Saltar para o conteúdo principal da página

Fachada de Moradia Neo-Romântica na Amadora - detalhe

Designação

Designação

Fachada de Moradia Neo-Romântica na Amadora

Outras Designações / Pesquisas

Chalet Desidéria / Chalet Desidéria(Ver Ficha em www.monumentos.gov.pt)

Categoria / Tipologia

-

Inventário Temático

-

Localização

Divisão Administrativa

Lisboa / Amadora / Mina de Água

Endereço / Local

Rua Elias Garcia
Amadora

Número de Polícia: 280

Proteção

Situação Actual

Classificado

Categoria de Protecção

Classificado como IM - Interesse Municipal

Cronologia

Aviso de 18-06-2008 da CM da Amadora publicado no Boletim Municipal N.º 5 de 18-06-2008
Deliberação de 4-5-2007 da CM da Amadora a aprovar a classificação como de IM
Deliberação de 23-02-2007 da AM da Amadora a aprovar a classificação como de IM
Em 9-07-2007 foi dado conhecimento do despacho à CM da Amadora
Despacho de encerramento de 20-06-2007 do director do IGESPAR I.P., por não ter valor nacional
Proposta de 1-06-2007 da DRC de Lisboa e Vale do Teho para o encerramento do procedimento de âmbito nacional
Pedido de parecer de 7-03-2007 da CM da Amadora sobre a classificação como de IM
Deliberação de 23-02-2007 da CM da Amadora a determinar a abertura do procedimento de classificação como de IM

ZEP

-

Zona "non aedificandi"

-

Abrangido em ZEP ou ZP

Abrangido por outra classificação

Património Mundial

-

Descrição Geral

Nota Histórico-Artistica

Imóvel
A moradia neo-romântica da Amadora, também conhecida como Chalet Desidéria, situa-se num dos mais antigos e importantes eixos viários da região, a antiga Estrada Real que ligava a capital a Sintra, hoje denominada rua Elias Garcia na parte do percurso que ainda se mantém. O edifício, que se encontra hoje em muito mau estado de conservação, implanta-se na antiga propriedade da Casa do Infantado ou Palácio da Porcalhota tal como é possível confirmar nas plantas do século XVIII. Este palácio, de grande valor arquitetónico e que se encontra também classificado como imóvel de interesse municipal, situa-se do lado nascente da moradia, encostando mesmo ao seu portão principal.
O Chalet Desidéria representa um testemunho arquitetónico da primeira fase de expansão urbana da Amadora que ocorreu a partir de finais do século XIX, logo após a inauguração do troço de caminho de ferro que ligou Lisboa a Sintra. A classe média que, a partir de então, se foi instalando neste território, promoveu a construção de habitações unifamiliares rodeadas de pequenos jardins distinguindo-se, entre elas, algumas casas burguesas de maior aparato como este Chalet, um dos poucos testemunhos desta tipologia no concelho da Amadora.
O imóvel foi construído entre 1910 e 1911 segundo um projeto do arquiteto Guilherme Eduardo Gomes, também autor da Casa Aprígio Gomes e do edifício dos Recreios Desportivos da Amadora, imóveis com igual interesse patrimonial, ficando assim patente a capacidade deste projetista agradar à pequena e média burguesia de então, desejosa de ostentar, nas suas encomendas, o seu poder económico e estilo de vida.
A moradia de piso térreo e uma água furtada, apresenta uma planta quadrangular com cobertura em telha Marselha. Em termos decorativos a fachada principal possui vãos profusamente ornamentados com cantarias trabalhadas e frisos de azulejos com motivos florais em tons de roxo ao estilo Arte Nova, presentes tanto no piso térreo, como no corpo das águas furtadas. A entrada e jardim da casa que se encontra a uma cota superior relativamente à da rua encontra-se protegida por um muro com pilares de cantaria que, em tempos, suportaram um elegante gradeamento em ferro forjado entretanto desaparecido.
História
A presente moradia foi mandada erguer por D. Desidéria da Conceição Carmo Oliveira, conferindo-lhe o nome de "Chalet Desidéria".
Sílvia Leite / DIDA- IGESPAR /2009. Atualizado por Maria Ramalho/DGPC/2015. Colaboração de Gisela Encarnação/C.M.Amadora.

Imagens

Bibliografia

Título

Património Classificado. Município da Amadora

Local

Amadora

Data

2009

Autor(es)

XAVIER, Gabriela, ENCARNAÇÃO, Gisela

Título

Arquitectura e Paisagem do Concelho da Amadora. Levantamento dos Edifícios e Espaços com Interesse Histórico, Urbano e Paisagístico do Concelho da Amadora (policopiado)

Local

Amadora

Data

1982

Autor(es)

FERNANDES, José Manuel