Saltar para o conteúdo principal da página

Notícias 10/01/2017

Monumentos, Museus e Palácios da DGPC com mais de 4 milhões e 682 mil de visitantes em 2016

Em 2016, mais de 4 milhões e 682 mil pessoas visitaram Monumentos, Museus e Palácios tutelados pela Direção-Geral do Património Cultural, representando um aumento de 15,5% em relação a 2015 (mais 626.803). Verificou-se uma subida quer de público nacional quer público estrangeiro e, pela primeira vez, todos os equipamentos culturais tutelados pela DGPC viram aumentar os seus visitantes.

São vários os fatores que contribuíram para este crescimento dos públicos, além do evidente aumento do turismo internacional, destacando-se a qualidade da oferta cultural nestes equipamentos, a abertura de novos espaços, as exposições temporárias, os eventos culturais e a atividade dos serviços educativos.

Neste contexto geral, é de destacar a inauguração da Nova Galeria de Pintura e Escultura Portuguesas no Museu Nacional de Arte Antiga, que teve mais de 67 mil visitas, das 175.578 entradas totais no museu em 2016.

No Museu Nacional de Arqueologia ressalta-se a importância da exposição temporária "LUSITÂNIA ROMANA. ORIGEM DE DOIS POVOS / LUSITANIA ROMANA. ORIGEN DE DOS PUEBLOS" que trouxe ao museu mais de 58 mil visitantes, dos 146.955 visitantes totais em 2016.

Já no Museu Nacional Grão Vasco, o aumento para 114.568 visitantes em 2016, deveu-se em muito à vasta programação no âmbito das Comemorações do Centenário.

A exposição temporária “Amadeo Souza Cardoso, Porto – Lisboa, 2016 -1916” patente no Museu Nacional de Soares dos Reis, registou, de 1 de novembro até 31 de dezembro de 2016, mais de 43 mil visitantes, num total de 98.694 entradas no museu durante o ano de 2016.

Tendo em conta o aumento de visitantes nos Museus, Palácios e Monumentos da DGPC, 2016, e estando prevista uma vasta programação cultural para 2017, da qual salientamos a inauguração da exposição “Amadeo Souza Cardoso, Porto – Lisboa, 2016 -1916”, no dia 11 de janeiro, no Museu Nacional de Arte Contemporânea – Museu do Chiado, bem como a recente reabertura do Museu de Arte Popular e as Comemorações dos Trezentos Anos de Mafra, prevê-se a continuação desta tendência de crescimento de públicos nos equipamentos tutelados pela DGPC.