Saltar para o conteúdo principal da página

Pelourinho de Janardo - detalhe

Designação

Designação

Pelourinho de Janardo

Outras Designações / Pesquisas

Pelourinho de Janardo (Ver Ficha em www.monumentos.gov.pt)

Categoria / Tipologia

Arquitectura Civil / Pelourinho

Inventário Temático

-

Localização

Divisão Administrativa

Viseu / Tondela / Guardão

Endereço / Local

-- junto da antiga Casa da Câmara
Janardo

Proteção

Situação Actual

Classificado

Categoria de Protecção

Classificado como IIP - Imóvel de Interesse Público

Cronologia

Decreto n.º 23 122, DG, I Série, n.º 231, de 11-10-1933 (ver Decreto) Ver inventário elaborado pela ANBA

ZEP

-

Zona "non aedificandi"

-

Abrangido em ZEP ou ZP

Abrangido por outra classificação

Património Mundial

-

Descrição Geral

Nota Histórico-Artistica

Janardo foi sede do concelho de Guardião, que teve primeiro foral dado por D. Sancho I, em 1207, e foral novo de D. Manuel, em 1514. O concelho foi extinto em 1836, e a vila de Janardo passou a freguesia de Tondela. Como testemunho da sua antiga categoria, conserva um singelo pelourinho, erguido nas imediações da antiga Casa da Câmara.
O pelourinho ergue-se sobre um soco de dois degraus quadrangulares, de factura tosca, no qual assenta uma grande base prismática lisa, com ligeiro ressalto inferior. O fuste da coluna tem secção quadrangular, com ressalto na base e no topo, faces lisas, e arestas ligeiramente chanfradas, transformando-o num incipiente pilar octogonal. Não existe capitel, apenas um ábaco ou tabuleiro quadrado, e o remate consta de um singelo tronco piramidal, de faces lisas, encimado por esfera.
O monumento não se encontra datado, mas corresponde à tipologia de outros no mesmo concelho, nomeadamente o de Sabugosa, este epigrafado com o ano de 1640. A ser mais tardio, por exemplo contemporâneo da vizinha Casa da Câmara, com data de 1735 epigrafada na verga da porta, utiliza o mesmo modelo do anterior. Note-se ainda que a coluna foi partida durante uma procissão, na década de trinta do século XX, tendo ficado durante muito tempo em fragmentos, parcialmente dispersos, e restaurado em data incerta, posterior a 1962. SML

Imagens

Bibliografia

Título

Pelourinhos Portugueses, Tentâmen de Inventário Geral

Local

Lisboa

Data

1997

Autor(es)

MALAFAIA, E. B. de Ataíde