Saltar para o conteúdo principal da página

Museu Municipal de Santiago do Cacém

O Museu Municipal de Santiago do Cacém foi fundado, em 1930, por João Gualberto da Cruz e Silva, graças à doação da sua valiosa coleção de arqueologia e numismática. Encontra-se instalado, desde 1972, no edifício que, entre 1885 e 1969, foi cadeia comarcã.

Localizado na Praça do Município, frente aos paços do Concelho, o Museu Municipal de Santiago do Cacém foi, ao longo de décadas, aumentando as suas colecções e diversificando as temáticas. Do acervo do museu fazem parte peças ligadas às artes decorativas, pintura, mobiliário, cerâmica, escultura, têxteis, etnografia, arqueologia, numismática, documentação e fotografia.

Conteúdos da responsabilidade do museu e editados pela DGPC.

Contactos e
Localização

Tutela:
Câmara Municipal de Santiago do Cacém
Director(a):
Célia Soares – Chefe da Divisão Cultura e Desporto
Endereço:
Praça do Município, 7540 – 136 Santiago do Cacém
GPS:
Lat: 38,0160975 Long: -8,697948199999928
Telf(s):
+ 351 269 827 375
E-mail:
museu@cm-santiagocacem.pt

Autocarros urbanos: Rodoviária (a partir de Lisboa)

Estacionamento: Zonas de estacionamento gratuito próximo do museu municipal.

Acessibilidade: Acessibilidade reduzida.

Terça a sexta das 10h00 às 12h00 e das 14h00 às 16h30.

Sábado das 12h00 às 18h00.

Encerra domingos, segundas e feriados.

 

Ingresso

Entrada gratuita.

Loja;

Jardim;

Serviços educativos.

 

 

• “O Homem, a Terra e a Lagoa”- Colecção Cadernos do Património • “Alfaiates e Costureiras”- Colecção Cadernos do Património • “A Barbearia – A arte de barbear e pentear”- Colecção Cadernos do Património • Moedas romanas do Museu Municipal de Santiago do Cacém • Miróbriga – O Tempo ao Longo do Tempo – Historiografia – Investigação em Miróbriga • Manuel da Fonseca – Por todas as Estradas do mundo.

Actualizado em 24 abril de 2014.

informações fornecidas pelo museu em fevereiro de 2014.

Última actualização: 30 Julho 2014

Rede Portuguesa de Museus

A Rede Portuguesa de Museus (RPM) é um sistema organizado de museus, baseado na adesão voluntária, configurado de forma progressiva e que visa a descentralização, a mediação, a qualificação e a cooperação entre museus.

A Rede Portuguesa de Museus é composta pelos 146 museus que atualmente a integram. A riqueza do seu universo reside na diversidade de tutelas, de coleções, de espaços e instalações, de atividades educativas e culturais, de modelos de relação com as comunidades e de sistemas de gestão.

+ Monumentos e Museus DGPC