Saltar para o conteúdo principal da página

Ínsua no rio Tâmega - detalhe

Designação

Designação

Ínsua no rio Tâmega

Outras Designações / Pesquisas

Ilha dos Frades

Categoria / Tipologia

Não Definida / Conjunto

Inventário Temático

-

Localização

Divisão Administrativa

Porto / Amarante / Amarante (São Gonçalo), Madalena, Cepelos e Gatão

Endereço / Local

-- no rio Tâmega
Gatão

Proteção

Situação Actual

Procedimento encerrado / arquivado - sem protecção legal

Categoria de Protecção

Não aplicável

Cronologia

Despacho de 7-10-2010 do director do IGESPAR, I.P. a determinar que o despacho de 3-12-1981 do SEC deve ser considerado um despacho de encerramento
Proposta de encerramento de 14-05-2010 da DRC do Norte, por se tratar de património natural
Despacho de 3-12-1981 do Secretário de Estado da Cultura a determinar o envio ao Ministério da Qualidade de Vida
Despacho de homologação de 5-02-1981 do Secretário de Estado da Cultura
Parecer de 20-01-1981 da Comissão "ad hoc" do IPPC a propor classificação como VC
Proposta de 1-11-1974 do delegado da JNE para o concelho de Amarante

ZEP

-

Zona "non aedificandi"

-

Abrangido em ZEP ou ZP

Abrangido por outra classificação

Património Mundial

-

Descrição Geral

Nota Histórico-Artistica

A presente classificação diz respeito a uma Ínsua localizada a montante do centro histórico da cidade de Amarante e da ponte de S. Gonçalo sobre o rio Tâmega, e constitui um autêntico espaço verde ribeirinho.
De forma alongada, no sentido NE / SO, com cerca de 400 m de comprimento e entre 40 e 80 m de largura, esta ínsua apresenta uma vegetação bastante densa e frondosa, composta por espécies tão variadas como a Almus glutinosa /Amieiro), (Eucalipto), Fraxinus augustifólia (Freixo), Ancia dealbata (Mimosa), Salix (Salgueiro), além de diversos exemplares de Carvalhos e de Plátanos, entre muitos outros.
Desligada da ínsua, mas incluída nesta mesma classificação, situa-se uma pequena ilha com cerca de 100 m de comprimento e 30 m de largura, que se encontra ligada à margem esquerda do rio por um pequeno passadiço, enquanto, no lado oposto a este, existe um pequeno cais para fins recreativos.
[AMartins]

Imagens