Saltar para o conteúdo principal da página

Mosteiro de Celas - detalhe

Designação

Designação

Mosteiro de Celas

Outras Designações / Pesquisas

Mosteiro de Santa Maria (Ver Ficha em www.monumentos.gov.pt)

Categoria / Tipologia

Arquitectura Religiosa / Mosteiro

Inventário Temático

-

Localização

Divisão Administrativa

Coimbra / Coimbra / Santo António dos Olivais

Endereço / Local

Largo de Celas
Coimbra

Proteção

Situação Actual

Classificado

Categoria de Protecção

Classificado como MN - Monumento Nacional

Cronologia

Decreto de 16-06-1910, DG, n.º 136, de 23-06-1910 (ver Decreto)

ZEP

Portaria n.º 223/2011. DR, 2.ª Série, n.º 11, de 17-01-2011 (sem restrições) (ver Portaria)
Despacho de homologação de 22-10-2007 do Secretário de Estado da Cultura
Proposta de 2-08-2006 da DR de Coimbra para alargamento da ZEP
Portaria de 14-10-1959, publicada no DG, n.º 7, de 9-01-1960 (com ZNA, o que não foi retomado na portaria de 2011)

Zona "non aedificandi"

-

Abrangido em ZEP ou ZP

Abrangido por outra classificação

Património Mundial

-

Descrição Geral

Nota Histórico-Artistica

Fundado nos inícios do século XIII por D. Sancha, infanta filha de D. Sancho I, a igreja do mosteiro só haveria de ser sagrada quase um século depois, em 1293. Infelizmente, conhecemos muito mal a marcha das obras medievais e, até as suas características básicas. Na actualidade, apenas duas parcelas podem considerar-se do projecto medieval, e ambas com suficientes motivos de dúvida.
O actual corpo da igreja, de planta circular e edificado à maneira de uma rotunda, tem vindo a ser atribuído às primeiras décadas do século XVI, altura em que a abadessa D. Leonor de Vasconcelos empreendeu numerosas obras (DIAS, 1982, p.220; 2002, p.137; PEREIRA, 1988, pp.184-185). Teorias mais recentes, todavia, fizeram recuar este esquema planimétrico praticamente à origem do mosteiro, à semelhança do que a própria D. Sancha havia feito com um convento cisterciense em Alenquer, de que ainda restam vestígios da sua rotunda (GOMES e ROSSA, 2000, pp.211-213).
A outra parcela medieval é composta pelos capitéis góticos do claustro. Também sobre eles as opiniões são díspares. Datam da primeira metade do século XIV e, ao que tudo indica, são o produto de uma oferta do rei D. João III à abadessa D. Maria de Távora (PEREIRA, 1995, vol. I, p.380). Quer isto dizer que, na origem, foram concebidos para ser aplicados a outro local, muito possivelmente o colégio universitário dionisino. Não faltam, todavia, outras opiniões que os atribuem ao primitivo claustro de Celas e posterior reaproveitamento no século XVI (DIAS, 2002, p.139). Em termos artísticos, estes capitéis nada têm de Românico e representam o melhor que a escultura gótica trecentista aplicada produziu no nosso país. Cenas da vida de Cristo e da Virgem combinam-se com temas profanos e fantásticos, num programa iconográfico sem paralelo em Portugal e cujos ecos são meras aproximações sem igual qualidade.
Se o período medieval está pleno de contradições e de incertezas, o mosteiro durante moderno é suficientemente conhecido através do Compendio de toda a fazenda d'este Real Convento de Santa Maria de Celas, coligido, nos meados do século XVII, por Frei Bernardo d'Assumpção, e onde se relatam as empresas das diversas abadessas desde os inícios do século XVI. Por esse documento conhecemos as importantes campanhas do tempo de D. Leonor de Vasconcelos (1521-1541) e de D. Maria de Távora (1541-1572).
À primeira, deve-se a renovação da igreja, com uma nova abóbada polinervada e contrafortada (provavelmente sob a orientação de Diogo de Castilho - GOMES e ROSSA, 2000, p.213), e diversas obras de carácter renascentista, como seria o seu túmulo, encomendado a Chanterenne. Foi também nessa fase que se construiu o portal principal do mosteiro (datado de 1530), a que se sobrepôs, no século seguinte, o mirante de nove janelas que actualmente remata a fachada principal.
À segunda, deve-se "a primeira (e última) tentativa séria de regularizar classicamente e ortogonalmente as instalações conventuais" (IDEM, p.200), optando por soluções artísticas comuns ao notável conjunto de colégios quinhentistas coimbrãos, ao abrigo de um "classicismo austero, não-ornamental e contra-reformista" (IDEM, p.203).
A última grande reforma do mosteiro teve lugar no século XVIII, trabalhos que, se determinaram mudanças de estética e de arquitectura em algumas partes do templo, como a construção de uma nova capela-mor, "parecem não ter modificado os aspectos organizativos essenciais da igreja" (GOMES e ROSSA, 2000, p.197), limitando-se a preencher o recheio devocional do templo.
Parcialmente restaurado nas décadas de 30 e de 40 do século XX (período em que, entre outros trabalhos, se demoliu o que restava do segundo piso do claustro), o mosteiro de Celas permanece como um dos mais importantes conjuntos edificados de Coimbra, pleno de desafios à História da Arte Medieval e simultaneamente revelador das diferentes correntes artísticas da Coimbra dos séculos XVI a XVIII.
PAF

