Saltar para o conteúdo principal da página

Exposições Até 31 de dezembro

SONIA FALCONE. Campos de Vida

Está patente a partir do dia 16 de setembro, no Palácio Nacional da Ajuda, a exposição Campos de Vida, da artista boliviana Sonia Falcone (n.1965).

A exposição Campos de vida sugere uma  combinação entre a história de Portugal e a arte contemporânea latino-­americana. Sugere igualmente uma combinação entre a arquitetura e os objetos exibidos no Palácio e a última década de criação desta artista contemporânea, que representou o seu país em duas edições da Bienal de Veneza e que levou a sua obra-­‐prima, Color Fields, a três continentes.

De uma forma que vai para além do alcance desta obra, que utiliza as cores e os aromas das especiarias das cozinhas do mundo, o seu projeto de intervenção no Palácio, Campos de vida, constitui um diálogo mediado pela arte entre as paisagens de Lisboa que rodeiam o Palácio e o esplendor da natureza da América do Sul. Integra igualmente a narrativa história dos objetos do palácio, a presença das peças de arte que, por seu lado, evocam várias vezes este continente.

A visita organizada pela artista representa um movimento de encontro de cores entre várias épocas e espaços. Não só se reúnem os objetos dos séculos XVIII e XIX do Palácio com as peças de arte contemporâneas, como também são trazidos elementos da natureza e da cultura latino-­‐americanas  à  Península  Ibérica,  usando  um  conceito  de  intervenção  na paisagem.

Mais informações em: www.palacioajuda.pt

Patente até 31 de dezembro de 2017, todos os dias da semana, exceto às quartas-feira.

Organização:
PNAjuda / DGPC / Coletivo Curatorial Aluna
Local:
Palácio Nacional da Ajuda, Lisboa
Telf(s):
213 637 095 / 213 620 264
E-mail:
geral@pnajuda.dgpc.pt
Site:
www.palacioajuda.pt