Saltar para o conteúdo principal da página

Anta da Portelagem e Mamoas do Rapido - detalhe

Designação

Designação

Anta da Portelagem e Mamoas do Rapido

Outras Designações / Pesquisas

Anta da Portelagem / Mamoas do Rápido (Ver Ficha em www.monumentos.gov.pt)

Categoria / Tipologia

Arqueologia / Conjunto Megalítico

Inventário Temático

-

Localização

Divisão Administrativa

Braga / Esposende / Vila Chã

Endereço / Local

-- Rápido
Vila Chã

Proteção

Situação Actual

Em Vias de Classificação

Categoria de Protecção

Em Vias de Classificação (Homologado como IIP -...

Cronologia

Despacho de homologação de 14-10-1999

ZEP

-

Zona "non aedificandi"

-

Abrangido em ZEP ou ZP

Abrangido por outra classificação

Património Mundial

-

Descrição Geral

Nota Histórico-Artistica

O território abrangido, na actualidade, pelo concelho de Esposende caracteriza-se por um profundo eclectismo morfológico dos terrenos, conferido, em grande parte, pelo facto de se estender desde as várzeas e veigas da costa atlântica até às zonas de interior, pontuadas de cumes e vales, estes últimos particularmente adequados à exploração agrícola.
Abundante e diversificado em recursos cinegéticos, o termo foi procurado por diferentes comunidades humanas desde a mais alta antiguidade, embora com maior expressividade entre o Neolítico e a Idade do Ferro, a julgar pelos sítios arqueológicos identificados até ao momento, com destaque para exemplares de arquitectura megalítica, assim como para povoados fortificados de altura.
Não deverá, pois, surpreender que as terras de Esposende suscitassem, desde logo, a curiosidade de antiquários (ou amadores) e pioneiros da Arqueologia em Portugal. Entre outros, foi o caso de Francisco Martins de G. M. Sarmento (1833-1899), fundador da "Sociedade Martins Sarmento" e do museu do mesmo nome, ambos localizados em Guimarães.
Personalidade de vasta erudição e interesse pelo passado da região minhota, a ele se devem algumas das primeiras intervenções em sítios tão emblemáticos da Arqueologia portuguesa, como a citânia de Briteiros. Uma realidade resultante, na verdade, da inegável disponibilidade financeira que detinha e que canalizou para a área cultural da região onde residia, promovendo o seu desenvolvimento, um pouco à semelhança do que ia paulatinamente sucedendo noutras cidades, na esteira do exemplo que Lisboa conferia desde, sensivelmente, meados do século XIX.
E pela informação recolhida até ao momento, terá sido, justamente Martins Sarmento a referir, pela primeira vez, a existência de testemunhos megalíticos no termo de Esposende e, em concreto, o conjunto conhecido nos nossos dias por "Anta da Portelagem e Mamoas do Rápido" (Cf. SARMENTO, Francisco Martins, 1933). Uma tipologia arqueológica que lhe mereceu a maior atenção, não apenas por se enquadrar numa das linhas de investigação mais conduzidas no restante território europeu, como pelo facto de terem sido desde sempre objecto de reutilização e destruição por parte de populações desconhecedoras da sua real valência, que delas retiravam elementos constituintes (como os esteios) para com eles erguerem estruturas mais adequadas às suas necessidades contemporâneas.
Edificado durante o Neo-calcolítico definido para a região, um dos exemplares deste conjunto - a Anta da Portelagem - funerário possui planta sepulcral de planta poligonal aberta, composta de nove esteios graníticos de pequenas dimensões, três dos quais com gravuras. Quanto ao corredor de acesso ao seu interior, ele é formado por oito esteios que suportariam, na origem, pequenas lajes de cobertura, duas das quais remanescem in situ.
As investigações conduzidas no local permitiram ainda recolher algum espólio associado, como exemplares líticos e material cerâmico, designadamente fragmentos de vaso tronco-cónico, "[...] insertos em sepulcros megalíticos "clássicos" [...]." (JORGE, Susana de Oliveira, 1990, p. 198), como no caso em epígrafe.
[AMartins]

Bibliografia

Título

Carta Arqueológica do Concelho de Esposende, Boletim Cultural de Esposende

Local

Esposende

Data

1986

Autor(es)

ALMEIDA, Carlos Alberto Brochado de

Título

Recipientes cerâmicos da Pré-história Recente do Norte de Portugal

Local

Porto

Data

1981

Autor(es)

SANCHES, Maria de Jesus

Título

Megalitismo do Norte de Portugal: O litoral minhoto, Actas do Seminário sobre o Megalitismo do Centro de Portugal

Local

Viseu

Data

1994

Autor(es)

SILVA, Eduardo Jorge Lopes da

Título

Megalitismo do Norte de Portugal: Distrito do Porto - Os Monumentos e a sua problemática no contexto europeu

Local

Porto

Data

1982

Autor(es)

JORGE, Vítor de Oliveira

Título

Desenvolvimento da hierarquização social e da metalurgia, Nova História de Portugal

Local

Lisboa

Data

1990

Autor(es)

JORGE, Susana de Oliveira

Título

Muitas antas, pouca gente? Actas do I Colóquio Internacional sobre Megalitismo

Local

Lisboa

Data

2000

Autor(es)

GONÇALVES, Victor S.

Título

Dispersos: colectânea de artigos publicados, desde 1876 a 1899, sobre arqueologia, etnologia, mitologia, epigrafia e arte pré-histórica: obra comemorativa do 1o centenário do nascimento do autor

Local

Coimbra

Data

1933

Autor(es)

SARMENTO, Francisco Martins