Saltar para o conteúdo principal da página

Casa brasonada - detalhe

Designação

Designação

Casa brasonada

Outras Designações / Pesquisas

Casa brasonada na Rua José Silvestre Ribeiro, 41 / Casa Pignatelli / Casa Melo Falcão (Ver Ficha em www.monumentos.gov.pt)

Categoria / Tipologia

Arquitectura Civil / Casa

Inventário Temático

-

Localização

Divisão Administrativa

Castelo Branco / Idanha-a-Nova / Idanha-a-Nova e Alcafozes

Endereço / Local

-

Proteção

Situação Actual

Procedimento caducado - sem protecção legal

Categoria de Protecção

Não aplicável

Cronologia

Procedimento caducado nos termos do artigo 78.º do Decreto-Lei n.º 309/2009, DR, 1.ª série, N.º 206 de 23-10-2009 (ver Diploma) , alterado pelo Decreto-Lei n.º 265/2012, DR, 1.ª série, n.º 251, de 28-12-2012 (ver Diploma)
Procedimento prorrogado até 31-12-2012 pelo Decreto-Lei n.º 115/2011, DR, 1.ª série, n.º 232, de 5-12-2011 (ver Diploma)
Procedimento prorrogado pelo Despacho n.º 19338/2010, DR, 2.ª série, n.º 252, de 30-12-2010 (ver Despacho)

ZEP

-

Zona "non aedificandi"

-

Abrangido em ZEP ou ZP

Abrangido por outra classificação

Património Mundial

-

Descrição Geral

Nota Histórico-Artistica

A Casa Pignatelli, também conhecida como Casa Melo Falcão, terá sido edificada no início do século XVI, obedecendo à estrutura de arquitectura civil quinhentista, sobretudo a que se desenvolveu nas terras beirãs, onde predomina a sobriedade e a robustez, acentuando-se a horizontalidade dos volumes. Os elementos de maior destaque nestas edificações são sem dúvida as molduras de portas e janelas, que marcam o ritmo das fachadas e se destacam na uniformidade dos edifícios pelo adorno com pequenos elementos decorativos ou, como acontece na Casa Pignatelli, através das varandas de ferro forjado.
O edifício possui planta rectangular composta por dois volumes, a casa propriamente dita e um volume secundário ao qual se tem acesso através da zona posterior. A fachada principal, voltada a este, é delimitada lateralmente por duas pilastras, estando dividida em três registos. No primeiro possui três portas, sendo a do centro a principal, com moldura rectangular simples, ladeada à esquerda por postigo. Intercalando com as portas laterais, duas janelas de peito. No segundo registo foram abertas quatro janelas de guilhotina, a que correspondem no último registo, quatro janelas de sacada com pequeno varandim e guarda de ferro, tendo ao centro do pano murário o brasão dos Pignatelli. Este registo corresponde ao andar nobre da casa. O conjunto é rematado por cornija e beiral.
A fachada posterior está igualmente dividida em três registos, o primeiro com porta de moldura rectangular, um postigo e uma janela lateral. No segundo registo foi aberta uma janela de moldura rectangular, correspondendo-lhe no registo superior janela também de moldura rectangular. O conjunto é rematado por beiral com gárgula.
Catarina Oliveira
GIF/IPPAR/ 16 de Março de 2004

Bibliografia

Título

A vila de Idanha-a-Nova. Memória descritiva e histórica

Local

Lisboa

Data

1985

Autor(es)

CRESPO, Firmino