Saltar para o conteúdo principal da página

Museu de Setúbal / Convento de Jesus

O Museu de Setúbal / Convento de Jesus apresenta coleções relacionadas com arte, história, arqueologia e numismática. Ao nível artístico sobressaem as coleções de pintura, sobretudo a do século XVI, escultura sacra, ourivesaria, azulejaria e outras artes decorativas. A arte contemporânea adquire também representatividade devido às incorporações dos últimos 30 anos.

Com a saída do Hospital, em 1959, do edifício do Convento de Jesus de Setúbal algumas das suas salas receberam as exposições comemorativas do Centenário da Elevação de Setúbal a Cidade, em 1960. Procedeu-se, posteriormente, à adaptação de todo o edifício para a instalação do Museu de Setúbal, por iniciativa da Santa Casa da Misericórdia de Setúbal e com o apoio da Câmara Municipal de Setúbal e do Governo Civil. A abertura oficial do Museu realizou-se a 5 de Fevereiro de 1961 e a tutela do museu passou, definitivamente, para o Município em 1980. Apesar do edifício do Convento de Jesus de Setúbal se encontrar encerrado ao público desde 1993, as obras de recuperação e valorização a cargo da Autarquia tiveram início em 2013, resultado do protocolo com a Direção Regional de Cultura de Lisboa e Vale do Tejo. O Convento de Jesus encontra-se classificado como monumento nacional desde 1910, e em 2011 como European Heritage Label da Comissão Europeia. Em 2013 foi nomeado pela federação pan-europeia de património cultural Europa Nostra, como um dos sete monumentos em risco do ano, pelo que beneficiará de um programa de apoios para a conclusão do seu projeto de requalificação. No decorrer das obras de recuperação e valorização no Convento de Jesus de Setúbal, estará patente ao público uma exposição de longa duração, intitulada "Tesouros do Museu de Setúbal/Convento de Jesus", no antigo edifício do Banco de Portugal agora renovado como Galeria Municipal.

Núcleos

Casa do Corpo Santo / Museu do Barroco

Na Casa do Corpo Santo está patente ao público, uma exposição permanente de arte sacra barroca, com espólio da coleção do Museu de Setúbal e, ainda, uma importante coleção de instrumentos de precisão e ciência náutica, doados por Ireneu Cruz, prestigiado médico e cidadão.

A designação Casa do Corpo Santo provém do nome pelo qual era conhecida a Confraria dos Navegantes, Armadores e Pescadores da Vila de Setúbal, cuja origem remonta ao séc. XIV, e que, mais tarde, se viriam a instalar neste edifício datado de 1714. Como Museu do Barroco, a Casa do Corpo Santo pretende valorizar o seu espaço físico, pois além de se situar no núcleo medieval do povoado, junto à Igreja de Santa Maria, é possível ver ainda um troço da muralha do séc. XIV, a oriente, que foi integrado no edifício. No primeiro piso é de destacar na Sala do Vestíbulo os painéis de azulejos barrocos, da autoria do mestre P.M.P. e os tetos pintados setecentistas, também presentes na Sala do Despacho. Nesta última sala sobressai ainda o piso de tijoleira, alternado com azulejos de figura avulsa.A Capela da Casa do Corpo Santo, enquanto espaço simbólico e artisticamente marcado pelo barroco, apresenta um altar forrado em talha dourada ao Estilo Nacional.

http://www.mun-setubal.pt/pt/pagina/museus/72

 

Casa Bocage / Arquivo Fotográfico Municipal Américo Ribeiro

Espaço museológico dedicado à vida, obra e época do poeta setubalense, constituído por obras de arte de diferentes períodos, documentos manuscritos e impressos, e objetos da vida quotidiana. Estes objetos, patentes na galeria do rés-do-chão, configuram a exposição "As 7 Musas de Bocage", dominada por uma recriação cénica que representa Bocage na casa onde viria a falecer em Lisboa.A Casa Bocage alberga ainda o Arquivo Fotográfico Américo Ribeiro, constituído por mais 100 000 espécimes de fotografia, em variados processos, da autoria do repórter fotográfico Américo Ribeiro (1906-1992), e ainda a sua coleção de objetos ligados à prática da fotografia. Na Casa Bocage está também instalado o Centro de Documentação Bocagiano, que reúne uma biblioteca com edições da obra do Poeta e estudos de vários autores sobre a sua vida e obra. Neste local, estão disponíveis ao público computadores nos quais se pode consultar um CD-ROM sobre Bocage ou aceder à Internet para fazer pesquisas relacionadas com o autor. Já no espaço da sala polivalente contígua ao pátio/esplanada, os visitantes são convidados a ver exposições temporárias de arte contemporânea ou de fotografia do Arquivo Fotográfico Américo Ribeiro.A coleção do fotógrafo setubalense ilustra a história da cidade de Setúbal num período de cerca de 60 anos do séc. XX, onde os mais relevantes acontecimentos sociais, culturais e políticos, as múltiplas  modificações urbanísticas que a cidade foi sofrendo ao longo dos anos, o mundo do trabalho, assim como o desporto não escaparam às suas lentes. Atualmente, toda a coleção fotográfica Américo Ribeiro encontra-se sujeita a  tratamentos de conservação, digitalização dos espécimes originais e descrição. Paralelamente aos trabalhos de conservação é desenvolvido o projeto Memórias, que conta com a participação de voluntários e visa recolher memórias orais a partir das imagens do arquivo fotográfico.

casabocage@mun-setubal.pt / http://www.mun-setubal.pt/pt/pagina/museus/72

Museu Sebastião da Gama

Espaço museológico que contempla duas temáticas indissociáveis: a vida e obra de Sebastião da Gama e a história local de Azeitão. A exposição apresenta a sua personalidade numa síntese das diferentes dimensões uma vez que a melhor homenagem que se pode prestar a um escritor que também exprimiu o amor fraterno entre os homens e o encanto perante as pequenas coisas e os grandes mistérios da vida, é divulgar a sua obra na cultura.

