Saltar para o conteúdo principal da página
Património Industrial > Manufatura

Séc. XVIII - Real Fábrica de Panos da Covilhã

Designação

Conjunto de fornalhas e poços cilíndricos da antiga tinturaria da Real Fábrica de Panos da Covilhã

Localização

Universidade da Beira Interior, R. Marquês de Ávila e Bolama

Freguesia / Concelho / Distrito

Covilhã / Covilhã / Castelo Branco

Função

Manufactura de têxteis/lanifícios

Época

Século XVIII (1764)

  • Pormenor da Antiga tinturaria da Real Fábrica de Panos da Covilhã

Caracterização

Actualmente podem observar-se diversos vestígios da tinturaria das dornas da Real Fábrica de Panos da Covilhã, fundada pelo marquês de Pombal. A intervenção arqueológica aí ocorrida, entre 1987-1992, viabilizou a criação do Núcleo Museológico da Real Fábrica de Panos. Este núcleo inclui as salas de tinturaria dos panos de lã, das lãs em meada e das dornas, o tanque de água e os corredores das fornalhas. Esta manufactura teve por modelo a tinturaria dos GOBELINS, de Paris.

Classificação

I.I.P., Decreto nº 28/82 de 26-2