Saltar para o conteúdo principal da página

Museu da Pólvora Negra

O Museu da Pólvora Negra, integrado na antiga Fábrica da Pólvora de Barcarena, tem como finalidade preservar e perpetuar a memória da atividade desenvolvida neste estabelecimento fabril, nos seus cerca de quinhentos anos de laboração. O seu acervo divide-se nas categorias de Ciência/Técnica, História, Militar e Indústria e a coleção reporta-se, cronologicamente, à época de origem do fabrico da pólvora em Barcarena, no século XVI, até ao seu fecho, em 1988. Quanto à temática, esta prende-se, particularmente, com o fabrico da pólvora negra em Barcarena.

Em 1988 encerra a mais importante fábrica de pólvora negra do país. O vasto património industrial foi adquirido pela Câmara Municipal de Oeiras, em 1994, e aguardava uma intervenção urgente. Integrado neste processo de reabilitação da Fábrica, o Museu ficou instalado no edifício da Fábrica de Baixo, uma construção industrial de grande interesse, com origem no século XVII, e que constitui um exemplar único destinado ao fabrico da pólvora negra em Portugal.

Aberto ao público desde 1998, é política da gestão deste museu, no sentido de poder exercer as suas funções, continuar a adquirir espólio, conservar e restaurar a coleção e comunicá-la, da melhor maneira possível, aos visitantes.

Conteúdos da responsabilidade do muses e editados pela DGPC

Contactos e
Localização

Tutela:
Câmara Municipal de Oeiras
Director(a):
Alexandra Fernandes
Endereço:
Fábrica da Pólvora de Barcarena - Estrada das Fontaínhas - 2730-085 Barcarena
GPS:
Lat: 38,740963 Long: -9,284305600000039
Telf(s):
+ 351 210 977 420/2/3/4
Fax(s):
+ 351 210 977 425
E-mail:
museudapolvoranegra@cm-oeiras.pt
Site:
http://www.cm-oeiras.pt/amunicipal/Cultura/Museu/coleccoeseditaveis/Paginas/MuseudaPolvoraNegra.aspx

Como chegar: Autoestrada A5 (Lisboa/Cascais), Porto Salvo, seguir as indicações - Fábrica da Pólvora; IC19 (Lisboa/Sintra), sair em Barcarena/Massamá, seguir as indicações - Fábrica da Pólvora.
Comboios: Linha de Sintra – Estação de Massamá/Barcarena (10 minutos a pé), autocarro 117, direção Caxias ou Estação Monte Abraão; Linha de Cascais – Estação Caxias (autocarro 117, direção Monte Abraão).
Autocarros urbanos: Lisboa Transportes/LT - Carreira 101 - Lisboa Colégio Militar, direção Tercena; Carreira 106 - Amadora, direção Carcavelos (praia)

Estacionamento: Estacionamento gratuito junto à entrada poente, lado TagusPark, São Marcos

Acessibilidade: Rampas de acesso ao Museu e à Receção/Loja para pessoas de mobilidade reduzida. WC para deficientes.

Verão (1 de maio a 30 de setembro): de terça-feira a domingo -  das 10h00 às 13h00 e das 14h00 às 18h00

Inverno (1 de outubro a 30 de Abril): de terça-feira a domingo - das 10h00 às 13h00 e das 14h00 às 17h00

Ingresso

Ingresso Normal: € 2,00 

Actividades complementares do Sector Educativo (ateliers, workshops...) : 1,10€

Isenções:

Domingos, dia de aniversário (17 de junho), Dia Internacional dos Museus (18 de maio) e dia de Santa Bárbara (4 de dezembro).
Menores de 18 anos, cidadãos com idade igual ou superior a 65 anos, professores, profissionais da Comunicação social e de Turismo no exercício das suas funções, trabalhadores do Município, SMAS e Juntas de Freguesia do Concelho, estudantes e demais participantes em visitas ou atividades organizadas pelo Município.
Membros de Entidades/Associações e de Redes no âmbito da Museologia, com as quais o Município tenha celebrado protocolos ou aderido.

Descontos:

Ingresso reduzido: € 1,00 - Jovens dos 18 aos 25 anos, famílias (um adulto com dois ou mais filhos, menores de 18 anos), grupos de 10 ou mais pessoas e professores de qualquer grau de ensino.

