Saltar para o conteúdo principal da página

Necrópole Rupestre Visigótica do Falacho - detalhe

Designação

Designação

Necrópole Rupestre Visigótica do Falacho

Outras Designações / Pesquisas

Necrópole Rupestre Visigótica do Falacho(Ver Ficha em www.monumentos.gov.pt)

Categoria / Tipologia

-

Inventário Temático

-

Localização

Divisão Administrativa

Faro / Silves / Silves

Endereço / Local

Sítio do Falacho
Falacho

Proteção

Situação Actual

Classificado

Categoria de Protecção

Classificado como IM - Interesse Municipal

Cronologia

Edital n.º 42/2010 de 22-04-2010 da CM de Silves
Deliberação camarária de 21-04-2010

ZEP

-

Zona "non aedificandi"

-

Abrangido em ZEP ou ZP

Abrangido por outra classificação

Património Mundial

-

Descrição Geral

Nota Histórico-Artistica

Sítio
A Necrópole do Falacho encontra-se implantada em meio rural, num afloramento rochoso de arenito na vertente Sul de uma encosta com ligeiro declive. A sul da necrópole situa-se um afluente do Rio Arade denominado Ribeira do Falacho.
Esta necrópole, que deverá datar do período Medieval (alta Idade Média), deveria inserir-se num conjunto mais extenso de sepulcros mas do qual apenas são conhecidos estes três exemplares. As sepulturas, de planta trapezoidal, foram escavadas na rocha apresentando uma moldura rebaixada e uma orientação norte-sul.
Junto deste local foi detetado um conjunto de depressões escavadas na rocha, habitualmente designadas por covinhas. As rochas escavadas com covinhas continuam a oferecer alguns problemas de interpretação, surgindo em vários pontos do território hoje Portugal, podendo ser atribuídas a vários períodos cronológicos. Alguns autores integram este tipo de vestígios arqueológicos no âmbito da arte rupestre, podendo no entanto estar relacionadas com jogos que se praticavam, associadas a locais de cultos ou serem apenas marcas de passagem.

Maria Ramalho/DGPC/2016.

Imagens