Saltar para o conteúdo principal da página

Igreja da Cartuxa («Scala coeli») - detalhe

Designação

Designação

Igreja da Cartuxa («Scala coeli»)

Outras Designações / Pesquisas

Igreja de Nossa Senhora Scala Coeli / Igreja de Santa Maria Scala Coeli / Igreja do Convento da Cartuxa de Scala Coeli / Cartuxa de Évora / Mosteiro da Cartuxa de Scala Coeli / Igreja da Cartuxa (Ver Ficha em www.monumentos.gov.pt)

Categoria / Tipologia

Arquitectura Religiosa / Igreja

Inventário Temático

-

Localização

Divisão Administrativa

Évora / Évora / Bacelo e Senhora da Saúde

Endereço / Local

Avenida Condes de Villalva
Évora

Proteção

Situação Actual

Classificado

Categoria de Protecção

Classificado como MN - Monumento Nacional

Cronologia

Decreto de 16-06-1910, DG, n.º 136, de 23-06-1910 (ver Decreto)

ZEP

-

Zona "non aedificandi"

-

Abrangido em ZEP ou ZP

Abrangido por outra classificação

Património Mundial

-

Descrição Geral

Nota Histórico-Artistica

O mosteiro Cartusiano de Scala Coeli, dedicado à Virgem, na sua invocação como escada do céu, foi fundado em 1587 a instâncias do Arcebispo de Évora, D. Teotónio de Bragança, que introduziu em Portugal a Ordem de S. Bruno ou da Cartuxa, uma das mais severas ordens religiosas da Igreja. A fachada foi considerada como sendo nitidamente inspirada numa gravura do Libro extraordinário delle porte de Sebastião Sérlio, datado de 1537 (ESPANCA, 1966), havendo claras diferenças entre o projecto conhecido, que terá sido aprovado, e aquele efectivamente construído, pelo que existem dúvidas quanto à autoria do traçado; a igreja tem estado, no entanto, atribuída principalmente a Nicolau de Frias (SERRÃO, 1999) e a dois arquitectos italianos, Filipe Terzi e Giovanni Vincenzo Casale, sendo este último um arquitecto florentino trazido por Filipe II, no ano anterior à fundação do cenóbio, para dirigir as obras de fortificação do reino. Foi igualmente adiantado o nome de Jerónimo Torres, mestre das obras de pedraria do Arcebispado de Évora, como sendo o arquitecto à frente da obra, e o possível autor das alterações verificadas em relação do projecto original (SOROMENHO, 1999).
A fachada triunfal e erudita do templo, em mármore branco de Estremoz, ergue-se em três registos com colunatas, cada um mais estreito que o anterior, dispondo-se o conjunto em cascata. O registo inferior é precedido por um nártex aberto por cinco arcos redondos, com colunas estriadas e capiteis dóricos. Três escadarias dão acesso ao nártex, uma conduzindo ao arco central, e duas mais pequenas em cada arco lateral. O registo intermédio possui colunas jónicas enquadrando três janelões, sendo duplas as duas centrais, para que entre cada par se rasguem dois pequenos nichos sobrepostos. No registo superior as colunas, também geminadas e enquadrando nichos, que ladeiam um nicho maior, de volta perfeita, são coríntias, sucedendo-se desta forma as ordens arquitectónicas de acordo com as disposições vitruvianas e serlianas. O registo intermédio é encimado por aletas rematadas por pináculos, e o remate superior é em frontão triangular, com cruz no vértice. Ao lado de cada fachada lateral dispõem-se dois claustros secundários. Em conformidade com os ideais da Ordem, os monges cartuxos vivem em pequenas celas individuais, construídas em torno de um grande claustro (este, de um sóbrio barroco, será mesmo o maior da Europa), unindo o ideal ascético e contemplativo à vida comunitária; a rigorosa compartimentação do mosteiro eborense é típica de outros conventos cartuxos da época.
A igreja ficou destruída por um incêndio após sofrer ocupação durante os cercos de Évora, em 1663, e do seu edifício original ficou apenas o pórtico de mármore e a fachada principal, tendo o interior sofrido reconstrução total no início do século XVIII. O templo é de nave única, com cobertura em abóbada de berço. A capela-mor, abrindo por um arco de volta perfeita, guarda um retábulo de talha dourada e policromada, ainda setecentista, realizado para substituir o primitivo, certamente da autoria do pintor régio Fernão Gomes, feito por encomenda de D. Teotónio de Bragança, ainda em 1587 (SERRÃO, 1999). O convento guarda ainda muitos e valiosos exemplares de escultura, mobiliário, azulejos, e alfaias litúrgicas, tendo-se perdido em ocasioões diversas um grande número de importantes obras de arte, nomeadamente um vasto conjunto de pintura, na sua maioria quinhentista.
O Convento da Cartuxa de Évora é o único em Portugal que recebe água de um aqueduto integrado na rede de abastecimento público, neste caso o aqueduto da Água da Prata, embora também possua sistemas de captação independentes. A caixa de água que abastece a comunidade cartusiana está ligada ao Aqueduto da Água da Prata por uma pequena torre de planta quadrangular, ladeada por quatro torreões e encimada por cúpula cónica, obra datada de 1592. Após várias vicissitudes, os Cartuxos voltaram a instalar-se no imóvel. SML

