Saltar para o conteúdo principal da página

Antigo Matadouro Municipal de Moura - detalhe

Designação

Designação

Antigo Matadouro Municipal de Moura

Outras Designações / Pesquisas

Matadouro Municipal de Moura (Ver Ficha em www.monumentos.gov.pt)

Categoria / Tipologia

-

Inventário Temático

-

Localização

Divisão Administrativa

Beja / Moura / Moura (Santo Agostinho e São João Baptista) e Santo Amador

Endereço / Local

Rua do Matadouro
Moura

Proteção

Situação Actual

Procedimento encerrado / arquivado - sem protecção legal

Categoria de Protecção

Não aplicável

Cronologia

Anúncio n.º 13503/2012, DR, 2.ª série, n.º 190, de 1-10-2012 (ver Anúncio) Despacho de arquivamento de 11-04-2011 do diretor do IGESPAR, I.P.
Parecer de 23-02-2011 da SPAA do Conselho Nacional de Cultura a propor o arquivamento, por não ter valor nacional, podendo a autarquia proceder à classificação como de IM
Procedimento prorrogado até 31-12-2011 pelo Despacho n.º 19338/2010, DR, 2.ª série, n.º 252, de 30-12-2010 (ver Despacho)
Proposta de 30-09-2009 da DRC do Alentejo para a classificação como IIP
Despacho de abertura de 10-10-2005 do presidente do IPPAR
Proposta de abertura de 27-09-2005 da DR de Évora
Deliberação de 11-05-2005 da CM de Moura a propor a classificação como IIP

ZEP

Sem efeito, por força do despacho de arquivamento do procedimento de classificação
Nova proposta de 12-11-2010 da DRC do Alentejo
Devolvido à DRC do Alentejo por despacho de 11-02-2010 do director do IGESPAR, I.P., para aplicação do Decreto-Lei n.º 309/2009, DR, 1.ª série, n.º 206 de 23-10-2009 (ver Diploma)
Reenviado pela DRC do Alentejo em 4-01-2010, mantendo a proposta
Devolvido à DRC do Alentejo por despacho de 8-10-2009-2010 do director do IGESPAR, I.P. para apresentação de nova proposta
Proposta de 30-09-2009 da DRC do Alentejo

Zona "non aedificandi"

-

Abrangido em ZEP ou ZP

Abrangido por outra classificação

Património Mundial

-

Descrição Geral

Nota Histórico-Artistica

Construído em finais do século XIX, o antigo Matadouro Municipal de Moura constitui um exemplar característico da arquitectura industrial da época. O conjunto de linhas harmoniosas é composto por 3 corpos distintos.
Lateralmente, implantam-se dois volumes que se destacam pela sua verticalidade, rematados em empena e rasgados em todas as fachadas por vãos em arco de volta perfeita. São prolongados para trás por dois corpos adjacentes mais baixos, sem aberturas. Ao centro, implanta-se um edifício de cércea mais baixa, da mesma tipologia dos que o ladeiam, com portal principal de volta perfeita, antecedido por pátio cercado por gradeamento de ferro que une os edifícios laterais.
No interior, merecem destaque os elementos decorativos como os painéis de azulejos e os florões de estuque, que contrastam vivamente com o carácter funcional do matadouro.
Desactivado em 1980, o espaço é utilizado como estaleiro e armazém camarário. Em 2008 a Câmara Municipal de Moura lançou um concurso para a adaptação do matadouro a museu municipal.
Catarina Oliveira
DIDA / IGESPAR, I.P / Junho de 2009