Saltar para o conteúdo principal da página

Casa de Bocage - detalhe

Designação

Designação

Casa de Bocage

Outras Designações / Pesquisas

Categoria / Tipologia

-

Inventário Temático

-

Localização

Divisão Administrativa

Setúbal / Setúbal / Setúbal (São Sebastião)

Endereço / Local

Rua Edmond Bartissol
Setúbal

Número de Polícia: 10 e 12

Proteção

Situação Actual

Classificado

Categoria de Protecção

Classificado como IM - Interesse Municipal

Cronologia

Edital N.º 17/06 de 2-10-2006 da AM de Setúbal
Deliberação de 29-09-2006 da AM de Setúbal a aprovar a proposta n.º 273/2006/DURB/GAVAF da CM de Setúbal para a classificação como de IM
Em 18-07-2006 foi dado conhecimento do despacho à CM de Setúbal
Despacho de concordância de 12-07-2006 da vice-presidente do IPPAR
Informação favorável de 12-07-2006 da DR de Lisboa
Pedido de parecer de 8-06-2006 da CM de Setúbal sobre a classificação como de IM
Edital N.º 12/06 de 28-04-2006 da AM de Setúbal
Deliberação de 27-04-2006 da AM de Setúbal a aprovar a Proposta n.º 128/DURB/GACH da CM de Setúbal para a abertura do processo de classificação como de IM

ZEP

-

Zona "non aedificandi"

-

Abrangido em ZEP ou ZP

Abrangido por outra classificação

Património Mundial

-

Descrição Geral

Nota Histórico-Artistica

No dia 15 de Setembro de 1765 nasceu em Setúbal Manuel Maria Barbosa du Bocage, numa casa comum, situada na Rua Edmond Bartossol. A ligação deste edifício ao poeta tornou-se evidente em 1864, ano em que se descobriu o brasão eclesiástico pertencente aos Bispo, e relacionado com a família Bocage.
Trata-se de uma casa que apresenta dois pisos e uma fachada muito depurada, respeitando a tipologia da frente urbana em que se inscreve. No piso térreo abrem-se duas portas e, no superior, uma janela de sacada coincidente com a porta de maiores dimensões, sendo que todos os vãos são envoltos por molduras de pedra da Arrábida.
O espaço interno, que respeita a largura da fachada, desenvolve-se em profundidade, terminando num pequeno pátio traseiro. Esta planimetria, de grande simplicidade, acabaria por sofrer algumas alterações posteriores.
Na verdade, e de acordo com a inscrição presente no frontispício, o imóvel foi adquirido pelo visconde de Bartissol e doado à autarquia em 1888. Aqui funcionou a Junta de Freguesia, uma Escola Primária, e a Galeria Municipal de Artes Visuais (cf. Processo de Classificação, IPPAR/DRL). O pátio foi adaptado nos anos de 1970 sob projecto do arquitecto paisagista Ribeiro Telles, mas desapareceu entretanto (cf. Processo de Classificação, IPPAR/DRL).
Mais recentemente, e desde Setembro de 2006, todo o imóvel foi novamente reconvertido, desta feita para se tornar num museu e centro de documentação dedicado a Manuel Maria Barbosa du Bocage, cumprindo-se, assim, a vocação de memória que a classificação deste espaço já evocava.
(RC)

Imagens

Bibliografia

Título

Noticias dos Monumentos e edificios e logares Notáveis do Concelho de Setúbal

Local

Setúbal

Data

1882

Autor(es)

PORTELA, Manuel Maria