Saltar para o conteúdo principal da página

Pelourinho de Douro Calvo - detalhe

Designação

Designação

Pelourinho de Douro Calvo

Outras Designações / Pesquisas

Pelourinho de Gulfar / Pelourinho de Douro Calvo(Ver Ficha em www.monumentos.gov.pt)

Categoria / Tipologia

Arquitectura Civil / Pelourinho

Inventário Temático

-

Localização

Divisão Administrativa

Viseu / Sátão / Romãs, Decermilo e Vila Longa

Endereço / Local

Largo do Pelourinho
Gulfar

Rua Antiga
Gulfar

Proteção

Descrição Geral

Nota Histórico-Artistica

Douro Calvo era a sede de um antigo concelho correspondente ao território de Golfar, ou Gulfar, tendo recebido primeiro foral das mãos de D. Dinis, em 1315, e foral novo de D. Manuel, em 1514. Pertence actualmente ao concelho de Sátão, do qual Douro Calvo é freguesia, e Gulfar designa apenas uma localidade. Da antiga categoria municipal conserva-se apenas o pelourinho, construído em data incerta, provavelmente na sequência do foral manuelino.
O pelourinho assenta numa plataforma de dois degraus quadrangulares, toscamente afeiçoados e desconjuntados, sobre um afloramento rochoso. A coluna não tem base, fincando-se directamente no degrau superior. Tem fuste de secção quadrangular, com faces lisas, e arestas ligeiramente chanfradas, transformando-o num incipiente pilar octogonal. Os chanfros esbatem-se no topo, fazendo a transição para o capitel circular, composto por astrágalo, gola lisa, e ábaco também circular. O remate resume-se a uma esfera de boas dimensões, de talhe irregular. Apesar da sua singeleza, o monumento parece datável do início de Quinhentos, e é muito semelhante ao de Silvã de Cima, este último sendo no entanto mais elegante e bem conseguido. SML

Imagens

Bibliografia

Título

Pelourinhos Portugueses, Tentâmen de Inventário Geral

Local

Lisboa

Data

1997

Autor(es)

MALAFAIA, E. B. de Ataíde