Acolhimento

Receção/loja

Bar/café e restaurante da Fábrica da Pólvora de Barcarena

Exposição permanente: Origem e difusão da pólvora negra e o seu fabrico em Barcarena, ao longo dos tempos, bem como uma referência às Ferrarias d’El Rei que aqui funcionaram até ao Século XVII, passando pelas inovações tecnológicas e pela componente social desta Fábrica.  

Documentário À Descoberta da Fábrica da Pólvora de Barcarena que dá a conhecer a história da Fábrica e do Museu (com uma duração aproximada de 15 minutos) em língua portuguesa, inglesa, francesa e língua gestual português.

Auditório: com cerca de 70 lugares 

Serviço Educativo

Atividades: visitas guiadas, ateliers, teatros e visitas jogo.

Responsáveis: Joana Lino Dias e Lisete Carrondo

• MIRANDA, Catarina; FERNANDES, Alexandra – Fábrica da Pólvora de Barcarena Subsídio para um Roteiro de Fontes Arquivísticas e Bibliográficas. Oeiras: Ed. Câmara Municipal de Oeiras, 1998. • Quintela, António de Carvalho; Cardoso, João Luís; Mascarenhas, José Manuel, ANDRÉ; Maria da Conceição – Fábrica da Pólvora de Barcarena e os seus sistemas hidráulicos. Oeiras: Ed. Câmara Municipal de Oeiras, 1998. • Quintela, António de Carvalho; Cardoso, João Luís; Mascarenhas, José Manuel – A Fábrica da Pólvora de Barcarena Catálogo do Museu da Pólvora Negra. Oeiras: Ed. Câmara Municipal de Oeiras, 2000. • MIRANDA, Catarina; FERNANDES, Alexandra; CARRONDO, Lisete; PEREIRA, Susana – Cooperativa de Crédito e Consumo do Pessoal da Fábrica da Pólvora de Barcarena, Apontamentos para a sua História – 1895-1986. Oeiras: Ed. Câmara Municipal de Oeiras, 2001. • § MUSEU DA PÓLVORA NEGRA – Conjunto de Postais da Fábrica da Pólvora. Oeiras: Ed. Câmara Municipal de Oeiras, 2001. • MIRANDA, Catarina; FERNANDES, Alexandra – Das Imagens à História – a Fábrica da Pólvora de Barcarena 1929-1930. Oeiras: Ed. Câmara Municipal de Oeiras, 2002. • MUSEU DA PÓLVORA NEGRA – Conjunto de Postais Das Imagens à História – A Fábrica da Pólvora de Barcarena 1929-1930. Oeiras: Ed. Câmara Municipal de Oeiras, 2002. • MIRANDA, Adriano; VASCONCELOS, Lúcia; DIAS, Margarida – Da História às Imagens – A Fábrica da Pólvora de Barcarena 2002-2003. Oeiras: Ed. Câmara Municipal de Oeiras, 2003. • MUSEU DA PÓLVORA NEGRA – Conjunto de Postais Da História às Imagens – A Fábrica da Pólvora de Barcarena 2002-2003. Oeiras: Ed. Câmara Municipal de Oeiras, 2003. • MIRANDA, Catarina; FERNANDES, Alexandra – Fábrica da Pólvora de Barcarena Breve Apontamento Histórico. Oeiras: Ed. Câmara Municipal de Oeiras, 2006. • MIRANDA, Catarina; FERNANDES, Alexandra; TORRES, Ivone Grilo, trad. – La Poudrière de Barcarena Breves Notes Historiques. Oeiras: Ed. Câmara Municipal de Oeiras, 2006. • MIRANDA, Catarina; FERNANDES, Alexandra; TORRES, Ivone Grilo, trad. – The Gunpowder Factory of Barcarena. Oeiras: Ed. Câmara Municipal de Oeiras, 2006. • PEREIRA, Fernando António Batista Pereira; SILVA, Fernando; FILIPE, Graça; RAMOS, Manuel João – Cadernos do Museu da Pólvora Negra N.º 1. Oeiras: Ed. Câmara Municipal de Oeiras, 2006. • ALMEIDA, Mónica; MONCADA, Fernando; MARTINS, Manuela; COSTA, Margarida; MASCARENHAS, José Manuel; VITORINO, José António – Cadernos do Museu da Pólvora Negra N.º 2. Oeiras: Ed. Câmara Municipal de Oeiras, 2007. • FIGUEIREDO, Dulce – A Real Fábrica da Pólvora de Barcarena 1725-1820 Elementos para uma caracterização sócio - económica. Oeiras: Ed. Câmara Municipal de Oeiras, 2007. • CAMACHO, Clara; CORDEIRO, José; COSTA, Paulo; ABREU, Rogério; MUSEU DA PÓLVORA NEGRA – Fio da Memória Operários da Fábrica da Pólvora. Oeiras: Ed. Câmara Municipal de Oeiras, 2008. • DAEHNHARDT, Rainer; VITORINO, José António; REGALADO, Jaime; ALMEIDA, Patrícia; BRITO, Maria de Lurdes; MONTEIRO, João; HENRIQUES, Paulo; ALMEIDA, Mónica; NETO, Vítor; RIBEIRO, Filomena; PINTO, Renato – Cadernos do Museu da Pólvora Negra N.º 3. Oeiras: Ed. Câmara Municipal de Oeiras, 2008. • VICTORINO, José António; REGALADO, Jaime; ALMEIDA, Mónica; NETO, José; PAVÃO, Luís; CORREIA, Ana Paula; MECO, José – Cadernos do Museu da Pólvora Negra N.º 4. Oeiras: Ed. Câmara Municipal de Oeiras, 2009.

