Saltar para o conteúdo principal da página

Edifício sito na Avenida Dr. Lourenço Peixinho,154-156, gaveto com a Rua do Engenheiro Oudinot, 7-11 - detalhe

Designação

Designação

Edifício sito na Avenida Dr. Lourenço Peixinho,154-156, gaveto com a Rua do Engenheiro Oudinot, 7-11

Outras Designações / Pesquisas

Edifício na Avenida Dr. Lourenço Peixinho e Rua Engenheiro Oudinot (Ver Ficha em www.monumentos.gov.pt)

Categoria / Tipologia

-

Inventário Temático

-

Localização

Divisão Administrativa

Aveiro / Aveiro / Glória e Vera Cruz

Endereço / Local

Avenida Dr. Lourenço Peixinho
Aveiro

Número de Polícia: 154-156

Rua Engenheiro Oudinot
Aveiro

Número de Polícia: 7-11

Proteção

Situação Actual

Classificado

Categoria de Protecção

Classificado como MIP - Monumento de Interesse Público

Cronologia

Portaria n.º 182/2013, DR, 2.ª série, n.º 67, de 5-04-2013 (ver Portaria)
Relatório final do procedimento aprovado por despacho de 22-01-2013 da diretora-geral da DGPC
Procedimento prorrogado até 30-06-2013 pelo Decreto-Lei n.º 265/2012, DR, 1.ª série, n.º 251, de 28-12-2012 (ver Diploma)
Anúncio n.º 13640/2012, DR, 2.ª série, n.º 211, de 31-10-2012 (ver Anúncio)
Procedimento prorrogado pelo Decreto-Lei n.º 115/2011, DR, 1.ª série, n.º 232, de 5-12-2011 (ver Diploma)
Despacho de concordância do diretor do IGESPAR, I.P.
Parecer de 5-12-2011 da SPAA do Conselho Nacional de Cultura a propor a classificação como MIP
Procedimento prorrogado pelo Despacho n.º 19338/2010, DR, 2.ª série, n.º 252, de 30-12-2010 (ver Despacho)
Proposta de 8-07-2010 da DRC do Centro para a classificação como IIP
Edital n.º 90/2008 de 15-05-2008 da CM de Aveiro
Despacho de abertura de 18-02-2008 da subdirectora do IGESPAR, I.P.
Proposta de 25-01-2008 da DRC do Centro para a abertura do procedimento de classificação

ZEP

(Aguarda nova proposta de ZEP, de acordo com o art.º 43.º do Decreto-Lei n.º 309/2009 de 23-10-2009)
Despacho de 19-12-2012 do diretor-geral da DGPC a determinar que a ZEP sjea apreciada apenas após a publicação da classificação
Informação favorável de 15-10-2012 da DRC do Centro
Proposta de alteração de 17-09-2012 da CM de Aveiro
Despacho de concordância do diretor do IGESPAR, I.P.
Parecer de 5-12-2011 da SPAA do Conselho Nacional de Cultura a propor a devolução do processo para reanálise do dimensionamento da ZEP proposta
Nova proposta de 8-07-2010 da DRC do Centro
Proposta de 22-07-2009 da DRC do Centro

Zona "non aedificandi"

-

Abrangido em ZEP ou ZP

Abrangido por outra classificação

Património Mundial

-

Descrição Geral

Nota Histórico-Artistica

O edifício de gaveto situado entre a Avenida do Doutor Lourenço Peixinho e a Rua Engenheiro Oudinot tem planta de 1923, da autoria de Jaime Inácio dos Santos. Ainda que seja evidente a sua filiação nos movimentos Arte Nova e Art Déco da região, o projeto revela essencialmente o ecletismo característico de muitos imóveis deste arquiteto, responsável pelas obras públicas de Aveiro e autor de um conjunto de construções que se destacam tanto pelas estruturas como pela ornamentação, sobretudo no que respeita ao uso do azulejo policromo nas fachadas, e que contribuíram para destacar a cidade no panorama da arquitetura portuguesa pré-modernista.
Erguido numa das principais artérias da cidade, e sobressaindo no conjunto das edificações vizinhas pelas suas dimensões imponentes, o edifício caracteriza-se pelo equilíbrio formal, pela elegância no tratamento das fachadas e pela diversidade dos estilos aplicados, nomeadamente os apontamentos neoclássicos. A aparente horizontalidade das fachadas é desafiada por elementos verticalizantes como o torreão circular com cúpula escamada que rasga a cobertura, ou o ritmo das pilastras que acentuam as montras na zona do gaveto, destacado pelo frontão superior com decoração de inspiração clássica do mesmo repertório formal dos azulejos policromos que encimam a entrada principal. Na fachada posterior destaca-se a ampla varanda coberta e sustentada por colunelos sobre alpendre em granito.
Rodeado de edifícios de grande interesse arquitetónico e patrimonial, e integrado numa zona criada, em finais de Novecentos, como um autêntico boulevard onde rapidamente se instalou a nova burguesia comercial e industrial de Aveiro, o edifício apresenta-se como uma síntese exemplar das possibilidades que Jaime Inácio dos Santos explorou ao longo da sua obra, e que lhe concederam uma plasticidade e um caráter contemporâneo únicos.
Sílvia Leite - 2013

Imagens

Bibliografia

Título

Inventário Artístico de Portugal - Distrito de Aveiro

Local

Lisboa

Data

1959

Autor(es)

GONCALVES, António Nogueira

Título

A Arte em Portugal no Século XIX (2 vols.)

Local

Lisboa

Data

1990

Autor(es)

FRANÇA, José-Augusto

Título

A Arte em Portugal no século XX

Local

Lisboa

Data

1991

Autor(es)

FRANÇA, José-Augusto

Título

Aveiro: cidade Arte Nova

Local

Aveiro

Data

1999

Autor(es)

BORGES, Jaime

Título

Aveiro - do Vouga ao Buçaco

Local

Lisboa

Data

1989

Autor(es)

NEVES, Amaro, SEMEDO, Enio, ARROTEIA, Jorge Carvalho

Título

A Arte Nova em Aveiro e seu distrito

Local

Aveiro

Data

1998

Autor(es)

NEVES, Amaro