Conteúdos da responsabilidade do museu e editados pela DGPC.

Contactos e
Localização

Tutela:
Câmara Municipal de Setúbal
Director(a):
Isabel Victor (Coordenadora)
Endereço:
Rua do Balneário Dr. Paulo Borba, 2900-261 Setúbal
GPS:
Lat: 38,525951 Long: -8,89480100000003
Telf(s):
+ 351 265 537 890
Fax(s):
+ 351 265 537 893
E-mail:
museu.setubal@mun-setubal.pt
Site:
http://www.mun-setubal.pt/pt/pagina/museus/72

Comboios: Próximo de estação de comboios
Autocarros urbanos: Autocarros urbanos e interurbanos
Barco: Barcos fluviais

Estacionamento: Livre e pago

Terça a sexta das 11h00 às 14h00 e das 15h00 às 18h00;  Sábado das 11h00 às 13h00 e das 14h00 às 18h00; Domingo das 14h00 às 18h00.

Encerra à segunda e feriados.

Ingresso

Casa do Corpo Santo / Museu do Barroco, Casa Bocage / Arquivo Fotográfico Municipal Américo Ribeiro e Museu Sebastião da Gama: 1,15€

Isenções:

Casa do Corpo Santo / Museu do Barroco, Casa Bocage / Arquivo Fotográfico Municipal Américo Ribeiro e Museu Sebastião da Gama: Menores de 16 anos, maiores de 65 anos, portadores de deficiência, grupos organizados, participantes em atividades e eventos promovidos pelo museu, todos os visitantes no Dia Internacional dos Museus e na Noite dos Museus.

Descontos:

Casa do Corpo Santo / Museu do Barroco, Casa Bocage / Arquivo Fotográfico Municipal Américo Ribeiro e Museu Sebastião da Gama: Cartão Jovem, Cartão Jovem Municipal.

Receção ao público, atendimento, venda de publicações.

Centro de Documentação do Museu de Setúbal / Convento de Jesus: Integra além da Biblioteca Corrente e do Fundo Local, três bibliotecas antigas, nomeadamente as de Garcia Peres, Correia da Costa e Olga Morais Sarmento, e alguma documentação avulsa.

Serviços Educativos

Atividades : Visitas guiadas às coleções, ao património urbano e às exposições permanentes, temporárias e itinerantes; maletas pedagógicas; ateliers; conferências.

• Uma Banca de Ourives, catálogo da exposição, 2000.• Subsídios para o Estudo da História Local, vol. 1, [2001], Setúbal.• Poéticas dos cinco sentidos, catálogo da exposição, 2002.• Visões do Corpo, catálogo da exposição, 2002.• Subsídios para o Estudo da História Local, vol. 2, 2002-2003, Setúbal.• A Cantora. O Poeta. O Soldado. Luísa Todi e alguns dos seus Contemporâneos em Setúbal, catálogo da exposição, 2003.• Bocage, Textos e Contextos, catálogo da exposição, 2005.• Descobrir o Japão. De S. Francisco Xavier (1506-1552) a Wenceslau de Moraes (1854-1929), catálogo da exposição, 2005.• Subsídios para o Estudo da História Local, vol. 3, 2004-2005, Setúbal.• O Homem e o Mar, catálogo da exposição de instrumentos náuticos, 2006.• Formas e Texturas. Tesouros escondidos do MS/CJ, catálogo da exposição, 2007.• Temáticas herdadas da pintura de género, catálogo da exposição, 2008.• Setúbal 1909. A cidade e o congresso do Partido Republicano, catálogo da exposição, 2009.• 50 anos de pintura de Adão Rodrigues, catálogo da exposição, 2009.• Pintura do quotidiano. O Morgado de Setúbal, catálogo da exposição, 2009.• João Vaz e Setúbal, catálogo da exposição, 2009.• Setúbal ilustrada pela fotografia (de 1860 a 2010), catálogo da exposição, 2010.• A cidadela das mulheres pobres. O recolhimento da Soledade de Setúbal, Setúbal, 2011.• 50 anos do Museu de Setúbal/Convento de Jesus, catálogo da exposição, 2011.• Luciano. 1911-2006, catálogo da exposição, 2011.• Casa do Corpo Santo/Museu do Barroco, Setúbal, 2012.• Coleção de pintura religiosa do Museu de Setúbal/Convento de Jesus, Setúbal, 2013. 

atualizado a 24 abril 2014.

informação e fotografias fornecidas pelo museu em nov.2013

Última actualização: 29 Julho 2014

Rede Portuguesa de Museus

A Rede Portuguesa de Museus (RPM) é um sistema organizado de museus, baseado na adesão voluntária, configurado de forma progressiva e que visa a descentralização, a mediação, a qualificação e a cooperação entre museus.

A Rede Portuguesa de Museus é composta pelos 146 museus que atualmente a integram. A riqueza do seu universo reside na diversidade de tutelas, de coleções, de espaços e instalações, de atividades educativas e culturais, de modelos de relação com as comunidades e de sistemas de gestão.

+ Monumentos e Museus DGPC