Saltar para o conteúdo principal da página

Museu Nacional Frei Manuel do Cenáculo

O Museu de Évora, agora denominado Museu Nacional Frei Manuel do Cenáculo, foi criado oficialmente a 24 de Fevereiro de 1915, tendo sido dotado no ano seguinte com o espólio dos objetos arqueológicos e artísticos reunidos na Biblioteca Pública de Évora e na Sé Catedral. Em 1929 foi definitivamente instalado no edifício dos antigos Paços Episcopais, onde abriu no ano seguinte e ainda permanece. Na década de 1940, sob a direção de Mário Tavares Chicó, o edifício sofreu profundas remodelações que lhe conferem o carácter atual.

O espólio do Museu de Évora resulta em grande parte da antiga coleção arqueológica, artística e de curiosidades naturais do Arcebispo Frei Manuel do Cenáculo, um dos maiores colecionadores portugueses do século XVIII. Este fundo reflete as temáticas artísticas próprias do colecionismo antigo: o retrato, a paisagem e as naturezas mortas, onde se destaca um bom conjunto da retratista da época da restauração e um núcleo de naturezas-mortas de Baltazar Gomes Figueira e Josefa de Óbidos. Na coleção arqueológica, merecem referência a lapidária e estatuária romana proveniente de todo o Alentejo. O Museu reúne ainda algum espólio dos extintos conventos eborenses e da Catedral de Évora, formando o núcleo de artes decorativas - com peças de mobiliário, paramentaria e ourivesaria -, e também um importante grupo de escultura tumular medieval e renascentista. A importância e o carácter retrospetivo da coleção de pintura de Frei Manuel do Cenáculo foram acentuados por esta via, com a inclusão das treze tábuas do magnífico retábulo flamengo da Sé de Évora e com a aquisição recente de uma obra de Álvaro Pires de Évora.

Núcleos

Núcleo de Artes Decorativas da Igreja das Mercês - Fechado

Conteúdos da responsabilidade do museu e editados pela DGPC

Contactos e
Localização

Tutela:
Direção Regional de Cultura do Alentejo
Director(a):
António Miguel Alegria
Endereço:
Largo Conde de Vila Flor - 7000-804 Évora
GPS:
Lat: 38,56903920425287 Long: -7,911542017196666
Telf(s):
+351 266 702 604
Fax(s):
+351 266 708 094
E-mail:
mevora.secretariado@cultura-alentejo.pt

Autocarros urbanos: Autocarros para o centro da cidade

Estacionamento: Pequeno estacionamento público, pago, nas proximidades.

Acessibilidade: Autocarros para o centro da cidade.

Inverno: Terça-feira a domingo das 09h30 às 17h30.

Verão: Terça-feira a gomingo das 10h00 às 18h00.

Encerrado à segunda-feira domingo de Páscoa, feriados de Ano Novo, 1º de maio e 25 de dezembro.

Ingresso

Bilhete normal - 3,00 €

Isenções:

1º domingo de cada mês para visitas individuais ou de grupos até 12 pessoas inclusive:
Crianças até aos 12 anos inclusive *;
Membros da APOM/APOMOS/ICOM*;
Professores e alunos de qualquer grau de ensino incluindo Universidades Seniores ou de 3ª Idade quando comprovadamente em visita de estudo e mediante marcação prévia comprovada pela direcção do Museu *;
Entrada livre para investigadores/conservadores/restauradores profissionais de museologia e/ou património em exercício de funções *;
Jornalistas no desempenho de suas funções mediante comunicação prévia*;
Visitantes em situação de desemprego residentes na União Europeia *;
Grupos credenciados de Instituições de Solidariedade Social ou de Áreas de Acção Social de Autarquias ou de outras Instituições de Interesse Público mediante autorização prévia *;
Visitante com mobilidade reduzida e 1 acompanhante.
* Requer comprovativo documental

Descontos:

Visitantes com idade igual ou superior a 65 anos -50%
Cartão Jovem -50%
Cartão de estudante -50%
Visitantes portadores de deficiência -50%
Protocolos com identidades terceiras -50%
Família numerosa (2 adultos +filhos)
Bilhete de família ( a partir de 4 elementos com descendência e/ou ascendência em linha recta, ou equivalente, comprovado legalmente ) -50%

Acolhimento

Loja

Centro de Documentação / Biblioteca

   Responsável: Vítor de Sousa  - Tel. (351) 266 730 489 

Serviço Educativo

   Responsável: Helena Varela e Teresa Martinho 

   Tel. (351) 266 702 604 • (351) 266 730 480 • (351) 266 730 481

Atividades: Visitas guiadas e temáticas, ateliers pedagógicos e oficinas. Público escolar e visitantes com marcações. Atividades dirigidas ao público infantil e jovem.

• Inventário do Museu de Évora. Colecção de Ourivesaria, Lisboa, IPM/Comissão de Inventário do Património Móvel, 1993 • Cadernos pedagógicos • Bacalhau, Daniela (textos e desenhos). Daniela aprende a pintar. 2002 • Coutinho, Marta (texto) e Ribeiro, Manuel (fotografia). Asas para te quero. Caderno pedagógico de acompanhamento para a exposição do pintor António Charrua. 2001 • Coutinho, Marta (texto) e Rego, Marta (desenhos). Já fui ao Museu. 2000 • Catálogos de exposições • Charrua. Catálogo da Exposição dedicada ao Pintor António Charrua. Museu de Évora e Câmara Municipal de Évora, 2001. • A natureza morta nas colecções alentejanas, 1999 • Flores. Esculturas de João Cutileiro. Homenagem a Mapplethorpe, 1999 • Ideia em movimento. Estudos do Museu de Évora de Raúl Hestnes Ferreira, 1998.

Actualizado em 20 de abril de 2015

Última actualização: 22 Março 2017

Rede Portuguesa de Museus

A Rede Portuguesa de Museus (RPM) é um sistema organizado de museus, baseado na adesão voluntária, configurado de forma progressiva e que visa a descentralização, a mediação, a qualificação e a cooperação entre museus.

A Rede Portuguesa de Museus é composta pelos 146 museus que atualmente a integram. A riqueza do seu universo reside na diversidade de tutelas, de coleções, de espaços e instalações, de atividades educativas e culturais, de modelos de relação com as comunidades e de sistemas de gestão.

+ Monumentos e Museus DGPC