Saltar para o conteúdo principal da página

Igreja de Sarzeda - detalhe

Designação

Designação

Igreja de Sarzeda

Outras Designações / Pesquisas

Igreja de Santa Luzia / Igreja Paroquial de Sarzeda (Ver Ficha em www.monumentos.gov.pt)

Categoria / Tipologia

Arquitectura Religiosa / Igreja

Inventário Temático

-

Localização

Divisão Administrativa

Viseu / Sernancelhe / Sernancelhe e Sarzeda

Endereço / Local

Largo Dr. João Fraga de Azevedo
Sarzeda

Proteção

Situação Actual

Classificado

Categoria de Protecção

Classificado como IIP - Imóvel de Interesse Público

Cronologia

Proposta de retificação de 3-05-2019 da DRC do Norte
Em 2019 a CM de Sernancelhe alertou para o facto de a planta constante do diploma de classificação não corresponder à Igreja de sarzeda mas à capela de São Sebastião
Decreto n.º 5/2002, DR, I Série-B. n.º 42, de 19-02-2002 (ver Decreto)
Edital de 28-11-1996 da CM de Sernancelhe
Despacho de homologação de 13-05-1986 da Secretária de estado da Cultura
Despacho de homologação de 7-05-1986 do presidente do IPPC
Parecer de 22-04-1986 da 9.ª Secção do Conselho Consultivo do IPPC a propor a classificação como IIP
Proposta de classificação de 23-08-1985 do IPPC
Proposta de 26-04-1982 do pároco para a classificação da pintura mural (frescos) da igreja

ZEP

-

Zona "non aedificandi"

-

Abrangido em ZEP ou ZP

Abrangido por outra classificação

Património Mundial

-

Descrição Geral

Nota Histórico-Artistica

Embora a povoação de Sarzeda apresente vestígios de povoamento desde tempos pré-históricos, a sua paróquia terá sido constituída no início do século XVI, pertencendo a uma comenda da Ordem de Malta. Foi aliás um dos seus comendadores que, nos primeiros anos do século XVII, mandou edificar a igreja paroquial.
De planimetria longitudinal, o templo é composto pelo corpo da nave, à qual foi justaposta a capela-mor, de secção mais estreita. Do lado do Evangelho foi adossada a sacristia, e do lado oposto o campanário, com duas sineiras. O conjunto apresenta um modelo de linhas simples, destacando-se exteriormente a fachada principal de pano único, terminada em empena, com portal de volta perfeita. Nas fachadas laterais foram também rasgadas duas portas de acesso ao interior, cuja tipologia alguns autores consideram "um românico tardio do século XV" (CORREIA; SILVA, 1981, p. 333), embora nada confirme a existência de um templo na localidade na centúria de Quatrocentos.
O interior da igreja é um espaço amplo de nave única, com coro-alto em madeira, uma capela lateral aberta na parede onde foi colocado um retábulo de talha dourada dedicado a Santo António, e o púlpito de cantaria.
A capela-mor, coberta por tecto com caixotões de talha, apresenta ao fundo retábulo de talha nacional. A parede da cabeceira foi pintada com composições de fresco , que representam São Bartolomeu, à esquerda, e dois santos mártires, à direita (Idem, ibidem, pp. 335-336). Este é o conjunto decorativo mais interessante da igreja, embora não se conheça a sua autoria ou a data de execução das pinturas.
Catarina Oliveira
GIF/ IPPAR/ 2006

Imagens

Bibliografia

Título

Terras da Beira, Cernancelhe e seu alfoz

Local

Porto

Data

1929

Autor(es)

MOREIRA, Vasco

Título

Sernancelhe - Roteiro Turístico

Local

Sernancelhe

Data

1992

Autor(es)

CORREIA, Alberto

Título

Os frescos da Matriz de Sarzeda, Beira Alta, vol. XL, fasc. 2, pp. 329-339

Local

Viseu

Data

1981

Autor(es)

CORREIA, Alberto, SILVA, Celso Tavares da