Saltar para o conteúdo principal da página

Museu Municipal Carlos Reis

Deve-se a Gustavo Pinto Lopes a iniciativa da fundação do Museu Municipal de Torres Novas em 1933, que veio a inaugurar em 20 de junho de 1937. Gustavo Pinto Lopes seria o primeiro conservador do museu, tendo sido nomeado para o cargo em 1935. Passados sete anos, em 13 de Maio de 1942, a Câmara Municipal de Torres Novas decidia atribuir ao Museu o nome de Carlos Reis, pintor naturalista nascido no Concelho em 1863. O Museu foi reinstalado em 1993 na Casa Mogo, seu local de origem.

O Museu Municipal Carlos Reis, como infraestrutura cultural por excelência, presta à comunidade um serviço direcionado para a preservação do património cultural torrejano, procurando assegurar a transmissão da memória e identidade locais, quer pelo serviço de manutenção das peças em acervo, quer pela promoção de atividades de vária índole direcionadas aos vários tipos de público que o visita. Convertidas em núcleos expositivos permanentes são apresentadas ao público quatro vertentes patrimoniais que incidem, especificamente, nas áreas da História Local, Arqueologia, Arte Sacra e Pintura de Carlos Reis. A maioria das peças expostas provém de doações, feitas por parte de instituições ou pessoas a título particular, e, ainda, de depósitos de obras cuja preservação é assegurada pelos técnicos do museu. Resulta, portanto, um conjunto museológico bastante heterogéneo no que toca à tipologia das peças que integram a coleção.

Conteúdos da responsabilidade do museu e editados pela DGPC

Contactos e
Localização

Tutela:
Câmara Municipal de Torres Novas
Director(a):
Jorge Salgado Simões
Endereço:
Rua do Salvador, 10 2350-415 Torres Novas
GPS:
Lat: 39,47943722433714 Long: -8,538322683991964
Telf(s):
+ 351 249 812 535
Fax(s):
+ 351 249 839 099
E-mail:
museu.municipal@cm-torresnovas.pt
Site:
http://museu.cm-torresnovas.pt/

Como chegar: Vias rodoviárias: A1; A23; EM349
Comboios: Estação de comboios mais próxima Riachos/Torres Novas
Autocarros urbanos: Expressos a partir de Lisboa, Leiria, Castelo Branco, Porto, Aveiro, Coimbra, Santarém

Estacionamento: Existe um pequeno parque de estacionamento próximo do Museu.

Acessibilidade: O Museu tem acesso para deficientes.

Terça a sexta-feira das 09h00 às 12h30 e das 14h00 às 17h30; Sábados e domingos, das 14h00 às 17h30.

Encerrado ao público à segundafeira e feriados.

Ingresso

Entrada gratuita.

Acolhimento

Receção Loja 

Exposição permanente

   . Pintura Naturalista de Carlos Reis;

   . O canto de Avita (Arqueologia);

   . O espírito do lugar (Arqueologia);

   . Imagens do Homem - Idades de Deus (Arte Sacra);

   . Tvrres (História Local )

Exposições temporárias - produzidas pela equipa técnica do museu ou em parceria com entidades externas

Centro de Documentação / Biblioteca: Especialização: História local / Museologia - Tel.: + 351 249 812 535 

  Responsável : Teresa Lopes

Serviço Educativo

  Responsável: Claúdia Plácido de Castro

  Tel.: + 351 249 812 535

Atividades: Visitas orientadas para diferentes públicos, mediante marcação prévia. Oficinas lúdico-pedagógicas desenvolvidas no museu ou na sala de aula. Apoio a projetos escolares na área do património cultural.

• Pintura de Carlos Reis – catálogo, CMTN, 1994 • O Canto de Avita – catálogo do núcleo de Arqueologia, CMTN, 1997/1998 • Imagens do Homem – Idades de Deus – catálogo do núcleo de Arte Sacra, CMTN, 1996 • Tvrres – catálogo do núcleo de História Local, CMTN, 2003 • Catálogos da pintura de Carlos Reis e do núcleo de arqueologia destinados ao público escolar.

Actualizado em 29 de Maio de 2014, informação fornecida pelo Museu em 21 de Novembro de 2013

Última actualização: 30 Julho 2014

Rede Portuguesa de Museus

A Rede Portuguesa de Museus (RPM) é um sistema organizado de museus, baseado na adesão voluntária, configurado de forma progressiva e que visa a descentralização, a mediação, a qualificação e a cooperação entre museus.

A Rede Portuguesa de Museus é composta pelos 146 museus que atualmente a integram. A riqueza do seu universo reside na diversidade de tutelas, de coleções, de espaços e instalações, de atividades educativas e culturais, de modelos de relação com as comunidades e de sistemas de gestão.

+ Monumentos e Museus DGPC