Saltar para o conteúdo principal da página

Paisagens culturais e jardins históricos

As paisagens com valor cultural testemunham a forma como o Homem se relacionou com o ambiente natural ao longo do tempo. Nesta relação de interdependência mútua, foram definidas paisagens que são agora um testemunho do modo de vida das diferentes sociedades humanas e da forma de como elas se relacionaram com os valores naturais.

É neste enquadramento que se torna determinante a conservação destas paisagens, desde o simples jardim doméstico, passando pelos jardins públicos e cercas conventuais até às paisagens culturais de grande dimensão como Sintra ou do Alto Douro Vinhateiro.

A conservação e salvaguarda do património paisagístico exige uma abordagem sistémica e integrada dada a expressão territorial de muitas destas paisagens, as suas componentes inertes e construídas, as frágeis componentes viva e natural e ainda a diversidade de contextos sociais e económicos.