Saltar para o conteúdo principal da página

Casa Rural - detalhe

Designação

Designação

Casa Rural

Outras Designações / Pesquisas

Casa Rural / Casa na Rua dos Emigrantes, n.º 19 (Ver Ficha em www.monumentos.gov.pt)

Categoria / Tipologia

-

Inventário Temático

-

Localização

Divisão Administrativa

Coimbra / Figueira da Foz / Ferreira-a-Nova

Endereço / Local

Rua dos Emigrantes
Barreiras

Número de Polícia: 19

Proteção

Situação Actual

Classificado

Categoria de Protecção

Classificado como MIM - Monumento de Interesse Municipal

Cronologia

Edital n.º 31/2014 de 18-02-2014 da CM da Figueira da Foz
Deliberação camarária de 6-01-2014 a aprovar a classificação como MIM
Despacho de 4-11-2013 da diretora-geral da DGPC a determinar o arquivamento do procedimento de âmbito nacional
Proposta de arquivamento de 25-10-2013 da DRC do Centro, por não ter valor nacional
Pedido de parecer de 02-07-2013 da CM da Figueira da Foz sobre a eventual classificação como de IM
Deliberação de 23-04-2013 da CM da Figueira da Foz a determinar a abertura do procedimento de classificação como de IM, após requerimento do proprietário

ZEP

-

Zona "non aedificandi"

-

Abrangido em ZEP ou ZP

Abrangido por outra classificação

Património Mundial

-

Descrição Geral

Nota Histórico-Artistica

«Trata-se de uma pequena casa de características rurais, que se insere na casa térrea típica da região da Gândara. (...) Os elementos fundamentais da casa gandaresa são, por norma, uma fachada frontal, composta de um motivo típico de janela-porta-janela, e um celeiro com postigos, ou casa de pátio, sempre de carácter acentuadamente rural e construída em materiais pobres, mas que, todavia, vira para a rua uma frontaria mais airosa e esmerada, sob o pequeno beiral linear de um telhado de duas águas. (...)
Este imóvel, cuja construção remonta a finais do século XIX, e que teve intervenções posteriores, já no século XX, apresenta efectivamente muitas das características atrás descritas. Trata-se de uma casa térrea, de planta retangular e que possui uma fachada muito simples, com porta entre duas janelas, virada para o terreno e a eira, e para os anexos nas traseiras. O telhado é de duas águas, coberto de telha marselha, com chaminé no topo inferior. No interior, divide-se em sala, quarto e cozinha, com a chaminé colocada num canto. (...) Muito embora tenha sofrido já algumas intervenções descaracterizadoras, mantém ainda elementos construtivos a salientar: as paredes exteriores são em taipa, as interiores, em tabique, e a cobertura, cerâmica, na dita telha marselha.»
Proposta de arquivamento, Direção Regional de Cultura do Centro, 2013

Imagens