Saltar para o conteúdo principal da página
Património Cultural

Chafariz dos Leões - detalhe

Designação

Designação

Chafariz dos Leões

Outras Designações / Pesquisas

Chafariz dos Leões (Ver Ficha em www.monumentos.gov.pt)

Categoria / Tipologia

Arquitectura Civil / Chafariz

Inventário Temático

-

Localização

Divisão Administrativa

Évora / Évora / Bacelo e Senhora da Saúde

Endereço / Local

Estrada Nacional 18 (Estrada de Estremoz)
Évora

Proteção

Situação Actual

Classificado

Categoria de Protecção

Classificado como MIP - Monumento de Interesse Público

Cronologia

Portaria n.º 244/2013, DR, 2.ª série, n.º 79, de 23-04-2013 (ver Portaria)
Procedimento prorrogado até 30-06-2013 pelo Decreto-Lei n.º 265/2012, DR, 1.ª série, n.º 251, de 28-12-2012 (ver Diploma)
Relatório final do procedimento aprovado por despacho de 21-11-2012 da diretora-geral da DGPC
Declaração de retificação n.º 401/2012, DR, 2.ª série, n.º 56, de 19-03-2012 (ver Declaração)
Anúncio n.º 3863/2012, DR, 2.ª série, n.º 37, de 21-02-2012 (ver Anúncio)
Procedimento prorrogado pelo Decreto-Lei n.º 115/2011, DR, 1.ª série, n.º 232, de 5-12-2011 (ver Diploma)
Despacho de concordância de 6-06-2011 do diretor do IGESPAR, I.P.
Parecer de 18-05-2011 da SPAA do Conselho Nacional de Cultura a propor a classificação como MIP
Procedimento prorrogado pelo Despacho n.º 19338/2010, DR, 2.ª série, n.º 252, de 30-12-2010 (ver Despacho)
Nova proposta de 15-03-2010 da DRC do Alentejo
Proposta de 20-11-2009 da DRC do Alentejo para a classificação como IIP
Edital de 29-10-2008 da CM de Évora
Despacho de abertura de 19-01-1996 do vice-presidente do IPPAR
Proposta de classificação de 17-01-1996 da DR de Évora

ZEP

Portaria n.º 244/2013, DR, 2.ª série, n.º 79, de 23-04-2013 (sem restrições) (ver Portaria)
Relatório final do procedimento aprovado por despacho de 21-11-2012 da diretora-geral da DGPC
Anúncio n.º 3863/2012, DR, 2.ª série, n.º 37, de 21-02-2012 (ver Anúncio)
Despacho de concordância de 6-11-2011 do diretor do IGESPAR, I.P.
Parecer favorável de 10-10-2011 da SPAA do Conselho Nacional de Cultura
Nova proposta de 15-03-2010 da DRC do Alentejo
Devolvido à DRC do Alentejo por despacho de 11-02-2010 do director do IGESPAR, I.P., para aplicação do Decreto-Lei n.º 309/2009, DR, 1.ª série, n.º 206 de 23-10-2009 (ver Diploma)
Proposta de 20-11-2009 da DRC do Alentejo

Zona "non aedificandi"

-

Abrangido em ZEP ou ZP

Abrangido por outra classificação

Património Mundial

-

Descrição Geral

Nota Histórico-Artistica

O Chafariz dos Leões, edificado no reinado de D. João II ou D. Manuel I, deve o seu nome, segundo a tradição, aos dois leões de mármore pertencentes à antiga fonte da Praça do Geraldo (antecessora da actual), que foram transferidos pela Câmara pouco depois de 1572, após a demolição da fonte (ESPANCA, Túlio, 1966).
O alçado de alvenaria apresenta na platibanda dois pináculos de secção piramidal, e ao centro o escudo de armas de D. João III, com bordadura de oito castelos.
Os dois leões de mármore, com função de gárgulas, ladeavam uma bica central de pedra, hoje substituída por um tubo de metal. A proteger o tanque de mármore, de planta rectangular, encontravam-se marcos de granito que serviam de degrau ou de amarra para os animais.
A edificação deste Chafariz insere-se na ampla rede de águas que o Senado Eborense e os monarcas procuraram construir nas principais vias de comunicação que conduziam à cidade. Em termos estruturais, o Chafariz dos Leões é muito semelhante a outros chafarizes construídos na mesma época, nomeadamente o de São Bartolomeu, situado do outro lado da estrada, o Chafariz d'El Rei e o Chafariz das Bravas.
(Rosário Carvalho)

Imagens

Bibliografia

Título

Chafarizes e fontes públicas da cidade de Évora

Local

-

Data

1999

Autor(es)

GUERREIRO, Manuela da Palma

Título

Inventário Artístico de Portugal, vol. VII (Concelho de Évora - volume I)

Local

Lisboa

Data

1966

Autor(es)

ESPANCA, Túlio