Saltar para o conteúdo principal da página

Casino de Armação de Pera - detalhe

Designação

Designação

Casino de Armação de Pera

Outras Designações / Pesquisas

Antigo Casino de Armação de Pera / Casino de Armação de Pera (Ver Ficha em www.monumentos.gov.pt)

Categoria / Tipologia

-

Inventário Temático

-

Localização

Divisão Administrativa

Faro / Silves / Armação de Pêra

Endereço / Local

Avenida Beira-Mar
Armação de Pera

Proteção

Situação Actual

Classificado

Categoria de Protecção

Classificado como MIM - Monumento de Interesse Municipal

Cronologia

Edital n.º 10/2017 de 30-01-2017 da CM de Silves
Deliberação de 25-01-2017 da CM de Silves a determinar a classificação como MIM
Deliberação de 11-02-2015 da CM de Silves a aprovar a intenção de classificação como MIM
Em 14-01-2014 foi dado conhecimento do despacho de arquivamento à CM de Silves
Despacho de 7-01-2014 da diretora-geral da DGPC a determinar o arquivamento do procedimento de âmbito nacional
Informação favorável de 23-12-2012 da DRC do Algarve
Enviado em 31-07-2013 à DRC do Algarve para se pronunciar
Pedido de parecer de 25-07-2013 da CM de Silves sobre a eventual classificação como de IM, após deliberação camarária de 10-07-2013

ZEP

Deliberação de 25-01-2017 da CM de Silves a determinar a classificação sem a fixação de qualquer ZEP
Despacho de 6-10-2015 da Vereadora da CM de Silves a determinar retirar o único imóvel da ZEPP
Edital N.º 55/15 de 16-06-2015 da CM de Silves (consulta pública sobre a intenção de fixar a ZEP)
Deliberação da CM de Silves de 11-02-2015 a aprovar a fixação de uma ZEP

Zona "non aedificandi"

-

Abrangido em ZEP ou ZP

Abrangido por outra classificação

Património Mundial

-

Descrição Geral

Nota Histórico-Artistica

Imóvel
Implantado junto à falésia da Praia de Armação de Pêra, na Avª Beira-Mar, o atual edifício resulta da ampliação para oeste de um imóvel existente. O primeiro edifício é obra do arquiteto Tavela de Sousa e data de finais da década de 50 do século XX, enquanto que a ampliação que se concretizou em 1978, ficou a cargo do arquiteto José Sobral Blanco (1905-1990).
De piso térreo e planta longitudinal, apresenta volumes quadrangulares de dimensões diferenciadas e coberturas lisas em lajes de betão mais projetadas nas fachadas viradas ao mar. De destacar também, na fachada voltada a nascente, um escudo com as armas de Portugal sobre pedestal. O traço linear e a disposição horizontal dos alçados virados a norte contrastam com o dinamismo ondeante da fachada sul, onde se rasgam, em toda a sua extensão, grandes vãos com ampla vista para o mar. De notar também como alguns pormenores do edifício vão buscar inspiração a elementos náuticos, nomeadamente ao nível dos vãos com a presença de janelas-escotilhas.


História
O edifício mais antigo, inaugurado em 1958, foi um dos primeiros casinos a ser construídos em Portugal integrando um plano de valorização turística para o Algarve que começava a nascer e que será concretizado nos anos 60. O edifício representa também um marco da arquitetura moderna que se pretendia trazer para a região e um símbolo de uma época de mudança social e económica da vila que, de uma tradição rural e piscatória, se prepara para assumir uma nova vocação centrada no turismo. Os anos 60 do século XX foram o período áureo deste Casino, acolhendo alguns dos maiores artistas da época. Os anos 70, pelo contrário, revelaram-se um período de decadência que acabam por levar ao seu encerramento. Atualmente existe um plano da autarquia de Silves para reformulação dos espaços, estando um dos setores a ser usado como posto turístico.

Maria Ramalho/DGPC/2016 com o apoio de Jorge Estevão Correia/C. M. Silves.

Imagens