EDIÇÕES PEDAGÓGICAS • ALMEIDA, Ana; ARAÚJO, Daniela; FRANCO, Dulce; RYDIN, Mariana; LEITE, Paulo; MORAIS, Pedro; ATAÍDE, Raquel; MESQUITA, Ricardo; NUNES, Teresa – Manual Pedagógico da Fábrica da Pólvora de Barcarena. Oeiras: Ed. Câmara Municipal de Oeiras, 2002. • MUSEU DA PÓLVORA NEGRA – Mapa Explosivo. Oeiras: Ed. Câmara Municipal de Oeiras, 2002. • MUSEU DA PÓLVORA NEGRA – À Descoberta do Museu da Pólvora Negra CD-ROM. Oeiras: Ed. Câmara Municipal de Oeiras, 1ª ed, 2005. • DIAS, Joana Lino – Descobri a Pólvora! Aventuras na Fábrica da Pólvora de Barcarena nº 1. Oeiras: Ed. Câmara Municipal de Oeiras, 2006. • PARAÍZO, Vanessa; ESGAIO, Alexandre (ilustração); DIAS, Joana Lino; CARRONDO, Lisete (Coord./revisão) – Às Voltas na Fábrica da Pólvora. Oeiras: Ed. Câmara Municipal de Oeiras, 2009. • PARAÍZO, Vanessa; ESGAIO, Alexandre (ilust.); DIAS, Joana Lino; CARRONDO, Lisete (Coord./revisão) – Receitas da Fábrica. Oeiras: Ed. Câmara Municipal de Oeiras, 2009. • PARAÍZO, Vanessa; ESGAIO, Alexandre (ilust.); DIAS, Joana Lino; CARRONDO, Lisete (Coord./revisão) – As Profissões da Fábrica. Oeiras: Ed. Câmara Municipal de Oeiras, 2009. • FERNANDES, Alexandra; DIAS, Joana Lino; CARRONDO, Lisete; ESGAIO, Alexandre (ilust.) – Descobrir e Colorir! O Património da água na Fábrica da Pólvora. Oeiras: Ed. Câmara Municipal de Oeiras, 2011.

Atualizado em18 de junho de 2014, informação fornecida pelo museu em 28 de janeiro de 2014

Última actualização: 01 Outubro 2015

Rede Portuguesa de Museus

A Rede Portuguesa de Museus (RPM) é um sistema organizado de museus, baseado na adesão voluntária, configurado de forma progressiva e que visa a descentralização, a mediação, a qualificação e a cooperação entre museus.

A Rede Portuguesa de Museus é composta pelos 146 museus que atualmente a integram. A riqueza do seu universo reside na diversidade de tutelas, de coleções, de espaços e instalações, de atividades educativas e culturais, de modelos de relação com as comunidades e de sistemas de gestão.

+ Monumentos e Museus DGPC