Saltar para o conteúdo principal da página

Museu Municipal de Loulé

O Museu Municipal de Loulé é um museu de território. Os pólos museológicos funcionam em rede e pretendem contribuir para dinamizar e promover o património cultural, assim como as visitas ao concelho de Loulé, bem como contribuir para o desenvolvimento do território e das suas gentes. O núcleo sede do Museu Municipal de Loulé foi inaugurado ao público a 25 de maio de 1995 e apresenta uma exposição de longa duração que conta a história do território de Loulé desde a pré-história até ao período moderno, tendo para isso selecionado os objetos mais significativos recolhidos em diversas áreas do concelho em resultado de projetos de investigação, de prospeções e de achados ocasionais.

O Museu Municipal de Loulé é um museu de território. Os pólos museológicos funcionam em rede e pretendem contribuir para dinamizar e promover o património cultural, assim como as visitas ao concelho de Loulé, bem como contribuir para o desenvolvimento do território e das suas gentes.

Pólo Museológico da Cozinha Tradicional

Proporciona uma viagem às cozinhas das casas da serra e beira-serra algarvias, de meados do século XX.

Pólo Museológico dos Frutos Secos

Antigo espaço fabril, aqui podem ver-se as máquinas de partir amêndoa e triturar alfarroba juntamente com outros objetos e materiais relacionados com a transformação e comercialização dos frutos secos.

 

Pólo Museológico Cândido Guerreiro e Condes de Alte

Antiga Casa dos Condes de Alte, agora musealizada, onde podemos descobrir os espólios do poeta Francisco Xavier Cândido Guerreiro, da família dos Condes de Alte e alguns objetos da Casa do Povo de Alte e de particulares.

 

Pólo Museológico de Salir

Apresenta espólio arqueológico da freguesia de Salir, nomeadamente menires, variado espólio Neolítico, sepulturas da idade do Bronze, estelas epigrafadas da idade do Ferro, ruínas e materiais romanos, tal como diferentes testemunhos medievais, onde avultam os restos do seu castelo muçulmano.

 

Pólo Museológico da Água

Localizado na aldeia de Querença apresenta testemunhos de vida e de elementos edificados e naturais (poços, fontes, ribeiras, tanques e noras) que caracterizam o quotidiano de trabalho das populações desta região.

 

Conteúdos editados pela DGPC/DMCC

Contactos e
Localização

Tutela:
Câmara Municipal de Loulé
Endereço:
Alcaidaria do Castelo, Rua D. Paio Peres Correia, n.º 17, 8100-564 Loulé
GPS:
Lat: 37 Long: 8
Telf(s):
+351 289 400 885
E-mail:
museu@cm-loule.pt
Site:
http://www.museudeloule.pt/

Ingresso

Preçário: 1,62€

Isenções:

-Crianças até 12 anos;
-Estudantes devidamente identificados;
-Possuidores de cartão-jovem;
-Professores e alunos de qualquer estabelecimento de ensino do concelho, no âmbito de visitas organizadas pelos Serviços Educativos do Museu;
-Grupos organizados, no âmbito de visitas programadas e devidamente acompanhados durante a visita pelos Serviços Educativos do Museu;
-Pessoas de idade igual ou superior a 65 anos;
-Munícipes de Loulé que apresentem comprovativo de residência no concelho;
-Situações abrangidas por protocolo ou acordo celebrado entre o Museu Municipal de Loulé e entidades terceiras;
-No Dia Internacional dos Museus, Jornadas Europeias do Património, Dia dos Centros Históricos e Dia Nacional dos Castelos.

Visita Brincando

http://www.museudeloule.pt/pt/menu/1142/visita-brincando.aspx

Famílias no Museu

Desde janeiro de 2014 que os Serviços Educativos do Museu Municipal de Loulé dinamizam, no segundo sábado de cada mês, atividades destinadas a crianças entre os sete e os doze anos acompanhadas por um adulto

Desculpe Como me Chamo?

A atividade Desculpe como me chamo? teve início em 2014 e tem lugar na primeira quarta-feira de cada mês. Esta iniciativa tem o objetivo de começar a dar nome e “corpo” aos rostos das fotografias da coleção dos estúdios do fotógrafo Padre Guerreiro.

 

Laboratórios da Memória

Atividade que pretende levar as pessoas a exercitar a sua memória e a contar as suas estórias sobre um tema concreto relacionado com a história local

 

Boletim CDOC

Revista Raízes

Última actualização: 29 Outubro 2018

Rede Portuguesa de Museus

A Rede Portuguesa de Museus (RPM) é um sistema organizado de museus, baseado na adesão voluntária, configurado de forma progressiva e que visa a descentralização, a mediação, a qualificação e a cooperação entre museus.

A Rede Portuguesa de Museus é composta pelos 151 museus que atualmente a integram. A riqueza do seu universo reside na diversidade de tutelas, de coleções, de espaços e instalações, de atividades educativas e culturais, de modelos de relação com as comunidades e de sistemas de gestão.

+ Monumentos e Museus DGPC