Saltar para o conteúdo principal da página

Imóvel pertencente a Rui de Pinho Neto Brandão / Imóvel na Rua Dr. Alfredo Coelho de Magalhães, 29 - detalhe

Designação

Designação

Imóvel pertencente a Rui de Pinho Neto Brandão / Imóvel na Rua Dr. Alfredo Coelho de Magalhães, 29

Outras Designações / Pesquisas

Casa de Rui de Pinho Neto Brandão / Casa na Rua Dr. Alfredo Magalhães, n.º 29 (Ver Ficha em www.monumentos.gov.pt)

Categoria / Tipologia

Arquitectura Civil / Edifício

Inventário Temático

-

Localização

Divisão Administrativa

Aveiro / Aveiro / Eixo e Eirol

Endereço / Local

Rua Dr. Alfredo Magalhães
Aveiro

Número de Polícia: 29

Proteção

Situação Actual

Em Vias de Classificação

Categoria de Protecção

Em Vias de Classificação (Homologado como IM -...

Cronologia

Enviada cópia do processo pelo Ministério da Cultura à CM de Aveiro em 3-05-2010 a fim de ponderar a conclusão do procedimento
Despacho de homologação de 1-08-1997 do Ministro da Cultura
Parecer de 25-03-1997 do Conselho Consultivo do IPPAR a propor a classificação como VC
Despacho de abertura de 25-03-1997 do vice-presidente do IPPAR
Proposta de abertura de 14-01-1997 da DR de Coimbra
Proposta de classificação de 22-10-1996 do proprietário

ZEP

-

Zona "non aedificandi"

-

Abrangido em ZEP ou ZP

Abrangido por outra classificação

Património Mundial

-

Descrição Geral

Nota Histórico-Artistica

Imóvel
Localizado no centro de Eixo, junto à Casa da Família Dias Leite, a habitação de Rui de Pinho Neto Brandão é uma das muitas habitações da localidade que denota o cariz rural que lhes deu origem, assumindo-se como "casas-quintas" (Neves; Semedo; Arroteia: 1989, p. 103).
Edificada no século XVIII, apresenta planta retangular irregular dividida por dois pisos com fachada rasgada por diversos vãos dispostos simetricamente. Estes apresentam lintel semicircular, alternando no andar nobre janelas de guilhotina e janelas de sacada, e no piso térreo, portas e janelas. Este tratamento diferenciado justifica-se pela utilização destinada a cada um dos pisos, que ainda se mantém, reservando o rés do chão aos espaços utilitários, como a adega com lagar, e o andar superior a habitação.
O espaço interior encontra-se algo descaracterizado, uma vez que foi dividido no final do século XIX. No entanto, mantém alguns tetos em estuque originais.
História
A Casa de Rui de Pinho Neto Brandão integra um conjunto de habitações setecentistas e oitocentistas da localidade de Eixo que atestam uma época de prosperidade desta antiga sede de concelho, extinta em 1853. Efetivamente, a povoação teve as suas origens numa vila medieval, cujo senhorio pertenceu a famílias poderosas da região Norte, como os Sousas, a várias ordens religiosas e à própria Coroa (Neves; Semedo; Arroteia: 1989, p. 102).
À semelhança da habitação vizinha pertencente aos Neto Brandão, que apresenta algumas características da arquitetura senhorial portuguesa setecentista, como as fachada longas e ritmadas através da abertura de vãos simétricos ou o tratamento de superior qualidade no denominado andar nobre, esta casa revela um modelo semelhante, com menor grau de erudição, que busca a mesma simetria na disposição dos vãos.
Catarina Oliveira
DGPC, 2016

Imagens

Bibliografia

Título

Aveiro e sua região

Local

Aveiro

Data

1979

Autor(es)

ROSA, A. Quaresma, REBELO, Fernando