Saltar para o conteúdo principal da página

Casa Júlio Resende - detalhe

Designação

Designação

Casa Júlio Resende

Outras Designações / Pesquisas

Casa Júlio Resende(Ver Ficha em www.monumentos.gov.pt)

Categoria / Tipologia

Arquitectura Civil / Vivenda

Inventário Temático

-

Localização

Divisão Administrativa

Porto / Gondomar / Gondomar (São Cosme), Valbom e Jovim

Endereço / Local

-

Proteção

Situação Actual

Classificado

Categoria de Protecção

Classificado como MIP - Monumento de Interesse Público

Cronologia

Portaria n.º 584/2011, DR, 2.ª série, n.º 115, de 16-06-2011 (ver Portaria)
Despacho de homologação de 3-06-2011 do Secretário de Estado da Cultura
Procedimento prorrogado até 31 de Dezembro de 2011 pelo Despacho n.º 19338/2010, DR, 2.ª série, n.º 252, de 30 de Dezembro (ver Despacho)
Parecer favorável de 28-10-2009 do Conselho Consultivo do IGESPAR, I.P.
Proposta de 13-08-2009 da DRC do Norte para a classificação como IIP
Despacho d n.º 130/2004-PRES, de 30-12-2004, do presidente do IPPAR determinou a abertura

ZEP

Portaria n.º 584/2011, DR, 2.ª série, n.º 115, de 16-06-2011 (sem restrições) (ver Portaria)
Parecer favorável de 28-10-2009 do Conselho Consultivo do IGESPAR, I.P.
Proposta de 13-08-2009 da DRC do Norte

Zona "non aedificandi"

-

Abrangido em ZEP ou ZP

Abrangido por outra classificação

Património Mundial

-

Descrição Geral

Nota Histórico-Artistica

Esta moradia foi projectada para o pintor Júlio Resende que refere: «o arquitecto que submete toda a génese da obra ao binómio técnica-espírito é, em propriedade, o arquitecto para o homem. (...) Uma habitação que surge deste equilíbrio é uma realidade biológica e psicológicamente útil ao homem que dela se serve. a resolução de um espaço, é obvio determina modos de acção, automatismos, movimentos rítmicos que devem identificar-se não apenas com a pessoa humana mas com determinada pessoa. Uma casa é estritamente um organismo. (...) Falar da casa que habito será correr o risco que corre sempre todo aquele que fala apaixonadamente... a verdade porém, é que se trata da casa com que sempre sonhei. (...) Disponho do clima ideal para a realização destas duas essencialidades: viver-trabalhar. O atelier, dominando a planta, está apto a cumprir as necessidades vitais (espaço-luz-isolamento). A habitação por seu lado, satisfaz plenamente os aspectos práticos e psicológicos (afectividade-quietude meditativa - iluminação repousante)» (Júlio Resende, in Arquitectura nº 94, 1966).

Imagens