Data

1916

Autor(es)

CORREIA, Vergílio

Título

A villa lusitano-romana da Torre de Palma (Monforte), O Arqueólogo Português

Local

Lisboa

Data

1962

Autor(es)

HELENO, Manuel

Título

Une faucille de l'Age du Bronze a Conimbriga, Revista de Guimarães

Local

Guimarães

Data

1978

Autor(es)

COFFYN, André

Título

Inscrições romanas do Museu Machado de Castro, Humanitas

Local

Coimbra

Data

1960

Autor(es)

RODRIGUES, Maria de Lurdes

Título

Museu Machado de Castro - Secções de Arte e Arqueologia: catálogo-guia

Local

Coimbra

Data

1944

Autor(es)

CORREIA, Vergílio

Título

Le culte des Lares à Conímbriga (Portugal), Academie des Inscriptions et Belles-Letres

Local

Paris

Data

1969

Autor(es)

ÉTIENNE, Robert, ALARCÃO, Jorge Manuel N. L., FABRE, George

Título

Vestígios do culto dos Lares, em território português, Revista de Guimarães

Local

Guimarães

Data

1972

Autor(es)

ENCARNAÇÃO, José d'

Título

Fíbulas e fivelas, O Arqueólogo Português

Local

Lisboa

Data

1904

Autor(es)

FORTES, José T. Ribeiro

Título

Instrumentos de fiação, tecelagem e costura de Conimbriga, Conimbriga

Local

Coimbra

Data

1978

Autor(es)

PONTE, Salete da

Título

Mós manuais de Conimbriga, Conimbriga

Local

Coimbra

Data

1978

Autor(es)

BORGES, Nelson Correia

Título

Essai sur l'art et l'industrie de l' Espagne primitive et du Portugal

Local

Paris

Data

1904

Autor(es)

PARIS, Pierre

Título

Precedentes y protótipos de la fibula anular hispânica, Trabajos de Prehistoria

Local

Madrid

Data

1963

Autor(es)

CUADRADO, Emetério

Título

Vorformen von fus-szierund armbrust-Koustwktion der blallstatt-D-Fibeln, Madrider Beiträge

Local

Berlim

Data

1961

Autor(es)

SCHÜLE, Wilhelm

Título

Oppidum romano de Conímbriga, Boletim da Direcção Geral dos Edifícios e Monumentos Nacionais

Local

Lisboa

Data

1948

Autor(es)

-

Título

Ruínas de Conímbriga: conslidação de mosaicos, Boletim da Direcção Geral dos Edifícios e Monumentos Nacionais

Local

Lisboa

Data

1964

Autor(es)

-

Título

As fíbulas do Museu Municipal de Figueira da Foz, Conimbriga

Local

Coimbra

Data

1982

Autor(es)

PONTE, Salete da

Título

Fouilles de Conimbriga II. Epigraphie et Sculpture

Local

Paris

Data

1976

Autor(es)

ÉTIENNE, Robert, FABRE, George, LEVEQUE, Pierre, LÉVEQUE, Monique

Título

A respeito de Conimbriga, O Arqueólogo Português

Local

Lisboa

Data

1898

Autor(es)

VASCONCELLOS, José de Leite de

Título

Análise química não-destrutiva de dois cadinhos achados em Conimbriga, Conimbriga

Local

Coimbra

Data

1984

Autor(es)

SILVA, Maria Adília Rocha Moutinho Alarcão e, ARAÚJO, Maria de Fátima, CABRAL, João Manuel Peixoto

Título

Elementos de sítulas de Conimbriga, Conimbriga

Local

Coimbra

Data

1970

Autor(es)

DELGADO, Manuela

Título

Elementos de freios tardo romanos de Conimbriga, Conimbriga

Local

Coimbra

Data

1970

Autor(es)

-

Título

Ferramentas para trabalhar a madeira, Conimbriga

Local

Coimbra

Data

1974

Autor(es)

PONTE, Salete da

Título

Fíbulas pré-romanas e romanas de Conimbriga, Conimbriga

Local

Coimbra

Data

1973

Autor(es)

PONTE, Salete da

Título

Da terra sigillata tardia entrada em Portugal, Beira Alta

Local

Viseu

Data

1951

Autor(es)

RUSSELL, Cortez

Título

Anéis, braceletes e brincos de Conimbriga, Conimbriga

Local

Coimbra

Data

1969

Autor(es)

FRANÇA, Elsa Ávila

Título

Alfinetes de toucado romanos, de Conimbriga, Conimbriga

Local

Coimbra

Data

1968

Autor(es)

FRANÇA, Elsa Ávila

Título

Objectos de toilette de Conimbriga, Conimbriga

Local

Coimbra

Data

1971

Autor(es)

FRANÇA, Elsa Ávila

Título

De Conimbriga. Achados vários. Uma fíbula, O Arqueólogo Português

Local

Lisboa

Data

1909

Autor(es)

FONSECA, Vergílio Correia da

Título

Museu Municipal da Figueira da Foz, O Arqueólogo Português

Local

Lisboa

Data

1900

Autor(es)

