Saltar para o conteúdo principal da página

Ponte romana de Alferrarede (Entre Ribeiras) - detalhe

Designação

Designação

Ponte romana de Alferrarede (Entre Ribeiras)

Outras Designações / Pesquisas

Olho de Boi
Ponte dos Mouros / Ponte Romana de Alferrarede (Entre Ribeiras) / Ponte dos Mouros / Ponte do Olho de Boi (Ver Ficha em www.monumentos.gov.pt)

Categoria / Tipologia

Arquitectura Civil / Ponte

Inventário Temático

-

Localização

Divisão Administrativa

Santarém / Abrantes / Mouriscas

Endereço / Local

- -
Entre Ribeiras

Proteção

Situação Actual

Classificado

Categoria de Protecção

Classificado como IIP - Imóvel de Interesse Público

Cronologia

Decreto n.º 129/77, DR, I Série, n.º 226, de 29-09-1977 (ver Decreto)
Edital de 2-01-1976 da CM de Abrantes
Despacho de homologação de 18-03-1975 do Secretário de Estado da Cultura e Educação Permanente
Parecer favorável de 7-03-1975 da 4.ª Subsecção da 2.ª Secção da JNE
Proposta do delegado da JNE no concelho para a classificação como IIP

ZEP

Portaria n.º 263/96, DR, II Série, n.º 272, de 23-11-1996 (sem restrições) (ZEP da Quinta do Bom Sucesso (parte) e da ponte romana de Alferrarede)

Zona "non aedificandi"

-

Abrangido em ZEP ou ZP

Abrangido por outra classificação

Património Mundial

-

Descrição Geral

Nota Histórico-Artistica

Situada de modo isolado em terrenos agrícolas pertencentes à Quinta do Bom Sucesso, sobre a ribeira de Alferrarede, esta ponte terá sido objecto de algumas campanhas de obras entre os séculos I e VI d. C.
Com cerca de oito metros e meio de largura e apresentando uma muralha dupla de considerável espessura consolidada através de contrafortes, é possível observar a presença de um moinho apoiado no paramento a jusante.
A represa terá sido construída em pleno reinado de D. Filipe II (1578- 1621), altura em que se terão aproveitado as estruturas romanas preexistentes. E no caso de estarmos, efectivamente, perante uma edificação romana (que a estrutura do arco parece desmentir), ela deveria fintegrar uma via secundária ou vicinal, uma vez que nenhuma das vias principais passava nestas imediações.
[AMartins]

Imagens

Bibliografia

Título

Aproveitamentos Hidráulicos romanos a Sul do Tejo - contribuição para uma inventariação e caracterização

Local

Lisboa

Data

1986

Autor(es)

CARDOSO, João, MASCARENHAS, José Manuel, QUINTELA, António de Carvalho

Título

Abrantes - Pontes e Vias Romanas, Vida Ribatejana

Local

Vila Franca de Xira

Data

1959

Autor(es)

-

Título

Abrantes cidade florida

Local

Abrantes

Data

1952

Autor(es)

OLEIRO, Diogo

Título

Pontes romanas de Portugal

Local

Lisboa

Data

1999

Autor(es)

PINTO, Paulo Mendes

Título

Inventário Artístico de Portugal, Distrito de Santarém

Local

Lisboa

Data

1949

Autor(es)

SEQUEIRA, Gustavo de Matos

Título

Tesouros Artísticos de Portugal

Local

Lisboa

Data

1976

Autor(es)

ALMEIDA, José António Ferreira de