Saltar para o conteúdo principal da página

Quinta de Coalhos - detalhe

Designação

Designação

Quinta de Coalhos

Outras Designações / Pesquisas

Categoria / Tipologia

Arquitectura Civil / Quinta

Inventário Temático

-

Localização

Divisão Administrativa

Santarém / Abrantes / Pego

Endereço / Local

EN 118
Coalhos

Proteção

Situação Actual

Classificado

Categoria de Protecção

Classificado como IM - Interesse Municipal

Cronologia

Edital N.º 22/2003 de 19-02-2003 da CM de Abrantes
Deliberação de 20-01-2003 da CM de Abrantes a determinar a classificação como de IM
Em 22-05-2002 foi dado conhecimento do despacho à CM de Abrantes
Despacho de concordância de16-04-2002 do vice-presidente do IPPAR, com o consequente arquivamento do procedimento de âmbito nacional
Proposta de 14-04-2002 da DR de Lisboa para a não atribuição de uma classificação de âmbito nacional, atendendo às alterações realizadas na quinta
Em 23-06-1999 a CM de Abrantes enviou documentação para compeltar o processo
Pedido de parecer de 23-03-1999 da CM de Abrantes sobre a eventual classificação como VC, após deliberação camarária de 12-03-1999

ZEP

-

Zona "non aedificandi"

-

Abrangido em ZEP ou ZP

Abrangido por outra classificação

Património Mundial

-

Descrição Geral

Nota Histórico-Artistica

O edifício principal da Quinta dos Coalhos e a sua envolvente foram concebidos, no início do século XX, pelo seu proprietário, o veterinário João Maria Gomes, que assim criava um espaço ideal para as grandiosas recepções que organizava. A construção deste imóvel, de cariz revivalista, decorreu entre 1906 e 1908. Com um torreão de remate em coruchéu e revestimento cerâmico, a casa apresenta três pisos, em cujos vãos é visível uma linguagem neo-manuelina e, também, neo-barroca, esta última mais evidente na escadaria de lanços duplos que permite o acesso a uma varanda com balaustrada e ao andar superior.
A linguagem revivalista estende-se, também, à envolvente onde pontuam os espaços com estatuária da autoria de Teixeira Lopes. Dos restantes equipamentos há ainda a destacar a construção com três torres que recorda um castelo de pequenas dimensões.
Actualmente, a Quinta, que permanece como casa de habitação para os seus proprietários, foi adaptada a hotel, encontrando-se o edifício principal em fase de reabilitação.
(RC)

Imagens