CRUZ, P. Belchior da

Título

Mosaicos de Conimbriga encontrados durante as sondagens de 1899, Conimbriga

Local

Coimbra

Data

1973

Autor(es)

OLEIRO, João Manuel Bairrão

Título

Terra sigillata clara de Conimbriga, Conimbriga

Local

Coimbra

Data

1967

Autor(es)

DELGADO, Manuela

Título

De minimis. (Nótulas várias de epigrafia), Conimbriga

Local

Coimbra

Data

1965

Autor(es)

ALMEIDA, Justino Mendes de

Título

Povoações portuguesas vindas do passado, O Arqueólogo Português

Local

Lisboa

Data

1933

Autor(es)

VASCONCELLOS, José de Leite de

Título

Subsídios para a História do Museu Etnológico do Dr. Leite de Vasconcellos, O Arqueólogo Português

Local

Lisboa

Data

1964

Autor(es)

MACHADO, João Luís Saavedra

Título

Portugal Romano, História Mundi

Local

-

Data

-

Autor(es)

-

Título

Consolidação e restauro dos mosaicos de Conimbriga, O Arqueólogo Português

Local

Lisboa

Data

1956

Autor(es)

HELENO, Manuel

Título

Vitruve à Conimbriga, Conimbriga

Local

Coimbra

Data

1978

Autor(es)

ÉTIENNE, Robert, ALARCÃO, Jorge Manuel N. L., SCHREYECK, J., GOLVIN, J. C., MONTURET, R.

Título

A necrópole de Santo André. Parte II. Os materiais, Conimbriga

Local

Coimbra

Data

1981

Autor(es)

NOLEN, Jeannette U. Smith, DIAS, Luísa Ferrer

Título

Die Grabfunde aus dem spanischen westgotenreich, Antiquity

Local

Cambridge

Data

1934

Autor(es)

ZEISS, Hans

Título

Inscrições inéditas, O Arqueólogo Português

Local

Lisboa

Data

1910

Autor(es)

PROENÇA JÚNIOR, Francisco Tavares

Título

Balanças e pesos de Conimbriga, Conimbriga

Local

Coimbra

Data

1979

Autor(es)

PONTE, Salete da

Título

Sobre os topónimos Conimbriga, Condeixa e Alcabidexe, Conimbriga

Local

Coimbra

Data

1977

Autor(es)

PIEL, Joseph M.

Título

Le toponyme Conimbriga, Conimbriga

Local

Coimbra

Data

1977

Autor(es)

BLONDIN, Roland

Título

Cartas a Martins Sarmento, Revista de Guimarães

Local

Guimarães

Data

1954

Autor(es)

VASCONCELLOS, José de Leite de

Título

Le Carré Magique a Conimbriga (Portugal), Conimbriga

Local

Coimbra

Data

1978

Autor(es)

ÉTIENNE, Robert

Título

Zu einigen bronzezeitlichen Hohensiedlugen in Sudportugal, Madrider Mitteilungen

Local

Mainz

Data

1980

Autor(es)

PARREIRA, Rui Jorge Zacarias, SOARES, António Manuel Monge

Título

Fouilles de Conimbriga V. Ceramique commune locale et regional

Local

Paris

Data

1975

Autor(es)

ALARCÃO, Jorge Manuel N. L.

Título

As fíbulas do Noroeste da Península, Portugália

Local

Porto

Data

1908

Autor(es)

FORTES, José T. Ribeiro

Título

Estações pré-romanas da Idade do Ferro nas vizinhanças da Figueira, Portugália

Local

Porto

Data

1908

Autor(es)

ROCHA, António dos Santos

Título

Analecta archeológica, O Arqueólogo Português

Local

Lisboa

Data

1910

Autor(es)

VASCONCELLOS, José de Leite de

Título

Inscrições romanas do Museu Municipal de Torres Vedras, Conimbriga, nº21, pp.5-100

Local

Coimbra

Data

1982

Autor(es)

MANTAS, Vasco Gil

Título

Cerâmica estampada vermelha de Conimbriga, Arquivo de Beja

Local

Beja

Data

1964

Autor(es)

ALARCÃO, Jorge Manuel N. L., SILVA, Maria Adília Rocha Moutinho Alarcão e

Título

Manuel d'Archéologie Pré-historique celtique et gallo-romain.

Local

Paris

Data

1913

Autor(es)

DECHELETTE, Joseph

Título

Religiões da Lusitania I.

Local

-

Data

-

Autor(es)

VASCONCELLOS, José de Leite de

Título

Conimbriga. Noticia do Oppidum e das escavações nele efectuadas

Local

-

Data

-

Autor(es)

CORREIA, Vergílio

Título

Fouilles de Conimbriga.

Local

-

Data

-

Autor(es)

ÉTIENNE, Robert, ALARCÃO, Jorge Manuel N. L.

Título

Conimbriga: roteiro do museu e das ruinas

Local

-

Data

-

Autor(es)

ALARCÃO, Jorge Manuel N. L., OLEIRO, João Manuel Bairrão, SILVA, Maria Adília Rocha Moutinho Alarcão e

Título

Les metiers et leur outillage. Instruments de lissage, de retouchage et de modelage.

Local

-

Data

-

Autor(es)

-