Saltar para o conteúdo principal da página

Antigo Seminário de Gralhas - detalhe

Designação

Designação

Antigo Seminário de Gralhas

Outras Designações / Pesquisas

Casa do Seminário (Ver Ficha em www.monumentos.gov.pt)

Categoria / Tipologia

Arquitectura Religiosa / Seminário

Inventário Temático

-

Localização

Divisão Administrativa

Vila Real / Montalegre / Gralhas

Endereço / Local

-

Proteção

Situação Actual

Classificado

Categoria de Protecção

Classificado como IM - Interesse Municipal

Cronologia

Deliberação de 29-04-2005 da AM de Montalegre

ZEP

-

Zona "non aedificandi"

-

Abrangido em ZEP ou ZP

Abrangido por outra classificação

Património Mundial

-

Descrição Geral

Nota Histórico-Artistica

Imóvel
Edificado no centro da aldeia de Gralhas, a casa do Antigo Seminário é uma habitação senhorial datada do século XVIII, que em 1922 foi transformada em seminário menor. Atualmente, o espaço funciona como unidade de turismo rural.
De planta em U, com dois pisos, a casa desenvolve-se em torno de um pátio interior, que está separado da rua por muro alto com portão encimado por sineira. As fachadas laterais exteriores, em aparelho de granito, são marcadas pela abertura irregular de janelas e portas.
Na fachada que abre para a Rua de Trás, do lado direito da casa, foi edificado um passadiço de pedra granítica, erguido em 1863, conforme atesta a gravação no arco do mesmo, que dá acesso superior a uma eira, localizada no lado oposto da rua.
A fachada lateral oposta encontra-se dividida em dois corpos, apresentando no da direita apenas um registo, rasgado por grande portão, e no da esquerda duas janelas, uma em cada piso.
No interior do pátio, ergue-se junto ao portão de entrada uma escada de pedra, que permite o acesso ao piso superior da casa. Do lado direito do U, a casa possui alpendre no piso térreo, assente sobre pilares de granito, e balcão fechado por janelas simétricas no registo superior.
Ao centro, ergue-se uma maciça escada de pedra, de acesso ao interior do corpo principal da casa, com entrada alpendrada no andar nobre.
O interior da casa, embora tenha sido adaptado às funções turísticas que atualmente desempenha, mantém as divisões originais do projeto setecentista, com o piso térreo destinado às áreas de serviço e o superior ocupado pelas áreas privadas e de lazer.
História
O Antigo Seminário de Gralhas começou por ser uma casa senhorial, estando a sua construção datada do século XVIII. Em 1920, o proprietário do imóvel, o Padre João Álvares Fernandes de Moura, morreu, doando todos os seus bens à Diocese de Braga, e impondo como condição que se fundasse um seminário menor em Gralhas, a sua terra natal.
O seminário foi fundado na sua casa de família na pequena localidade transmontana, abrindo em 6 de Janeiro de 1922. Funcionou durante quatro anos.
Recentemente, a casa foi transformada pelos atuais proprietários em unidade de turismo rural, tendo sido classificada como de interesse municipal em 2005.
Catarina Oliveira
DGPC, 2016
(com a colaboração de Luísa Queirós, Ecomuseu do Barroso)

Bibliografia

Título

Montalegre e Terras de Barroso

Local

Montalegre

Data

1968

Autor(es)

COSTA, João Gonçalves da

Título

Ensaio de inventário dos castros do concelho de Montalegre, O Arqueólogo Português

Local

Lisboa

Data

1915

Autor(es)

BARREIROS, Fernando Braga

Título

Montalegre e Terras do Barroso.Notas Históricas sobre Montalegre freguesias do concelho e região do Barroso

Local

-

Data

1987

Autor(es)

COSTA, João Gonçalves da

Título

Montalegre. Terras de Barroso

Local

Montalegre

Data

2002

Autor(es)

DIAS, Manuel Artur Santos