Saltar para o conteúdo principal da página

Museu de Santa Maria de Lamas

Popularmente apelidado de “Museu da Cortiça”, o Museu Santa Maria de Lamas constitui um caso particular na história da museografia portuguesa do século XX. Um acervo singular, recuperado e reorganizado a partir de 2004, que exibe perante o seu público coleções de Arte Sacra, Artes Decorativas, Estatuária Portuguesa, Etnografia, Ciências Naturais, Escultura em Cortiça/aglomerado de Cortiça e Arqueologia industrial - maquinaria usada nos primórdios da Industria transformadora de Cortiça - que evidencia as potencialidades desta matéria-prima e reflete a identidade da comunidade local.

O Museu de Santa Maria de Lamas foi primitivamente designado pelo seu Fundador - o industrial “corticeiro” e benemérito local Henrique Amorim (1902 - 1977) -, em pleno decurso da década de (19)50, como sendo a sua “Casa dourada”. Uma área de recobro e exibição de múltiplas expressões humanas previamente titulada pelo termo “Domus áurea: Arquivo de fragmentos de Arte”.

Resultante de um ímpeto pessoal assente na recolha quase “compulsiva” de objetos multidisciplinares, inspirado nos “espíritos” colecionistas, ou mesmo em preceitos base do “bricabraque português” da viragem de centúrias, de XIX para XX. Na sua origem, a estruturação primitiva deste Museu, edificado de raiz para a exclusividade museológica, seguiu e tentou aproximar-se da norma expositiva dos “Gabinetes de Curiosidades” ou “Quartos das Maravilhas” europeus, de sécs. XV a XVII.

Pela sua diversidade e exposição, é um recurso cultural e museológico único, que marca a história do colecionismo privado e pessoal (de meados da centúria de Novecentos), do mercado de arte e da museologia portuguesa ao tempo do Estado Novo. Assume-se como um espaço de reflexão, estudo e investigação de uma realidade que moldou toda a História de uma terra. O Museu de Santa Maria de Lamas é um espaço socialmente ativo, cultural e pedagogicamente relevante, pela evocação de histórias e estórias, contribuindo dessa forma para aprofundar e divulgar o conhecimento do património.

Contactos e
Localização

Tutela:
Casa do Povo de Santa Maria de Lamas
Director(a):
Susana Ferreira
Endereço:
Largo da Igreja, 90, 4535- 414 Santa Maria de Lamas
GPS:
Lat: 0 Long: 0
Telf(s):
351227447468
E-mail:
geral@museudelamas.pt
Site:
https://museu.colegiodelamas.com/index.php

9:30h – 12:30h

14h – 17h*

Encerrado: Domingo de Páscoa, 1 de Maio, 1 de Novembro, 24 a 26 de Dezembro, 31 de Dezembro e 1 de Janeiro.

*Entre Maio e Setembro até às 17:30h.

Ingresso

Adulto: 3€

Seniores, estudantes, portadores de cartão-jovem: 2€

Todas as VISITAS COM OFICINA têm valor de ingresso de 3€

Isenções:

Gratuito: crianças menos 5 anos (apenas visitas gerais)

Receção e Loja

Exposição permanente/temporárias

Exposição tátil itinerante (Um núcleo expositivo que integra réplicas, em aglomerado de cortiça de escala elevada, de 3 esculturas medievais expostas e integradas no espólio de arte sacra do Museu).

Sala Multimédia

Salas de Serviço Educativo

Centro de documentação

Serviço de Gestão das Coleções

Auditório - com 40 lugares, equipado com projetor e PC e acesso à internet

Acesso wireless

O Museu de Santa Maria de Lamas oferece ao público um conjunto de opções dinâmicas, que permitem o seu contacto direto com as coleções que integram o seu espólio tão rico e diversificado. Individualmente, em família ou em grupo, o público pode usufruir das habituais visitas gerais orientadas de modo a conhecer a história do Museu, bem como a sua exposição permanente.

O Museu tem no seu Serviço Educativo um ponto alto em termos de qualidade teórica e lúdica, proporcionando ao participante uma sensibilização para a própria arte, sua diversidade tipológica e temática, património cultural e sua conservação.

Ao longo do ano letivo, além do programa educativo permanente, o Museu promove atividades/visitas temáticas (complementadas ou não com oficinas), jogos pedagógicos e oficinas alusivas às quadras festivas (Carnaval, Páscoa e Natal). O Museu associa-se igualmente a diferentes comemorações: Dia da Música, Dia do Turismo, Jornadas Europeias do Património, Dia de S. Martinho, Dia do Teatro, Dia Internacional dos Monumentos e Sítios, Dia dos Museus, Dia da Criança, Halloween, entre outros, fomentando atividades/oficinas relacionadas com o contexto sociocultural do dia em questão, tentando sempre que possível, associar as temáticas invocadas à sua coleção permanente. Além destes serviços, o Museu realiza também Festas de Aniversário direcionadas a crianças entre os 4 e os 15 anos, e promove os programas “O Museu vai ter contigo” e “A minha família vai ao Museu! E a tua?!”.

Imaginária feminina na arte sacra portuguesa: processos de conservação e restauro. (https://issuu.com/museudesantamariadelamas/docs/catalogo_0445adeba95279)

Crónicas de um acervo. (https://museu.colegiodelamas.com/index.php/publicacoes/cronicas)

Desdobrável do Museu. (https://issuu.com/colegiodelamas/docs/prospetonovo)

Arte medieval no Museu. (https://museu.colegiodelamas.com/index.php/publicacoes/arte-medieval)

 

Informação suplementar

- No caso de grupos organizados aceitam-se inscrições com um número mínimo de 10 participantes e um número máximo de 25 participantes;

- A realização das oficinas em famílias está condicionada à inscrição de, no mínimo, 10 participantes.

- Todas as visitas orientadas, atividades e oficinas implicam marcação prévia.

Última actualização: 21 Novembro 2018

Rede Portuguesa de Museus

A Rede Portuguesa de Museus (RPM) é um sistema organizado de museus, baseado na adesão voluntária, configurado de forma progressiva e que visa a descentralização, a mediação, a qualificação e a cooperação entre museus.

A Rede Portuguesa de Museus é composta pelos 151 museus que atualmente a integram. A riqueza do seu universo reside na diversidade de tutelas, de coleções, de espaços e instalações, de atividades educativas e culturais, de modelos de relação com as comunidades e de sistemas de gestão.

+ Monumentos e Museus DGPC