Imagens

Bibliografia

Título

História da Arte em Portugal - o Renascimento e o Maneirismo

Local

Lisboa

Data

2002

Autor(es)

SERRÃO, Vítor

Título

Breve Memória Histórica sobre a Fundação e a Existência ao Presente da Cartuxa de Évora

Local

-

Data

-

Autor(es)

SILVA, D. Bruno da (António Francisco Barata)

Título

História das Antiguidades em Évora

Local

-

Data

1739

Autor(es)

PATRÍCIO, Amador (Martim Cardoso de Azevedo)

Título

Vida del Patriarca San Bruno y principio de su religion, que fundò en los mui asperos montes e Cartuxa

Local

-

Data

1671

Autor(es)

ALFAURA, Pe. Dom Joaquin

Título

A Arquitectura Portuguesa Chã - Entre as Especiarias e os Diamantes 1521-1706

Local

Lisboa

Data

1988

Autor(es)

KUBLER, George

Título

Évora

Local

Lisboa

Data

1993

Autor(es)

ESPANCA, Túlio

Título

A Cartuxa de Évora Ontem e Hoje

Local

-

Data

1985

Autor(es)

SERRÃO, Vítor

Título

«Documentos Notariais Inéditos e Artistas Alentejanos dos Séculos XVI, XVII e XVIII», A Cidade de Évora

Local

-

Data

-

Autor(es)

SERRÃO, Vítor

Título

«Projectos para a Cartuxa de Évora», XVIIª Exposição de Arte, Ciência e Cultura - Catálogo Museu Nacional de Arte Antiga

Local

-

Data

1983

Autor(es)

MOREIRA, Rafael

Título

O Surto Regional Português na Legislação dos Filipes

Local

-

Data

1975

Autor(es)

SERRÃO, Joaquim Veríssimo

Título

As cartuxas Portuguesas: estudo artístico e arqueológico

Local

-

Data

1953

Autor(es)

CARDOSO, Florentino dos Santos

Título

Inventário Artístico de Portugal - vol. IX (Distrito de Évora, Zona Sul, volume I)

Local

Lisboa

Data

1978

Autor(es)

ESPANCA, Túlio

Título

«As Possíveis Fontes Tipológicas da Fachada da Igreja», Revista Monumentos, nº 10

Local

-

Data

1999

Autor(es)

-

Título

«Um Desenho de Fernão Gomes para o Mosteiro da Scala Coeli de Évora, Revista Monumentos nº 10

Local

-

Data

1999

Autor(es)

SERRÃO, Vítor

Título

«Uma Contribuição da Química para o Diagnóstico de Problemas de Conservação», Revista Monumentos nº 10

Local

-

Data

1999

Autor(es)

PESSOA, João Costa; FIGUEIREDO, Maria Ondina

Título

«Os Sistemas Hidráulicos», Revista Monumentos nº 10

Local

-

Data

1999

Autor(es)

MASCARENHAS, José Manuel; JORGE, Virgolino Ferreira

Título

A Talha

Local

-

Data

1999

Autor(es)

LAMEIRA, Francisco

Título

«Desertum, Claustrum e Hortus: os horizontes do jardim cartusiano», Revista Monumentos nº 10

Local

-

Data

1999

Autor(es)

CARAPINHA, Aurora

Título

«A Intervenção da Direcção-Geral dos Edifícios e Monumentos Nacionais», Revista Monumentos nº 10

Local

-

Data

1999

Autor(es)

A.A.V.V.

Título

«Proyecto para el Convento de Scala Coeli en Évora», Filipe II, Un Monarca y su Epoca - Las Tierras y los Hombres del Rey

Local

-

Data

1998

Autor(es)

PEREIRA, Fernando António Baptista

Título

O Aqueduto da Água da Prata em Évora. Bases para uma Proposta de Recuperação e Valorização

Local

-

Data

1995

Autor(es)

MONTEIRO, Filomena Mourato

Título

A Cartuxa e a Vida Cartusiana

Local

-

Data

1995

Autor(es)

BUSTAMANTE, Agustín; MARÍAS, Fernando

Título

«Francisco de Mora y la Arquitectura Portuguesa», As Relações Artísticas entre Portugal e Espanha na Época dos Descobrimentos

Local

-

Data

1987

Autor(es)

BUSTAMANTE, Agustín; MARÍAS, Fernando

Título

«Os Arquitectos da Cartuxa de Évora», A Cidade de Évora

Local

-

Data

-

Autor(es)

HAUPT, Albrecht

Título

A Arquitectura do Renascimento em Portugal

Local

Lisboa

Data

1986

Autor(es)

HAUPT, Albrecht

Título

A Talha em Portugal

Local

Lisboa

Data

1962

Autor(es)

SMITH, Robert C.

Título

Inventário Artístico de Portugal, vol. VII (Concelho de Évora - volume I)

Local

Lisboa

Data

1966

Autor(es)

ESPANCA, Túlio

Título

A Arquitectura do Ciclo Filipino

Local

Vila Nova de Gaia

Data

2009

Autor(es)

SOROMENHO, Miguel