Saltar para o conteúdo principal da página

Tectos da igreja matriz de Castelo Rodrigo - detalhe

Designação

Designação

Tectos da igreja matriz de Castelo Rodrigo

Outras Designações / Pesquisas

Tectos da igreja de Nossa Senhora do Rocamador, matriz de Castelo Rodrigo / Igreja Paroquial de Castelo Rodrigo / Igreja de Nossa Senhora do Rocamador(Ver Ficha em www.monumentos.gov.pt)

Categoria / Tipologia

Arquitectura Religiosa / Baptistério

Inventário Temático

-

Localização

Divisão Administrativa

Guarda / Figueira de Castelo Rodrigo / Figueira de Castelo Rodrigo

Endereço / Local

Largo da Igreja
Figueira de Castelo Rodrigo

Proteção

Situação Actual

Classificado

Categoria de Protecção

Classificado como IIP - Imóvel de Interesse Público

Cronologia

Decreto n.º 44 075, DG, I Série, n.º 281, de 5-12-1961 (ver Decreto)

ZEP

-

Zona "non aedificandi"

-

Abrangido em ZEP ou ZP

Abrangido por outra classificação

Património Mundial

-

Descrição Geral

Nota Histórico-Artistica

A Igreja Matriz de Castelo Rodrigo foi fundada no século XIII pela Confraria dos Frades de Nossa Senhora de Rocamadour, uma congregação que se dedicava à assistência dos peregrinos compostelanos.
A antiga vila de Castelo Rodrigo, cercada pelas muralhas edificadas no reinado de D. Dinis, estava integrada na rede medieval dos caminhos de peregrinação de Santiago de Compostela, pelo que o templo paroquial edificado no centro da praça de armas servia de abrigo aos peregrinos que por ali passavam.
A igreja mantém a tipologia primitiva, algo eclética, uma vez que apresenta um modelo de transição entre o românico e o gótico, desenvolvendo-se em planimetria longitudinal de nave única com tramos marcados pela disposição de arcos apontados.
Esta estrutura assemelha-se a alguns templos da região, como as matrizes de Escarigo, Mata de Lobos ou Vilar de Torpim. No entanto, foram executadas campanhas de obras posteriores, nomeadamente nos séculos XVI e XVII, que alteraram o programa decorativo do templo de Nossa Senhora do Rocamador.
A classificação respeita ao tecto da capela-mor, de caixotões de madeira de castanho com representações do Hagiológico, pintados no século XVIII. Na fiada transversal, que é entrecortada pelo retábulo, os caixotões são pintados com motivos vegetalistas e concheados.
Catarina Oliveira
DIDA/ IGESPAR, I.P./ 2012

Imagens

Bibliografia

Título

Portugal antigo e moderno: diccionario geographico, estatistico, chorographico, heraldico, archeologico, historico, biographico e etymologico de todas as cidades, villas e freguezias de Portugal e de grande numero de aldeias...

Local

Lisboa

Data

1990

Autor(es)

PINHO LEAL, Augusto Soares d'Azevedo Barbosa de, FERREIRA, Pedro Augusto

Título

Corografia Portuguesa e descripçam topographica do famoso Reyno de Portugal

Local

Lisboa

Data

1712

Autor(es)

COSTA, Pe. António Carvalho da

Título

O culto de Nossa Senhora na Diocese da Guarda

Local

Lisboa

Data

1948

Autor(es)

BIGOTTE, José Quelhas

Título

Figueira de Castelo Rodrigo. Roteiro turístico do concelho, 2ªed.

Local

Figueira de Castelo Rodrigo

Data

1997

Autor(es)

BORGES, Júlio António

Título

Diocese e Distrito da Guarda

Local

Porto

Data

1902

Autor(es)

CASTRO, José Osório da Gama e