Saltar para o conteúdo principal da página
Património Cultural

Ermida de Santo Amaro - detalhe

Designação

Designação

Ermida de Santo Amaro

Outras Designações / Pesquisas

Capela de Santo Amaro / Ermida de Santo Amaro (Ver Ficha em www.monumentos.gov.pt)

Categoria / Tipologia

Arquitectura Religiosa / Ermida

Inventário Temático

-

Localização

Divisão Administrativa

Lisboa / Sintra / Sintra (Santa Maria e São Miguel, São Martinho e São Pedro de Penaferrim)

Endereço / Local

-- entre Lourel e Cabriz
-

Proteção

Situação Actual

Procedimento encerrado / arquivado - sem protecção legal

Categoria de Protecção

Não aplicável

Cronologia

Em 21-12-2012 foi dado conhecimento do despacho aos proprietários
Em 28-11-2012 foi dado conhecimento do despacho à CM de Sintra, enviando cópia do processo para ponderação de uma classificação como de IM
Anúncio n.º 13782/2012, DR, 2.ª série, n.º 246, de 20-12-2012 (ver Anúncio)
Despacho de concordância de 24-06-2011 do diretor do IGESPAR, I.P., com o consequente arquivamento do procedimento de classificação de âmbito nacional
Parecer de 14-06-2011 do Departamento Jurídico e de Contencioso do IGESPAR, I.P. no sentido de se enviar cópia do processo à CM de Sintra para ponderação de classificação como de IM
Procedimento prorrogado pelo Despacho n.º 19338/2010, DR, 2.ª série, n.º 252, de 30-12-2010 (ver Despacho)
Proposta de 5-06-2003 da DR de Lisboa para que o despacho de abertura fosse expressamente revogado
Despacho de concordância de 1-10-2002 do presidente do IPPAR
Parecer de 22-09-2002 do Conselho Consultivo do IPPAR a propor o arquivamento do processo e o envio de cópia do mesmo à CM de Sintra para a ponderação da classificação como de IM
Proposta de 4-05-1998 da DR de Lisboa para a classificação da Ermida de Santo Amaro e adro circundante, incluindo o respectivo cruzeiro
Edital de 5-12-1996 da CM de Sintra
Em 5-12-1996 os proprietários informaram que não viam inconveniente na classificação
Despacho de abertura de 31-07-1996 do vice-presidente do IPPAR
Proposta de 26-07-1996 da DR de Lisboa para a abertura da instrução de processo de classificação da Ermida de Santo Amaro
Proposta de 12-10-1994 da CM de Sintra, após aprovação camarária de 31-08-1994, para a classificação apenas da Ermida de Santo Amaro
Despacho de concordância de 18-11-1993 do presidente do IPPAR
Parecer de 3-11-1993 do Conselho Consultivo do IPPAR a propor uma melhor instrução no que se refere ao terreiro onde se implanta um cruzeiro e o Casal de Santo Amaro
Informação favorável de 26-08-1993 da DR de Lisboa
Proposta de 12-02-1993 da CM de Sintra, após deliberação camarária de 4-02-1993, para a classificação como VC da Ermida e Casal de Santo Amaro

ZEP

-

Zona "non aedificandi"

-

Abrangido em ZEP ou ZP

Abrangido por outra classificação

Património Mundial

-

Descrição Geral

Nota Histórico-Artistica

Pertencente à Quinta de Santo Amaro, situada nas proximidades da Quinta de Ribafria, a Capela de Santo Amaro foi edificada em meados do século XVI (AZEVEDO; FERRÃO; GUSMÃO, 1963, vol. II, p. 33).
No entanto, por se encontrar em avançado estado de ruína na primeira metade do século XX, o proprietário mandou reconstruir o templo cerca de 1947. Esta obra acabaria por alterar e desvirtuar, de forma, infelizmente, irreversível a tipologia da capela.
De planta quadrangular, composta pela justaposição dos corpos da nave e da capela-mor, de cércea mais baixa, é precedida por alpendre com tecto de madeira, com aberturas em forma de arco perfeito.
Sobre a nave dispõe-se uma sineira, e a entrada para o interior do pequeno templo faz-se tanto pela fachada principal como pela fachada lateral direita, uma vez que em ambas foram abertas portas, de moldura rectangular simples.
Catarina Oliveira
DIDA/ IGESPAR/ 2007

Imagens

Bibliografia

Título

Monumentos e Edifícios Notáveis do Distrito de Lisboa

Local

Lisboa

Data

1963

Autor(es)

AZEVEDO, Carlos de, FERRÃO, Julieta, GUSMÃO, Adriano de

Título

Velharias de Sintra, vol. IV

Local

Sintra

Data

1982

Autor(es)

AZEVEDO, José Alfredo da Costa