Saltar para o conteúdo principal da página

Fonte dos Cantos de Baixo - detalhe

Designação

Designação

Fonte dos Cantos de Baixo

Outras Designações / Pesquisas

Fonte dos Cantos de Baixo(Ver Ficha em www.monumentos.gov.pt)

Categoria / Tipologia

-

Inventário Temático

-

Localização

Divisão Administrativa

Portalegre / Campo Maior / Nossa Senhora da Expectação

Endereço / Local

-

Proteção

Situação Actual

Classificado

Categoria de Protecção

Classificado como MIM - Monumento de Interesse Municipal

Cronologia

Edital n.º 1020/2014, DR, 2.ª série, n.º 218, de 11-11-2014 (ver Edital)
Deliberação camarária de 22-10-2014 a determinar a anulação da deliberação de 2-07-2014 e a aprovação da classificação individual das 12 fontes
Edital N.º 1/2014-DOU/AD de 4-08-2014 da CM de Campo Maior
Deliberação camarária de 2-07-2014 a determinar a classificação das 12 fontes como de IM
Edital N.º 96/2012-DOU/AD de 19-12-2012 da CM de Campo Maior
Deliberação camarária de 5-12-2012 a determinar a abertura do procedimento de classificação das 12 fontes como IM
Despacho de concordância de 22-10-2012 do diretor-geral da DGPC, com o consequente arquivamento do procedimento de âmbito nacional
Proposta de 15-10-2012 da DRC do Alentejo no sentido da continuação da tramitação do processo na CM de Campo Maior como IM
Proposta de classificação de 21-09-2012 da CM de Campo Maior, relativamente a 12 fontes no concelho

ZEP

-

Zona "non aedificandi"

-

Abrangido em ZEP ou ZP

Abrangido por outra classificação

Património Mundial

-

Descrição Geral

Nota Histórico-Artistica

Imóvel
Localizada no centro histórico de Campo Maior, no início da Rua Doutor Miguel Bombarda, num pequeno largo popularmente designado como dos Cantos de Baixo, a Fonte dos Cantos de Baixo é uma edificação da primeira metade do século XX que veio substituir um antigo chafariz de taça, que foi depois remontado junto ao castelo.
A fonte é constituída por um tanque retangular, disposto longitudinalmente, com espaldar neoclassicista de mármore dividido em três registos. O primeiro constitui-se por três bicas de água ornamentadas por carrancas. O segundo corresponde ao painel central, delimitado por volutas com inscrição comemorativa da fundação: MUDADA E REEDIFICADA EM 12 DE ABRIL 1936. O terceiro registo constitui o remate, com frontão truncado, delimitado por urnas e coroado por escudo de Portugal.História
O crescimento urbano de Campo Maior foi pautado pelas preocupações defensivas a que a sua posição fronteiriça obrigava. Depois dos meados do século XVI, a vila começou a expandir-se para fora da muralha medieval, chegando ao século XVII com "uma superfície urbana cerca de dez vezes maior que a possuída na primeira metade de quatrocentos" (Vieira: 1987, p. 6).
Este crescimento foi, também, determinado pela necessidade de fornecimento de água à população, que aumentara substancialmente. Assim, a partir desta data foram erigidas várias fontes, localizadas sobretudo nos pontos principais de acesso à vila, que vão ter uma função tripartida, sendo não apenas manancial de abastecimento de água potável, mas também bebedouro de animais e tanque de lavagem.
A primitiva Fonte dos Cantos de Baixo integrava este conjunto de fontanários modernos, localizando-se num dos largos centrais da vila, o local onde os trabalhadores rurais se juntavam ao final do dia. A fonte seria desmantelada no início do século XX, para permitir a circulação dos autocarros da carreira, que se dirigiam à central de camionagem localizada então no Terreiro.
Foi depois substituída por este fontanário retangular de espaldar, adossado a um pano murário de uma habitação, que se acomodou às necessidades de modernização da vila. Por seu turno, o chafariz original foi remontado na Praça Velha, onde se encontra atualmente.
A Fonte dos Cantos de Baixo foi classificada como de interesse municipal em 2014, juntamente com as restantes fontes da vila de Campo Maior.
Catarina Oliveira
DGPC, 2018

Bibliografia

Título

Campo Maior. Vila quase cidade entre os sécs. XVI-XVII

Local

Campo Maior

Data

1987

Autor(es)

VIEIRA, Rui Rosado