Saltar para o conteúdo principal da página

Museu de Arte Contemporânea da Fundação de Serralves

O Museu de Serralves é o mais importante museu de arte contemporânea em Portugal, situado nos espaços únicos da Fundação de Serralves (Monumento Nacional desde 2012), que incluem um Parque e uma moradia. Através da sua Coleção, de exposições temporárias, programas educativos, sessões públicas, espetáculos de música, dança e performance, da sua atividade editorial e de parcerias, a nível nacional e internacional, o Museu promove a fruição e a compreensão da arte e da cultura contemporâneas. A apresentação a públicos diversificados da obra dos mais conceituados artistas dos nossos dias, o reforço dos laços com a comunidade local e a promoção da reflexão em torno das relações entre a arte e o ambiente, intrínsecas ao contexto de Serralves, são atividades nucleares inerentes à missão do Museu.

O Museu de Arte Contemporânea da Fundação de Serralves materializa a realização dos objetivos iniciais da Fundação, subjacentes à sua criação, em 1989: proporcionar um espaço para o diálogo e o intercâmbio cultural no domínio da arte contemporânea. Inaugurado em Junho de 1999, o Museu tem como objetivos primordiais a constituição de uma coleção de arte contemporânea representativa da obra de artistas portugueses e estrangeiros e a apresentação de um programa de exposições temporárias, coletivas e individuais, que estabeleçam um diálogo entre os contextos artísticos nacional e internacional.

Exposições temáticas e monográficas de artistas consagrados e de artistas emergentes e mostras da Coleção de Serralves são apresentadas nas galerias do Museu integradas num programa frequentemente renovado. A Casa e o Parque de Serralves constituem também locais privilegiados para a realização de exposições específicas, obras encomendadas e apresentações da Coleção, bem como de exposições itinerantes organizadas em colaboração com instituições culturais portuguesas e estrangeiras. No Auditório e noutros espaços do Museu tem lugar um programa eclético de cinema, dança contemporânea, música e performance. O Auditório e a Biblioteca do Museu acolhem também conversas, conferências e mesas-redondas nas quais o público pode participar, debatendo e discutindo questões da arte e da cultura do nosso tempo.

Conteúdos da responsabilidade do museu e editados pela DGPC

Contactos e
Localização

Tutela:
Fundação de Serralves
Director(a):
Suzanne Cotter
Endereço:
Rua D. João de Castro, 210 - 4150-417 Porto
GPS:
Lat: 41,159549167410816 Long: -8,659507210975676
Telf(s):
+351 226 156 500
Fax(s):
+351 226 156 533
E-mail:
serralves@serralves.pt

Como chegar: De carro: seguir em direção à Rotunda da Boavista, virar à direita na Avenida da Boavista, virar à esquerda na Avenida Marechal Gomes da Costa. De seguida virar à esquerda na Rua Afonso de Albuquerque e seguir pela 1ª à esquerda em direção ao Largo D. João III, onde encontra a entrada para o Parque de Estacionamento (junto à Escola Francesa).
Comboios: CP - Transportador Parceiro Oficial da Fundação de Serralves — 25% de desconto na classe conforto — 20% desconto na classe turística
Autocarros urbanos: Linhas regulares STCP: 201, 203, 502 e Linhas de Circuito Turístico
Metro: Linhas Azul (A), Vermelha (B), Verde (C), Amarela (D) – transbordo na Estação da Trindade - e Violeta (E). Sair na estação Casa da Música com ligação aos autocarros 201, 203, 502 e 504 na Boavista

Estacionamento: Parque de Estacionamento – 0,80 €/hora

Acessibilidade: O Museu está preparado para receber visitantes com mobilidade reduzida.

A Fundação de Serralves encerra à segunda feira (exceto o Bar do Auditório, o Restaurante/Serviço de Cafetaria, a Loja e a Biblioteca) e nos dias 25 de dezembro e 1 de janeiro. Nos dias 24 e 31 de dezembro encerra às 16h. 

De outubro a março (em vigor a partir de 1 de outubro)

Bilheteira: todos os dias (10h00-18h45)

Museu | Casa: terça a sexta-feira das 10h00 às 17h00 e sábados, domingos e feriados das 10h00 às 19h00

Parque: terça-feira a domingo  das 10h00 às 19h00

De abril a setembro (em vigor a partir de 1 de abril)

Bilheteira: segunda a sexta-feira  das 10h00às 18h45 e sábados, domingos e feriados das 10h00 às 19h45

Museu: terça a sexta-feira  das 10h00 às 17h00 e sábados, domingos e feriados das 10h00 às 20h00

Casa: terça a sexta feira das 10h00 às 17h00 e sábados, domingos e feriados  das 10h00 às 19h00

Parque: segunda - feira (encerrado de abril  a junho e das 10h00 às 19h00 entre julho e setembro. De terça a sexta-feira das 10h00 às 19h00 e sábados, domingos e feriados  das 10h00 às 20h00

Ingresso

Museu e Parque – 8,50 €

Parque – 4,00 € 

Isenções:

Domingos: 10h00-13h00, com horário limite de entrada/utilização do bilhete até às 13h30.
Menores de 18 anos
Amigos de Serralves
Estudantes do Ensino Superior (Licenciatura e Mestrado)
Entrada gratuita para clientes BPI mediante apresentação de cartão ou comprovativo de titular de conta. Oferta de um bilhete por titular.

Descontos:

Cartão-jovem, Maiores de 65 anos, Porto Card: 50%
Operadores Turísticos: 25%
Cartão FNAC (Museu+Parque): 10%

Biblioteca

Livraria e Loja do Museu

Restaurante, Bar do Auditório e Casa de Chá

Visitas de Grupo com Guia (marcação prévia: +351 226 156 546)

O Serviço Educativo da Fundação de Serralves estimula e apoia os diferentes públicos na sua formação ao longo da vida: crianças, famílias, público em geral, escolas (do pré-escolar ao universitário) e outras associações e instituições nacionais. Contribui para uma cidadania ativa e para uma vivência mais consciente e plena com propostas que apresenta ao longo do ano: encontros, debates, conferências, residências artísticas, cursos, visitas e oficinas temáticas e outras.

Responsáveis Serviço Educativo: Elisabete Alves e Liliana Coutinho 

ser.educativo@serralves.pt 

O programa editorial da Fundação de Serralves visa documentar, divulgar e promover perspetivas múltiplas sobre a arte e a cultura contemporâneas. Nos últimos vinte e cinco anos, foram publicados sob a chancela da Fundação mais de 350 títulos. Entre eles contam-se catálogos das exposições e da Coleção do Museu de Arte Contemporânea, monografias sobre artistas representados na Coleção, atas de colóquios e conferências, publicações sobre a história da Casa, do Parque e do Museu de Serralves e sobre educação artística, ambiente, ecologia e paisagismo.

Actualizado em:26 de Fevereiro de 2013

Última actualização: 17 Julho 2014

Rede Portuguesa de Museus

A Rede Portuguesa de Museus (RPM) é um sistema organizado de museus, baseado na adesão voluntária, configurado de forma progressiva e que visa a descentralização, a mediação, a qualificação e a cooperação entre museus.

A Rede Portuguesa de Museus é composta pelos 146 museus que atualmente a integram. A riqueza do seu universo reside na diversidade de tutelas, de coleções, de espaços e instalações, de atividades educativas e culturais, de modelos de relação com as comunidades e de sistemas de gestão.

+ Monumentos e Museus DGPC