Imagens

Bibliografia

Título

A arquitectura de Coimbra na transição do Gótico para a Renascença

Local

Coimbra

Data

1982

Autor(es)

DIAS, Pedro

Título

Coimbra - guia para uma visita

Local

Coimbra

Data

2003

Autor(es)

DIAS, Pedro

Título

A Obra Silvestre e a Esfera do Rei

Local

Coimbra

Data

1990

Autor(es)

PEREIRA, Paulo

Título

A Arquitectura do Renascimento no Sul de Portugal

Local

Lisboa

Data

1991

Autor(es)

MOREIRA, Rafael

Título

Inventario Artistico de Portugal - Cidade de Coimbra.

Local

Lisboa

Data

1947

Autor(es)

GONCALVES, António Nogueira, CORREIA, Vergílio

Título

A Arquitectura (1250-1450), História da Arte Portuguesa, dir. Paulo Pereira, vol. I, pp.335-433

Local

Lisboa

Data

1995

Autor(es)

PEREIRA, Paulo

Título

A arquitectura gótica portuguesa

Local

Lisboa

Data

1994

Autor(es)

DIAS, Pedro

Título

A rotunda de Santa Maria de Celas: um caso tipológico singular, Arte e Arquitectura nas Abadias Cistercienses nos séculos XVI, XVII e XVIII, (1994) pp.197-223

Local

Lisboa

Data

2000

Autor(es)

ROSSA, Walter, GOMES, Paulo Varela

Título

A rotunda de Santa Maria de Celas, um caso tipológico singular, MOnumentos, nº4, pp.56-65

Local

Lisboa

Data

1996

Autor(es)

ROSSA, Walter, GOMES, Paulo Varela

Título

O Mosteiro de Santa Maria de Celas, Munda, nº26, pp.3-13

Local

Coimbra

Data

1993

Autor(es)

PINTO, António Nunes

Título

Um mosteiro cisterciense feminino: Santa Maria de Celas (séculos XIII a XV), Dissertação de Mestrado em Arte Medieval apresentada à Faculdade de Letras da Universidade do Porto

Local

Porto

Data

1991

Autor(es)

MORUJÃO, Maria do Rosário Barbosa

Título

As abadessas perpétuas de Celas (séculos XIII a XVI), Munda, nº26, pp.19-23

Local

Coimbra

Data

1993

Autor(es)

MORUJÃO, Maria do Rosário Barbosa

Título

Mosteiro de Celas. Index da fazenda (1648-1654)

Local

Coimbra

Data

1921

Autor(es)

ASSUMPÇÃO, Frei Bernardo de

Título

O Mosteiro de Celas (subsídios para a sua História), Dissertação de Licenciatura apresentada à Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra

Local

Coimbra

Data

1969

Autor(es)

FERREIRA, Maria Isabel Antunes Mendes

Título

O mosteiro e o burgo de Celas nos meados do século XVIII. Estudo económico e social, Munda, nº2, pp.21-34

Local

Coimbra

Data

1981

Autor(es)

SILVA, José Manuel Azevedo e

Título

Mosteiro de Celas: História e Arte. Guia

Local

Coimbra

Data

1986

Autor(es)

SILVA, José Manuel Azevedo e

Título

Origem do antigo claustro do Mosteiro de Celas, XVI Congrès International d'Histoire de l'Art (1948), separata

Local

Coimbra

Data

1953

Autor(es)

SOARES, Torquato de Sousa

Título

O Mosteiro de Celas, Revista Ilustrada, 1891, republ. Estudos Diversos, 1934, pp.336-348

Local

Coimbra

Data

1934

Autor(es)

PEREIRA, Gabriel

Título

A arquitectura gótica na bacia do Mondego nos séculos XIII e XIV (policopiado)

Local

Coimbra

Data

1988

Autor(es)

MACEDO, Francisco Pato de

Título

Routier des abbayes cisterciennes du Portugal

Local

Paris

Data

1986

Autor(es)

COCHERIL, Maur

Título

Património Edificado com Interesse Cultural - Concelho de Coimbra

Local

Coimbra

Data

2009

Autor(es)

Câmara Municipal de Coimbra - Departamento de Cultura

Título

A Arquitectura ao Romano

Local

Vila Nova de Gaia

Data

2009

Autor(es)

CRAVEIRO, Maria de Lurdes